9 estratégias de SEO para sua loja online ser encontrada na internet

Por Miriam Barros

Dominar as práticas de SEO é indispensável no mercado digital. Isso porque, não basta atuar no ambiente online, é preciso investir em estratégias para sua loja ser encontrada na internet.

O boom da digitalização, impulsionado pela pandemia, fez com que muitas lojas migrassem para o mercado digital.

Nesse contexto, o e-commerce ganhou muita força. No Brasil, um estudo recente prevê que as vendas online irão representar 39% do comércio varejista até 2025.

E dados atuais sustentam essa previsão. De janeiro a março deste ano, por exemplo, o e-commerce teve um faturamento de R$ 25,2 bilhões em vendas no país, batendo recordes de expansão quando comparado a anos anteriores. 

Já em 2020, o comércio eletrônico tinha  crescido 43% no Brasil. Especialistas projetam, por sua vez, uma mudança permanente no consumo e concentração no digital.

Dessa forma, faz-se de extrema importância compreender as dinâmicas de posicionamento no e-commerce e dominá-las para garantir o sucesso do seu negócio.

Assim, apresentamos 9 estratégias de SEO para a sua loja online ser encontrada na internet, e, claro, manter um fluxo de vendas e crescimento saudável.

Continue a leitura!

 

O que é SEO?

SEO é uma sigla em inglês do termo “Search Engine Optimization”. Em português, podemos traduzir como otimização para mecanismos de busca.

Google, Bing e Yahoo são alguns exemplos de buscadores que entregam listas de sites e mídias a partir de pesquisas por palavras-chave.

Estes buscadores possuem algoritmos que criam critérios para definir quais páginas vão ser mostradas primeiro nas pesquisas feitas de forma orgânica.

Ser um dos primeiros na lista é o desejo de todos que possuem sites e blogs na internet. E o mesmo vale para uma loja online que investe em SEO.

Afinal de contas, estar bem posicionado nos mecanismos de busca aumenta as chances de tráfego e, por consequência, de conversões.

Deste modo, quando falamos de SEO para uma loja online, estamos nos referindo a estratégias para adequar seu negócio aos critérios dos buscadores, visando um bom posicionamento nos resultados de pesquisa de consumidores.

Vale ressaltar que SEO faz referência ao rankeamento orgânico, ou seja, sem impulsionamento por anúncios.

Diferente do SEM (Search Engine Marketing), ou Marketing de Busca, que usa os buscadores para anunciar sites ou empresas para clientes na internet.

Loja online gratuita Confere Shop

Qual a importância do SEO para sua loja online?

Segundo levantamento da Backlink, os três primeiros resultados (sites) em pesquisa no Google recebem cerca de 75,1% do total de cliques da internet.

Dessa forma, otimizar sua loja virtual para SEO significa investir para que ganhe mais visibilidade se destacando nas pesquisas, aumentando o tráfego do site e as vendas online

Vale destacar que esse posicionamento é orgânico: ou seja, além de aumentar as chances de sucesso da sua loja, você economizará recursos com mídias pagas.

9 principais práticas de SEO para sua loja online

Para uma loja online que quer estar entre os primeiros sites de uma busca, será preciso adotar diversas práticas e estratégias com esta finalidade.

Neste sentido, fique ligado que separamos as principais práticas para que sua loja seja encontrada no ambiente online por meio de ações de SEO.

 

#01. Planeje a palavra-chave

Quando se trata de SEO (para qualquer plataforma, incluindo uma loja online), a palavra-chave deve ser a primeira a ser pensada. 

Afinal de contas, é por meio dela que o Google – e outros mecanismos de busca – acham sua página e indicam aos usuários.

Sendo assim, definir uma estratégia para as palavras-chaves e suas disposições dentro do site é um passo primordial. 

Primeiramente, você precisa entender quais termos se encaixam mais com o seu produto ou serviço, assim como, o comportamento dos consumidores.

Para isso, é possível utilizar ferramentas online para analisar quais termos são mais buscados, e quais possuem maior volume de páginas.

Podemos citar o Search Console, SEMRush, Keyword Planner, Ubersuggest, ou até mesmo pesquisando pelo Google.

Lembre-se também que sua loja online está competindo com diversos outros no universo da otimização de SEO para um bom rankeamento digital.

Deste modo, vale entender os dois tipos existentes de palavras-chave: as head tail e as long tail. 

Basicamente, o primeiro termo significa o uso de palavras curtas e genéricas, enquanto o segundo é relativo a termos mais específicos.

Na prática, “cosmético” seria um termo genérico, pois não especifica a finalidade e nem características. Logo, nas pesquisas, seria mostrado um volume bem maior de resultados.

Já “cosmético para o rosto”, seria mais específica, disputaria em menor volume e seria indicada para pessoas que já sabem o que querem.

Portanto, pense em estratégias, e se seria mais vantajoso competir com um volume maior ou menor de links. 

Vale pontuar que 70% de todas as pesquisas online são de long tail. Além disso, essa prática ajuda também os usuários a entender o que sua loja oferece.

 

#02. Distribua a palavra-chave pelo seu site

Após entender e planejar quais termos serão usados, o segundo passo consiste em inseri-los ao longo dos seus anúncios de produtos.

Cada título de página, descrição de produtos, precisa de uma palavra-chave diferente. 

Isso ajuda o SEO a posicioná-las nos resultados dos mecanismos de busca e, consequentemente, dar mais destaque para sua loja online.

Tente diversificar os termos entre as páginas da sua loja virtual, assim, você aumenta as chances de sair nas pesquisas.

Por fim, estas são as partes importantes para destacar palavras-chave:

  • URL (amigáveis, descritivas, curtas, diretas e compreensíveis);
  • Títulos das páginas;
  • Meta títulos (títulos das páginas no buscador);
  • Descrição dos produtos dentro da loja;
  • Meta descrições (descrições das páginas no buscador);
  • Nome dos arquivos das imagens (texto alt - texto alternativo, legenda e títulos).

 

#03. Invista em páginas rápidas e responsivas

Páginas responsivas são aquelas que se adequam a todo tipo de dispositivo pelo qual for acessada, garantindo uma boa visualização das informações do site.

Também é importante considerar o tempo de resposta, ou seja, até carregar todos os elementos (textuais e imagéticos), para melhorar a experiência do cliente.

Para você ter uma ideia, em celulares, 53% dos usuários abandonam o site se levar mais de três segundos para carregar. 

No desktop esse tempo é ainda mais curto: 87% das pessoas saem se o carregamento levar mais de dois segundos.

E porque esses pontos são importantes para o SEO? Porque os mecanismos de busca levam em consideração o engajamento do site, fator que indica a relevância de sua loja online. 

Logo, caso os visitantes não fiquem na página, menos engajamento ele terá e seu site será prejudicado no ranqueamento.

Consequentemente, sua loja virtual pode perder vendas e impactar negativamente na saúde financeira do negócio.

Para verificar a velocidade do site, o PageSpeed Insights do Google é uma ótima ferramenta. Ele indica o tempo e quais erros estão deixando seu site mais lento.

Algumas dicas para melhorar o tempo de carregamento:

  • Simplifique os elementos e minimize as requisições HTTP;
  • Reduza o tempo de resposta do servidor;
  • Ative a compressão e o caching de navegador;
  • Minimize recursos;
  • Otimize imagens, especialmente para páginas com muitas fotos de produtos;
  • Reduza o número de plug-ins e redirecionamentos.

 

#04. Pense na arquitetura do site

A arquitetura do site diz respeito à hierarquia das páginas e suas distinções lógicas. 

Pensar no ordenamento de seu site é bom para o SEO e para a experiência do cliente, que ficará mais tempo em sua loja online.

A inteligência do Google, por exemplo, vai descobrir suas páginas e produtos para resultado de pesquisa com base na estrutura de links internos.

Especialistas de marketing digital especulam que seria ideal as pessoas fazerem no máximo três cliques para chegar a um produto.

Os breadcrumbs (trilha que aparece no topo da página) ajudam a mostrar o caminho feito pelo usuário da página inicial até a que se encontra. Por exemplo: 

Página inicial > roupas infantis > calças > produto escolhido.

Vale lembrar que aqui também entra o design do site, uma vez que sua estrutura ajuda a chegar nos resultados esperados.

 

#05. Links internos e externos

Conhecida como link building, essa é uma estratégia para gerar mais autoridade e relevância para o site de uma loja virtual, potencializando o SEO e o posicionamento no mercado online.

Dessa forma, insira links internos da sua própria página e de outras páginas, mas que também sejam relevantes.

O mecanismo de busca analisará seu site como uma fonte de referência confiável. Mas esses links devem fazer sentido para o usuário, afinal, sua experiência é o nosso foco.

Numa loja virtual, você pode linkar os produtos mais vendidos ou relacionados e usar links de sites parceiros, por exemplo.

Confere Shop loja online grátis

#06. Invista em boas mídias

Adicionar fotos e vídeos na página do seu e-commerce é outra boa prática para impulsionar o SEO de sua loja online.

Ao unir as mídias e textos, sua página entra também nas categorias de imagem e vídeos do Google (buscador de exemplo).

Entretanto, um ponto importante deve ser observado. Busque adicionar mídias que não sejam muito grandes para não afetar a velocidade de carregamento da página.

Além disso, lembre-se de nomear e descrever as mídias, pois o mecanismo de busca indexa estes nomes também.

Por exemplo, caso seja uma foto de roupa escreva detalhes sobre o item no seguinte modelo: camiseta-rosa-(nome da loja).jpg.

 

#07. Crie um blog

Um blog dentro de um site ajuda em muito seu posicionamento. Isso porque os artigos postados criam mais oportunidades de usos de palavras-chave.

Além de inserção de link building, você pode até mesmo convidar parceiros e clientes para movimentar as visualizações em textos sobre eles.

Um texto de blog também deve levar em conta questões como:

  • A escolha as palavras-chaves dos conteúdos;
  • A manutenção de conteúdos atualizados;
  • Priorização da experiência do usuário;
  • Criação de links internos entre as postagens;
  • Estudo de conteúdos concorrentes como inspiração;
  • Divulgação dos textos do blog nas redes sociais;
  • Uso de palavra-chave no URL, título, primeiro e último parágrafo e ao longo do texto;
  • Descrição de arquivos de mídia;
  • Uso de parágrafos curtos.

Caso queira entender um pouco mais sobre o guia de qualidade de conteúdo, o Google lançou em 2019 um documento detalhando experiência, autoridade e confiabilidade.

O documento é uma fonte essencial para quem deseja melhorar o SEO de uma loja online.

 

#08. Tenha presença digital

Estar presente nas redes sociais, como LinkedIn, Facebook, Instagram, TikTok, faz toda diferença para aumentar seu engajamento e menções na internet.

O Google Meu Negócio também é essencial dentro da estratégia.

Crie planos de marketing multicanal, sempre com foco em gerar tráfego para o site da sua loja virtual e aumentar sua autoridade online.

Dessa forma, além de expandir a marca para os usuários destas redes sociais, é possível gerar valor para a sua mercadoria.

 

#09. Aposte em uma plataforma confiável

Possuir um site de loja online confiável e seguro é outro super diferencial para fortalecer o SEO e a experiência dos consumidores.

A Confere SHOP é uma plataforma gratuita para lojas online com todos os recursos para a estruturação e otimização das vendas de seu e-commerce.

Confira os benefícios que a Confere oferece para você:

  • Você poderá fazer a distribuição de seus produtos nos principais canais logísticos do país;
  • Configurar uma loja com usabilidade e identidade visual atrativas;
  • Contar com os principais meios de pagamento;
  • Divulgar seus canais de contato nas redes sociais;
  • Dispor de ferramentas de gestão financeira, fluxo de caixa e conciliação bancárias.

Ficou interessado? Então aproveite para saber como começar uma loja virtual neste guia completo!

 

Por fim, o que aprendemos sobre SEO?

Neste artigo, vimos práticas e estratégias para melhorar o ranqueamento de um e-commerce nos mecanismos de busca.

São vários passos simples, mas que precisam ser considerados com atenção ao longo de uma estratégia de SEO para uma loja online. 

Além disso, vale ficar de olho nas políticas dos mecanismos de busca, pois eles constantemente alteram suas dinâmicas.

E fica a recomendação: atente-se às principais práticas de SEO para que sua loja garanta uma boa presença online, seja encontrada nas pesquisas, e melhor, consiga aumentar as vendas pela internet!

Nova call to action

Este texto foi escrito por João Barros.