3 regras importantes para execução de uma estratégia

Por Miriam Barros

Pode parecer óbvio, mas a verdade é que: uma estratégia mal desenvolvida pode ser um problema que irá prejudicar toda a empresa.

Afinal de contas, mesmo se o planeamento de determinada estratégia for eficiente e muito bem pensada, nada garante com que ela funcione na prática.

Claro, isso não significa que as estratégias são baseadas em um jogo de erros e acertos. Mas sim, ao definir uma estratégia, é preciso que ela seja moldada, aprimorada ou até mesmo limitada pelos implementadores.

Além disso, também é importante ter algumas atitudes essenciais no momento da execução da estratégia.

Isso, pois, em alguns casos, as ações são muito bem pensadas e desenvolvidas, mas na hora de sua aplicação, os profissionais acabam não executando as atividades de maneira eficiente.

Por exemplo: se uma fábrica de aquecedor a gás quer realizar uma campanha de e-mail marketing, além do planejamento, também é essencial ter métricas, profissionais capacitados, monitoramento e muita dedicação.

Abaixo você verá mais regras essenciais para executar a sua estratégia com sucesso. Continue nos acompanhando para saber mais!

Fluxo de Caixa Confere

1- Estratégia X Metas

Uma das principais razões para que as estratégias não saiam como planejado é que muitas empresas confundem as estratégias com metas.

Por exemplo: uma empresa de fornecer gôndolas para loja comunica aos seus funcionários: “queremos ser uma empresa referência em todos os mercados nos quais já operamos”. Isso é uma estratégia ou meta?

Obviamente, como meta, esse dado apenas diz o que a empresa deseja atingir. E para alcançá-la, você precisa de um caminho, que por sua vez, é a estratégia.

2- Compartilhe a lógica da sua estratégia

Outra regra para ter uma estratégia bem implementada é comunicando a lógica da sua estratégia para seus colaboradores.

Essa dica é essencial, pois faz com que todos os seus funcionários tenham uma ideia clara sobre o que se trata o seu plano de ação.

Explique com detalhes quais são as atividades a serem desenvolvidas e delegue as respectivas responsabilidades entre cada departamento.

Isso pode ser feito por meio de reuniões palestras, eventos online, e por aí vai. Dessa forma, não haverá ruídos de comunicação ou divergências de informações!

3- Foque nas métricas e nos indicadores

Você só consegue analisar a eficácia da execução de uma estratégia, se os indicadores estiverem sendo aplicados.

Sendo assim, lembre-se de utilizar métricas, dados, informações referências que fazem o quão bem (ou mal) o seu plano está sendo executado.

Por exemplo: se sua empresa vende carrinho plataforma, por exemplo, e pretende elaborar uma estratégia de links patrocinados, as métricas devem estar focados no índice de cliques sobre cada campanha, tráfego gerado, aumento das vendas online, entre outros.

Também foque em deixar essas métricas visíveis para todos os colaboradores, pois assim, eles também entenderão qual a real situação da empresa perante determinada ação.

Agora que você já conhece as regras mais importantes para execução de uma estratégia, o que acha de seguir essas dicas e ter sucesso em seus objetivos?

Demonstração Confere

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.