4 conceitos para entender o mercado financeiro

Por Miriam Barros

Muito provavelmente você já ouviu falar em mercado financeiro mas ainda não tem entendimento de como ele funciona.

O mercado financeiro é um ambiente onde ocorre a intermediação entre investidores e tomadores de recursos. 

Basicamente, é a ação que permite negociações de produtos financeiros, como títulos, ações, fundos de investimentos, entre diversos outros.

Os investidores podem ser pessoas físicas e jurídicas, ou seja, você tem uma empresa de estrutura metálica para galpão, por exemplo, pode investir no mercado financeiro.

É muito importante entender os conceitos desse mercado antes de fazer investimentos. Embora pareça ser difícil, é possível fazer esse processo de modo prático e eficiente ao entender as necessidades que precisa para investir.

Pensando nisso, listamos quatro conceitos neste conteúdo para que você saiba mais sobre o mercado financeiro. Se ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto, continue lendo e fique por dentro de tudo!

Rentabilidade

É quase impossível não ouvir falar em rentabilidade no mercado financeiro. Isso porque é relacionado ao retorno sobre o investimento realizado. 

Para entender melhor esse conceito, imagine uma empresa de placas em acrílico que começa a fazer investimentos. Certamente vai precisar analisar os resultados para saber se está obtendo o desempenho esperado.

Logo, a rentabilidade apresenta o valor em porcentagem relacionado ao retorno do investimento da pessoa jurídica.

Além disso, a rentabilidade é caracterizada por taxas pré e pós fixadas, além do índice de infrações ou valorização.

Dessa forma, ao investir em rentabilidade com a taxa pré-fixada, é possível saber no exato momento o seu rendimento. Na pós, só é possível saber o retorno de rendimento após o final do período.

Ativos e Passivos

O mercado financeiro é composto por ativos e passivos, ou seja, são relacionados a produtos financeiros como créditos ou bens que possibilita gerar receitas para pessoa física, ou empresas.

Suponhamos que você deseja empreender em um comércio de balcão refrigerado pequeno. Se o local for alugado, é um ambiente passivo. Isso porque todo mês, por exemplo, é necessário disponibilizar a quantia para pagar o aluguel para outra pessoa.

Assim sendo, os ativos são caracterizados por valores recebidos. 

Taxa Selic

A taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é muito comentada no mundo das finanças. Ela é caracterizada por representar o percentual de juros para evitar a inflação.

É muito importante no setor financeiro e para quem deseja investir e ter referências em relação às demais tarifas ao solicitar empréstimos nas instituições financeiras.

Além disso, ela é definida a cada 45 dias no Brasil pelo Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central. Portanto, se deseja investir, é de suma importância analisar a taxa Selic.

Fundo Garantidor de Crédito (FGC)

Por fim, o Fundo Garantidor de Crédito também faz parte do mercado financeiro. E se ainda não conhece sobre este conceito, saiba que é uma das principais garantias para os investidores e tomadores.

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) é  caracterizado por ser uma instituição privada que protege os investidores.

Dessa maneira, possibilita garantir os investimentos feitos por pessoas ou empresas em caso de falência ou intervenções, por exemplo, e garante em torno de R$ 250 mil à pessoa física jurídica que investiu.

Portanto, esses são alguns dos principais conceitos no mercado financeiro para que você possa entender melhor como funcionam os investimentos. 

Esse artigo foi escrito por Thais Teixeira, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.