10 dicas para quem deseja empreender

Por Miriam Barros

Se você quer ser empreendedor mas não sabe muito bem por onde começar, este post é para você! Se você já empreende, essa publicação vai ser muito útil para você melhorar alguns pontos que podem estar desajustados na sua empresa e, quem sabe, até mudar o rumo do seu negócio.

Um empreendedor de sucesso precisa se ater a vários pontos e, por causa da quantidade de atribuições e responsabilidades, nem sempre ele consegue dar conta de tudo.

Por isso, trouxemos 10 dicas que vão ajudar tanto quem está começando como quem já está trilhando esse caminho! Vamos lá?

Loja Online Confere SHOP

O que é ser empreendedor

Empreender não é uma tarefa fácil, já podemos afirmar isso. Para muitos, empreender é sinônimo de dinheiro no bolso, mas sabemos que na prática não é sempre isso que acontece. O ideal é que essa fosse a realidade de todos que desejam empreender, mas não é assim que a banda toca.

Quem tem um negócio próprio precisa lidar com diversos obstáculos para poder colocar suas ideias em prática. Ser empreendedor, então, é ser um realizador que produz novas ideias através do equilíbrio perfeito entre criatividade e imaginação.

Trouxemos abaixo uma imagem desenvolvida pelo Sebrae que mostra, exatamente, o que leva alguém a ter um negócio próprio. Se identifica? Se sim, você está no caminho certo! Agora, vamos às dicas!

1 - Formalize o seu negócio

Para qualquer empreendedor, um dos passos mais necessários é regularizar o seu negócio. Ele precisa estar juridicamente em dia, mesmo que isso signifique te fazer arcar com diversos impostos que não teria que arcar na ilegalidade.

Um negócio ilegal te impede, por exemplo, de emitir nota fiscal. Por isso, se está com uma ideia na cabeça, quer criar o seu negócio, corra para abrir o seu CNPJ.

Apesar da imagem que pintam por aí, existem muitas facilidades para pessoas jurídicas, justamente para não se criar um bicho de sete cabeças para se abrir uma empresa no Brasil. Muitas burocracias são facilitadas nesse aspecto!

Com a regularidade do seu negócio, a sua empresa só tem a ganhar. Ela é reconhecida pelo governo e você possui a credibilidade que ela, de fato, merece.

2 - Realize testes antes de apostar na sua ideia

É importante, antes de tudo, testar a sua ideia para entender se ela é ou não viável. Imagine abrir uma empresa, investir em algo e descobrir, lá na frente, que o seu produto não é o ideal para o seu público.

Por isso, é necessário criar um protótipo para apostar em uma fase inicial de teste e vendas. Assim, você vai usufruir de uma fase de aprendizado e receber feedbacks importantíssimos nesse primeiro momento. É aí que você vai saber o que pode ser melhorado e vai conseguir atender melhor às expectativas do seu público.

Empreender é pensar, construir, errar, se adaptar. Por isso, é sempre crucial saber desenvolver uma ideia e aprimorá-la com o tempo, à medida em que você ganha mais transparência de seu público.

3 - Conheça o seu público

Todo empreendedor deve ter em mente o que quer, mas só isso não basta. É importante, também, saber o que seu cliente quer!

Você sabe responder o que seu público deseja? Quais são suas expectativas, medos e possíveis frustrações? Ter isso claro e na ponta da língua ajuda você a chegar no produto e na solução ideal para seu consumidor.

Isso não deve ser um conhecimento apenas seu, mas de toda a sua equipe. Seu time deve estar alinhado com os principais objetivos da sua empresa: só assim vocês conseguem trabalhar de forma equilibrada pelo mesmo objetivo.

New call-to-action

4 - Missão, visão e valores

Esses três pontos constituem as diretrizes da sua empresa. São os princípios básicos que servirão de base para diversas decisões que serão tomadas daqui em diante.

A missão da empresa é a razão pela qual ela existe: suas motivações principais, assim como o segmento que ela está inserida.

Sua visão é onde a empresa deseja chegar, onde você enxerga ela no futuro.

Seus valores são os princípios éticos que a constituem e quais são os possíveis caminhos para se alcançar seus objetivos.

5 - Busque conhecimento

Principalmente se você for um empreendedor iniciante, muitas coisas terá que resolver por conta própria. 

Por isso, é importante entender minimamente de cada área que constitui a sua empresa, pois só assim você pode compreender o que acontece em cada setor e, quando for encontrar colaboradores para te ajudar em certas questões, saberá exatamente qual perfil esperar.

Por isso, nunca pare de estudar. Busque conhecimento, fique por dentro das principais tendências do mercado, estude seus concorrentes, identifique seus pontos fracos e saiba sempre onde pode melhorar!

6 - Invista em marketing digital

Principalmente com as mudanças ocasionadas por conta da pandemia, os consumidores mudaram e as empresas precisam se adaptar a esse novo cenário. O que vemos agora são pessoas ainda mais dedicadas a encontrarem o que desejam na internet. Por isso, é ESSENCIAL que você construa sua presença virtual.

O marketing offline é importante, mas certamente ele demanda mais tempo e tem resultados menos precisos e metrificáveis do que o marketing digital.

No início, provavelmente você terá que fazer esse marketing sozinho. Por isso, use e abuse das redes sociais e construa também seu próprio site. 

Você pode usar serviços como Canva para criar imagens bonitas e de fácil execução, e também se aprofundar mais em técnicas sobre como tirar proveito do Instagram, WhatsApp Business e Facebook para vender: todos são gratuitos!

Seu site pode ser, inclusive, uma loja virtual. Aqui na Confere, nós oferecemos, em parceria com a InfinitePay, uma loja virtual gratuita para que lojistas possam oferecer seus produtos com as melhores taxas de cartão do mercado. Conheça!

Loja online Confere SHOP

7 - Inove sem medo

Quando você começa a jornada de empreendedor e se dedica aos estudos, você passa a conhecer cada vez mais o mercado e as tendências dele.

O importante é sempre inovar! Coloque em prática suas ideias sem medo, desde que elas tenham base de estudo suficientes para não prejudicar o seu negócio.

É importante avaliar a situação da empresa e o mercado em si para saber quais riscos você, de fato, pode assumir.

8 - Faça seu networking

Existem grupos e fóruns sobre tudo na internet e você pode começar a criar sua rede de contatos nesses lugares. Participe de discussões, divulgue suas soluções e esteja por dentro do universo que envolve a sua marca.

Aproveite, quando possível, a possibilidade de participar de eventos, palestras e workshops, que além de agregar o seu conhecimento, vão te fazer conhecer novas pessoas do ramo!

9 - Corra atrás de investidores

É difícil encontrarmos empreendedores que possuem uma grande quantia para investir em seus negócios inicialmente. Muitas vezes eles tem ótimas ideias mas pouco capital para fazê-las acontecer.

Por isso, buscar parcerias e investidores é essencial para quem está começando, principalmente para Startups.

Existem diversos processos seletivos que aceleram empresas iniciantes, por isso, capriche no seu pitch e faça acontecer! Caso não seja selecionado, todo processo vai ser válido para ganhar experiência e melhorar cada vez mais sua apresentação para poder ser acelerado no futuro.

10 - Habilidade e técnica se ganha com o tempo

Não se nasce com talento nato para abrir um negócio. Se você gosta de se relacionar com pessoas e tem disponibilidade para correr riscos, não se desesperar em momentos difíceis e manter sua motivação e sonhos em dia, você está no caminho certo.

Faz parte do processo tentar, errar, aprender e evoluir! 

Partiu empreender

Seja em qual fase do processo você está: se tem a ideia na cabeça, se já passou para o papel, se já abriu seu negócio… Certamente algumas dessas dicas servirão para você.

O mais importante para um bom empreendedor é ter resiliência e saber como contornar possíveis frustrações que podem acontecer pelo caminho, pois a chance de não aparecer nenhuma é quase nula.

É importante saber reconhecer os próprios erros, saber onde pode melhorar, assim como reconhecer suas pequenas vitórias diárias. Tudo isso faz parte da sua jornada no empreendedorismo e tudo acaba se tornando experiência no futuro. 

Por isso, esteja onde estiver, continue seguindo em frente e de peito aberto para o que o caminho do empreendedorismo tem para te oferecer!

Loja online Confere SHOP