Confira 9 etapas para montar sua loja virtual de acessórios

Por Miriam Barros

Pesquisas atuais apontam não só o crescimento do comércio virtual, mas também as tendências e nichos que acompanham a expansão: a loja de acessórios é uma destas.

Em 2020, a venda online de acessórios alcançou a US$ 15,8 bilhões, dando um gás ainda mais efetivo para o aumento de negócios no ambiente digital. 

Isso fez com que muitos empreendedores buscassem investir em uma loja virtual, principalmente pelo cenário próspero do e-commerce, cujo crescimento foi de 41% em 2020. 

E a maré positiva continua, com o primeiro trimestre de 2021 já superando o faturamento do mesmo período em 2020.

No entanto, para começar a vender pela internet e criar uma loja, alguns passos importantes devem ser observados, por exemplo:

Seguir estas etapas te ajudará a criar um negócio melhor estruturado, e garantir a sua longevidade.

Neste artigo, separamos alguns passos para você seguir e colocar a sua loja virtual de acessórios no ar! Continue lendo.

O mercado de acessórios no Brasil 

Conforme citado na introdução, os dados do e-commerce sinalizam para um terreno cheio de oportunidades.

Um estudo feito pelo Sebrae, por exemplo, mapeou mais de 50 nichos de mercado que poderiam ser explorados em vendas online

Entre estes, a categoria de acessórios e moda foi a que mais se destacou na quantidade de compras realizadas em 2021.

Somente no primeiro trimestre, 78,5 milhões de compras online foram feitas, das quais, moda e acessórios lideram, representando 16,5% dos pedidos feitos.

Os números são bem promissores para quem busca investir no ramo e não param por aí.

Uma pesquisa do Google mostrou que 3 a cada 4 pessoas compram itens de moda e acessórios online.

Além disso, com o aumento das vendas nas redes sociais – como Instagram e Facebook –, é possível criar estratégias para dar destaque às peças, incluindo ótimas fotos, por exemplo. 

Em outras palavras: o consumo virtual tende a crescer e os benefícios de criar uma loja online de acessórios só aumentam.

Por isso, para você que deseja criar a sua própria loja, listamos abaixo nove etapas que te ajudarão neste processo.

Vamos lá?

9 etapas para criar uma loja virtual de acessórios

Abrir uma loja online não é um processo muito diferente das lojas físicas. Apesar das regulamentações do e-commerce serem distintas, em certos aspectos.

A principal vantagem é que você poderá abrir sua loja sem precisar investir em aluguel ou mesmo na contratação de funcionários, no início do negócio.

Mesmo assim, você precisará de muito planejamento para ter sucesso e ganhar dinheiro de maneira segura e consistente.

Neste sentido, veja alguns passos para abrir sua loja virtual de acessórios com eficiência.

 

#1. Definição do que que irá vender

Existem vários tipos de acessórios que podem ser comercializados em um e-commerce. E para definir seu portfólio de produtos, é preciso pensar em algumas questões, tais como:

  • O que eu poderia produzir?
  • Qual seria o custo de produção?
  • O que eu poderia revender?
  • Quem seria meu fornecedor? 
  • Qual produto tem maior custo-benefício?
  • Qual produto, na venda mínima, conseguiria manter os custos da loja/produção?

Estas são algumas perguntas que podem te ajudar na definição do produto, estratégia de marketing e até na esfera logística.

Dito isso, há inúmeros produtos que você pode vender em uma loja virtual de acessórios, incluindo:

  • Joias;
  • Bijuterias;
  • Chapéus;
  • Cintos e carteiras;
  • Relógios;
  • Meias;
  • Colares e anéis;
  • Adereços.

 

#2. Análise do público-alvo

Após definir o que será vendido, partimos para quem consumirá os produtos em questão.

Para achar o público-alvo, é necessário pensar em qual plataforma a loja será hospedada: redes sociais, marketplaces, sites.

Após refletir sobre o perfil deste público, a próxima parte do planejamento consiste em como se comunicar com ele.

Sendo assim, crie uma boa identidade visual, ou branding, e aposte em ferramentas que te ajudarão a alcançar clientes.

Aliada a proposta de valor, você já deve começar a planejar o atendimento e o modelo de experiência que deseja oferecer em sua loja. 

Lembre-se: esses são fatores cruciais para te diferenciar da concorrência.

 

#3. A hospedagem da sua loja virtual de acessórios

Agora que você já sabe o que vender e para quem vender, vamos para qual plataforma poderá hospedar sua loja de acessórios no comércio virtual.

Nesta parte do planejamento, pontos como custo da plataforma, alcance, público, manutenção - tudo deve ser levado em consideração.

Por exemplo, uma loja no Facebook ou no Instagram não demanda a mesma energia de manutenção na criação de um site. 

Já as vendas em sites podem te dar mais independência do que em marketplaces

Pense, sobretudo, no perfil do seu cliente e considere uma estratégia multicanal para ter maior alcance. 

Já na hora de investir em seu domínio, opte por plataformas que permitam que você personalize e tenha autonomia sobre sua loja virtual.

A Confere SHOP, por exemplo, é uma plataforma gratuita para lojas online com todos os recursos para a estruturação e otimização das vendas de seu e-commerce.

Confira os benefícios que a Confere oferece para você:

  • Você poderá fazer a distribuição de seus produtos nos principais canais logísticos do país;
  • Configurar uma loja com usabilidade e identidade visual atrativas;
  • Contar com os principais meios de pagamento;
  • Divulgar seus canais de contato nas redes sociais;
  • Dispor de ferramentas de gestão financeira, fluxo de caixa e conciliação bancárias.

Ficou interessado? Então aproveite para saber como começar uma loja virtual neste guia completo!

 

#4. O controle de estoque

Uma vez que sua loja foi hospedada e o domínio definido, seu e-commerce já foi criado. 

Mas criar o e-commerce não é o maior desafio. Gerenciá-lo de modo eficiente é que lhe dará resultados. 

O primeiro ponto crítico é o controle de estoque

Você precisará planejar bem a armazenagem dos seus acessórios para que não ocorram problemas de falta de estoque na loja virtual.

Isso pode influenciar e muito na percepção de seus clientes sobre sua loja online, e no seu fluxo de venda.

Além da falta, o excesso também merece atenção. É importante ter esse controle para evitar que produtos fiquem parados no seu estoque.

Para isso, estude bem o mercado e as métricas de resultados do e-commerce periodicamente. 

Assim, você conseguirá se planejar e obter material para tomar decisões estratégicas.

 

#5. A escolha dos métodos de pagamento

É importante também, ao criar seu e-commerce, escolher os meios de pagamento que serão aceitos no seu negócio. 

O sistema de cobrança precisa ser seguro, prático e transparente, uma vez que lida com os dados dos compradores.

Você pode optar por um meio direto ou indireto de pagamento

No indireto, outras plataformas ficam responsáveis pelo caixa, como o Mercado Pago, PayPal ou o PagSeguro, por exemplo. 

No sistema direto, o pagamento é realizado no seu próprio site e é mais prático para o cliente. 

Vale lembrar que os lojistas da Confere SHOP já contam com integração com os principais meios de pagamento do comércio virtual!

 

#6. Planejamento logístico

A logística de entrega do seu e-commerce precisa ser bem pensada também para que sua loja de acessórios tenha sucesso no comércio virtual. 

O prazo de entrega e o preço do frete podem ser dois obstáculos da venda e por essa razão precisam de atenção do lojista.

Você precisa ter boas opções de transporte e parceria com transportadoras para garantir uma entrega de qualidade. 

Pequenos negócios costumam utilizar os Correios e indicamos também plataformas como a Melhor Envio.

Assim, você otimiza todo o processo de comparação de preços e prazos em uma única plataforma.

Além disso, na Confere, contamos com parcerias de transportadoras e até a possibilidade de retirada em loja física!

 

#7. A criação de um plano de marketing

Não basta sua loja virtual de acessórios existir, ela precisa ser conhecida e encontrada pelo público.

Uma boa estratégia de marketing pode ser o diferencial para o seu e-commerce chegar mais longe e atingir mais vendas

E essa estratégia pode incluir:

 

#8. Estruturando o atendimento ao cliente

Como no ambiente online não há interação direta com vendedores é indispensável garantir um bom atendimento ao cliente pela internet.

Invista em canais em que seus clientes possam solicitar reembolsos, trocas ou emitir feedbacks. 

Isso não só te sugere pontos de melhoria, como evita a perda de reputação online ou notificações no Reclame Aqui, que podem ser muito prejudiciais ao seu negócio.

A confiança do usuário na sua loja virtual deve ser garantida. 

Ter um bom atendimento online é a forma de fazer isso e, para ter uma presença 24 horas, uma dica é investir em chatbots.

 

#9. Evite falhas que podem te levar ao insucesso

Agora que você entendeu como montar uma comércio de acessórios, precisa saber dos erros comuns que você não pode cometer na sua loja virtual.

Os principais erros são:

  • Não ter um site responsivo;
  • Não ter uma boa gestão financeira;
  • Oferecer poucas opções de pagamento;
  • Não cumprir os prazos de entrega e ter uma taxa de frete alta;
  • Não compreender seu público;
  • Ignorar o marketing.

Quer saber mais? Leia o artigo 13 erros principais que você não pode cometer no seu e-commerce de nosso blog! 

Recapitulando: como montar uma loja virtual de acessórios

Como vimos, não há segredo para dar o primeiro passo de uma loja virtual, seja ela para vender acessórios próprios ou para revenda.

No entanto, é importante que haja planejamento e conhecimento do mercado para que seu negócio possa crescer de verdade.

Existem diversos produtos e nichos que podem ser explorados dentro de um setor que faz parte do cotidiano das pessoas.

Em todas as etapas apresentadas aqui, a Confere oferece ferramentas e conteúdos de inteligência para deixar os processos de sua loja virtual mais fluidos e garantir que você tenha sucesso no mercado de acessórios. Adote estas práticas e bons negócios!

Este texto foi escrito por João Barros.