9 dicas para divulgar loja virtual: Guia completo!

Por Miriam Barros

Quando se tem um e-commerce, é importante investir dinheiro e energia para uma boa divulgação online. 

Ter a loja é apenas o primeiro passo. É importante fazer as informações da sua loja chegarem para o seu público.

No artigo de hoje, trouxemos um guia completo para você divulgar sua loja, com todas as opções que você deve considerar para ter mais alcance e visibilidade. Vamos ver uma a uma?

Nova call to action

9 dicas para divulgar sua loja virtual

 

1. Aposte nas redes sociais

As redes sociais são uma grande vitrine para o seu negócio. 

Segundo matéria da Revista Época, o Brasil é o segundo país no ranking de países do mundo que passam mais tempo nas redes sociais e isso demonstra a importância de não desperdiçar oportunidades de divulgação nesse meio.

Na sua estratégia de marketing, você já inclui distribuição de conteúdo pelas redes? Se não, nesse artigo você encontra as melhores opções de redes sociais para divulgar sua loja virtual e como pode utilizá-las.

 

Instagram

O Instagram é a rede social mais popular da atualidade. Durante o período da pandemia de Covid-19, o Instagram teve o maior crescimento dentre as redes sociais. 

De acordo com o estudo Social Media Trends Report Q3 2020, o Instagram cresceu 11,3% no período, enquanto outras redes sofreram queda. O Facebook, por exemplo, sofreu queda de 17,6%. 

Sendo a rede social mais utilizada no mundo, não há o que dizer: a presença da sua loja virtual nessa rede é estratégica.

Seu perfil no Instagram funciona como canal de vendas. Com uma boa construção de marca, seu perfil se torna um verdadeiro chamariz de clientes. 

Escolha uma boa paleta de cores, invista em conteúdo de qualidade e em mostrar seus produtos em uso. A chance de isso significar um aumento na procura pela sua loja é grande.

E tem mais. O Instagram possui uma ferramenta chamada Instagram Shopping, que permite que você inclua seus produtos com informações de preço e com links diretos para sua loja.

Gravamos um passo a passo super fácil para te ensinar como tirar o máximo de proveito do Instagram Shopping (também conhecido como Sacolinha do Instagram):

Isso sem contar que fazendo anúncios pelo gerenciador, você consegue impulsionar o alcance do seu conteúdo.

Já deu para te convencer de estar presente nessa rede? Se sua loja ainda não tem um perfil, considere começar um e configurar sua conta para negócios.

 

Facebook

Apesar da queda nos usuários, o Facebook ainda é uma rede social de muita relevância.

Não apenas pelas possibilidades dentro da própria rede, mas principalmente por ser do próprio Facebook a ferramenta de gerenciamento de anúncios no Facebook e no Instagram (que, aliás, pertence ao Facebook).

É através dessa ferramenta que você consegue fazer o setup de anúncios nessas duas redes. Esse gerenciador só perde em quantidade de anúncios e dinheiro investido para a ferramenta de gerenciamento do Google, o Google Ads.

A ferramenta de gerenciamento não é tão intuitiva e talvez seja interessante ter um especialista em Tráfego Pago em sua equipe, que irá fazer a gestão das ferramentas de anúncios. 

Mas nada impede que você mesmo faça essa gestão, até porque no próprio Instagram você encontra muito conteúdo gratuito sobre como utilizar o gerenciador de anúncios.

Para facilitar esse entendimento, nós gravamos um super aulão no qual montamos uma campanha do ZERO, para te ensinar a começar a investir em tráfego pago e divulgar a sua loja, dá o play:

Assim como o Instagram, o Facebook possui uma ferramenta de compras que pode ser integrada à sua loja virtual, o Facebook Shopping.

 

Pinterest

Outra rede social interessante para divulgação é o Pinterest, que é focada em compartilhamento de imagens.

Conhecida como a rede social de busca por referências, no Pinterest você pode criar pastas com conteúdos do seu interesse. Antes, o Pinterest era visto apenas como um colecionador de imagens, mas hoje é também ótimo na sua estratégia de vendas online.

Em geral, usuários do Pinterest buscam por questões específicas, como referências de decoração, comida, vestuário entre outros. 

Se, por exemplo, dentre essa busca o usuário se depara com conteúdos produzidos pela sua marca, é mais um ponto de contato que funciona como gatilho para a compra.

Independentemente do que você venda, você pode acrescentar no Pinterest imagens que encaminhem para a sua loja/seu blog de conteúdo e com isso fechar mais vendas. 

Vale a pena, não acha? E mais: assim como as redes mencionadas acima, o Pinterest também tem uma versão específica para negócios, o Pinterest Business.

Uma dica final importante: considerando que o Pinterest é uma rede social de imagens, investir em boas imagens no seu site é ponto chave para o sucesso na rede.

 

TikTok

A rede social de sucesso entre os jovens, o TikTok, foi o aplicativo mais baixado no primeiro trimestre de 2020, de acordo com um levantamento feito pela GlobalWebIndex.

O primeiro passo para entender se essa rede pode ser estratégica para o seu conteúdo e, portanto, para o seu marketing, é entender seu público e se ele está presente no TikTok.

Afinal, de nada adianta criar conteúdo que não converse com o público da sua loja virtual.

Pelo enorme número de usuários e a fama da rede social, a chance de viralizar seu vídeo é maior dentro dessa rede e, se ela fizer sentido para o seu contexto, a aposta é muito válida.

 

Confere Shop loja online grátis

 

2. Aposte no marketing de conteúdo

Nem só de redes sociais vive o marketing. A estratégia para e-commerce que vem crescendo exponencialmente atualmente é o marketing de conteúdo.

O marketing de conteúdo basicamente significa produzir conteúdo relevante para o público-alvo de sua loja virtual. A questão é que essa produção de conteúdo não visa diretamente a venda dos produtos. 

A ideia é criar conteúdos no formato de soluções para potenciais clientes, que passarão a ter um relacionamento de confiança com sua empresa e, possivelmente, lembrarão da sua marca na hora de comprar um produto.

O retorno financeiro do marketing de conteúdo não é tão “preto no branco”. Alguns conteúdos produzidos poderão trazer um bom engajamento, mas não muitas vendas. A questão é entender a lógica. Apostando em relacionamento, você investe em uma estratégia de venda indireta que transmite confiança e credibilidade.

Para criar conteúdo, além das redes sociais, você pode iniciar um blog, uma newsletter, divulgar e-books, criar um canal de vídeos do YouTube, iniciar podcasts, entre outras estratégias que se tornam ainda mais interessantes quando unidas.

 

3. Invista em anúncios

O crescimento orgânico do seu negócio digital, ou seja, o crescimento que independe de investimento em publicidade no formato de anúncios online, é importante. 

É possível sincronizar uma série de estratégias orgânicas, principalmente através das redes sociais. Acontece que, cada vez mais, as redes limitam o alcance orgânico do conteúdo e entregam mais o conteúdo impulsionado por anúncios.

É claro que, estudando bem seu público, analisando suas métricas e compreendendo bem a lógica dos seus conteúdos, você consegue acertar organicamente e ter uma boa entrega. 

Mas os anúncios ainda são a estratégia de divulgação que mais converte em vendas.

São muitas as formas de anunciar online e traremos aqui neste artigo três dos formatos mais conhecidos para anunciar sua loja virtual.

 

Google Ads

Através do Google Ads, antes conhecido como Google Adwords, você consegue anunciar seus produtos no Google, em sites, apps e no Youtube.

Um dos pontos mais interessantes em utilizar o Google Ads é que o bom uso de estratégias de anúncios posiciona sua marca dentre as primeiras nos resultados de buscas no Google.

Sabe quando você digita “televisão” no Google e logo aparece uma série de anúncios de lojas onde você pode comprar sua nova TV? É por aí que funcionará com a sua loja virtual ao anunciar.

Isso sem contar os impactos de remarketing possíveis através desses anúncios. Visitando um site qualquer, seu público-alvo pode ser impactado novamente com produtos já visualizados, mas que não foram comprados.

Para começar a anunciar pelo Google, você precisa criar uma conta e a partir daí é só criar as suas primeiras campanhas.

 

Facebook Ads

O Facebook Ads é a ferramenta de mídia paga do Facebook. Através dele você pode criar campanhas tanto para o Facebook quanto para o Instagram.

É bastante utilizado e possibilita uma boa segmentação de público que pode ser escolhido pelos assuntos de interesse, de dados como gênero, idade, localização e comportamento, entre outros detalhes que só estão disponíveis nos perfis de Facebook.

Na ferramenta você consegue acompanhar o andamento de seus anúncios e o retorno sobre o investimento (ROI) de cada campanha de anúncios, bem como fazer testes. Para criar uma conta de anúncios no Facebook é só acessar o Facebook para negócios.

 

Instagram Ads

A ferramenta de anúncios do Instagram funciona para divulgar anúncios tanto no feed quanto nos stories da rede social.

Também é operado pelo gerenciador do Facebook, desta forma, a conta para anunciar no Instagram é a mesma criada para anunciar no Facebook.

Seus anúncios podem ter uma série de objetivos diferentes, desde cliques no site da loja até o envio de mensagens pela plataforma ou engajamento em postagens estratégicas.

É importante considerar boas imagens (o Instagram é uma rede social que começou como uma rede de compartilhamento de fotos); um bom estudo de público e planejar bem o objetivo do anúncio.

 

4. Foque no SEO da sua página inicial

Um ponto muito importante na sua estratégia digital é o SEO de suas páginas. Não sabe o que é isso? A gente explica. 

SEO significa “Search Engine Optimization” (Otimização para Mecanismos de Buscas). A ideia de utilizar estratégias de SEO é posicionar melhor o seu site em buscadores como o do Google.

Um bom trabalho de SEO irá aumentar – não a curto prazo – o tráfego orgânico do seu site, uma vez que torna mais fácil encontrar sua página pelos buscadores mais tradicionais.

 

SEO integra, entre outras coisas:

  • uso de palavras-chave;
  • otimização de URLs;
  • escolha estratégica de títulos;
  • otimização do carregamento e da adaptabilidade das páginas para desktop e mobile;
  • construção de um bom código para o site;
  • inserção de links externos que conversem com a página e ajudem no rankeamento no google.

 

5. Trabalhe com influenciadores

Outra estratégia em voga no momento é o marketing de influência.

Em todas as redes sociais você pode fazer sua marca colaborar com pessoas populares. Isso funciona para dar credibilidade e prova social para a sua marca, sem contar os pontos com divulgação.

As pessoas tendem a confiar e a querer marcas que estão em uso por grandes influenciadoras e essa é a lógica desse tipo de publicidade. 

E por influenciadoras nem sempre considere apenas aquelas com milhões de seguidores! Estão em destaque as chamadas nano-influenciadoras. Pessoas com poucos seguidores (por vezes menos de 1.000), mas com alta taxa de engajamento.

Esse tipo de influência tem gerado um bom retorno, por vezes até mais expressivo do que a colaboração com “contas milionárias”. 

As estratégias tradicionais de marketing estão cada vez menos populares e a grande máxima do marketing é que “pessoas compram de pessoas”. 

 

6. Campanhas de e-mail marketing

Muitos pensam que, por conta do tempo que o e-mail existe e pelo crescimento das redes sociais, utilizá-lo como estratégia de vendas pode não ser tão efetivo. Enganam-se: O e-mail ainda é uma das plataformas mais poderosas para vendas.

Criando uma boa lista de e-mails você consegue direcionar conteúdo e ofertas personalizadas para as pessoas que se subscreveram.

Mas tome cuidado para não soar agressivo e invadir a caixa de e-mail dos potenciais clientes com mensagens demais. 

A ideia é ser assertivo mandando mensagens certeiras, que podem direcionar muitas pessoas já interessadas nos seus produtos ou no que você tem a dizer, para a sua página e converter em vendas.

 

7. Crie sua conta no Google Shopping

Ao criar uma conta no Google Shopping, seus produtos poderão aparecer bem no início dos resultados de busca, no topo da lista de links direcionados pelo Google. 

Sabe aquele feed de produtos que aparece quando você busca por um produto específico? Com os preços de cada um em cada loja? É assim que funciona o Google Shopping.

Como o resultado dessa busca fica bem no topo, a conversão é bem interessante. Você pode criar sua conta acessando Google Merchant Center e importa para esse tipo de anúncio ter bem organizado seu feed de produtos.

 

8. Aposte em atendimento personalizado

Tão importante quanto uma boa estratégia de marketing é atender seus clientes da melhor forma possível. O boca a boca ainda funciona muito bem e a melhor coisa que você pode fazer é personalizar seu atendimento para ter um bom retorno de indicações.

Algumas boas práticas para isso:

  • manter um banco de dados atualizado dos seus clientes – um bom software de CRM pode te auxiliar nisso;
  • construir um relacionamento através de interação, pesquisas de satisfação, eventos, promoções, sorteios entre outros;
  • manter a comunicação humanizada, sem linguagem muito burocrática ou formal;
  • proporcionar exclusividade através de brindes ou lançamentos antecipados, por exemplo;
  • treinamento de equipe para atendimento.

 

9. Ative sua sacolinha no Instagram 

Como falamos, o Instagram é uma rede social que cresce mais a cada dia e atinge bilhões de usuários pelo mundo. O uso dessa rede pode ser um grande diferencial na divulgação da sua loja virtual e uma dica extra dentro dessa rede é ativar sua sacolinha (Instagram Shopping).

O Instagram Shopping permite expor e vender produtos diretamente no seu perfil. Assim, sua loja consegue colocar o preço e direcionar para a página de checkout pelo próprio Instagram e dentro dos posts.

Isso pode aumentar as visualizações no site, diminuir as dúvidas dos clientes sobre preço e já os direcionar para a compra, agilizar todo o processo de vendas, entre outros benefícios.

Quer saber mais sobre o Instagram Shopping e começar a utilizá-lo na sua loja virtual? Lá em cima compartilhamos um vídeo que mostra o passo a passo bem explicadinho sobre isso, mas você também pode acessar nosso texto que contém TUDO sobre a sacolinha do Instagram Sua estratégia digital não será a mesma depois de aplicar as dicas desse Guia completo para divulgar sua loja virtual. Comece a aplicar e logo irá colher resultados significativos em vendas. 

Quer ler mais textos como esse? Fique ligado nos conteúdos da Confere.

New call-to-action

Este texto foi escrito por Luiza Cristina Sousa.