Por que acompanhar os indicadores de desempenho da sua empresa?

Por Miriam Barros

O sonho de todo empreendedor é implementar mecanismos mais eficazes para otimizar o dia a dia do negócio, não é mesmo?

Com uma rotina gestacional inteligente, a organização consegue diminuir custos, melhorar investimentos e se destacar os seus serviços. 

Por isso, em qualquer corporação mensurar o desempenho e os resultados é fundamental.

Essa mensuração, por sua vez, consiste em identificar as metas alcançadas e o que precisa ser feito para alcançar o objetivo final. 

Contudo, com um mercado tão competitivo, um sistema composto por medidas que focam em administrar os resultados de uma empresa é de extrema importância dentro das companhias, certo?

Para que isso dê certo, é preciso uma ferramenta que permite a equipe captar, informar e compartilhar as informações de forma rápida e clara. 

Esses dados disponibilizados em softwares ou painéis de controle, permite que os gestores vejam os resultados em tempo real e tomem decisões mais assertivas, auxiliando até em ajustes da operação. 

Essa é justamente a importância dos indicadores de desempenho. Por isso, que tal falarmos um pouquinho sobre eles?

O que são indicadores de desempenho? 

Os indicadores de desempenho são uma ferramenta voltada a gestão que possibilita analisar os resultados de forma mais direcionada. Com esse dispositivo, é possível identificar se: 

  • As metas foram alcançadas; 
  • Se os recursos foram eficientes;
  • Quais foram os erros que aconteceram durante o processo.

 

Em resumo, os indicadores podem ser aplicados em várias áreas de negócio e, principalmente, nos segmentos de vendas e logística.

Na parte de vendas, eles possibilitam que o gestor saiba se a campanha voltada a estação de tratamento de água conseguiu atingir o seu objetivo, por exemplo. 

Na logística, ele fornece algumas bases para o responsável do negócio identificar rotas mais eficientes e a origem da perda dos recursos. 

Uma vez que essas informações são utilizadas, o gestor pode acompanhar as atividades e identificar quais ações são mais eficazes e precisam ser elaboradas.

Os responsáveis por cada setor terão uma visão mais amplas sobre os outros departamentos, o que influencia diretamente nos resultados obtidos e pontos que precisam ser melhorados.

Utilizando todas essas informações, o gestor pode acompanhar melhor as rotinas e saber quais ações são mais eficazes e precisam ser tomadas.

Os profissionais responsáveis por cada área terão uma visão abrangente sobre todos os setores, o que está influenciando os resultados obtidos e pontos que necessitam de melhorias.

Quais indicadores precisam ser monitorados?

Bom, existem diversos indicadores de desempenho que necessitam de acompanhamento dentro da indústria.

Desde as áreas operacionais até a demanda financeira. Ficou curioso? Listamos alguns deles!

 

Horas trabalhadas

Como o próprio nome diz, esse indicador tem como finalidade apresentar a quantidade de horas dedicadas à produção.

Quando a parte financeira fica estável, esse número cresce. Porém, em fases de recessão, a produção automaticamente cai. 

Ao avaliar a soma das horas trabalhadas, o responsável consegue ter uma visão mais ampla sobre a variação de demanda por recursos operacionais e aprimorar o seu planejamento. 

Por exemplo: você trabalha com a produção de circuito impresso.

Nesse caso, o gestor consegue calcular a quantidade correta de matéria-prima, diminuir prejuízos e aumentar a equipe de forma inteligente.

Isso significa que os serviços prestados ganhe mais qualidade e que o orçamento fique mais estável.

 

Faturamento

Você consegue imaginar o que faz um indicador de faturamento? Alguma suposição? Pois bem, o indicador de faturamento basicamente mostra o quanto a empresa ganhou com as vendas. 

Bom, esse número sozinho não significa muita coisa.

Isso pois ele está ligado a receita bruta e, assim, não considera anular os custos e os recebimentos que, realmente, aconteceram.

Contudo, o indicador de faturamento é uma ótima ferramenta para saber:

  • Quais produtos são mais promissores;
  • Quais não tem destaque em vendas;
  • Qual voucher médio por cliente.

Essas informações são fundamentais para que o negócio aumente as campanhas de vendas.

A partir do momento  você conhece o seu consumidor, por exemplo, o negócio consegue fazer promoções que envolva produtos com maior número de vendas. 

 

Capacidade de infraestrutura

A capacidade de infraestrutura está ligada a estrutura da organização. Provavelmente você deve achar a explicação um tanto quanto desnecessária, não é? Vamos te provar o contrário!

Esse indicador inclui, inclusive, as máquinas e os equipamentos utilizados para a produção dos itens.

Claro, isso pode variar de acordo com tamanho, setor de atuação, localização e outros fatores.

Entretanto, a capacidade desse indicador está diretamente relacionada à produção. Ou seja, se a produção diminui, a ociosidade aumenta. 

Ao compreender a capacidade instalada, o gestor consegue fazer investimentos mais assertivos e otimizar a sua estrutura.

Se o negócio possui a produção baseada em fita de led, por exemplo, torna-se mais fácil identificar a quantidade de recursos que será distribuída no processo produtivo.

 

Vendas realizadas x oportunidades

Esse é um indicador que também auxilia o gestor a ter uma visão de fechamento das negociações.

Para isso, é importante medir a relação das vendas realizadas e as oportunidades existentes naquele período. 

Se esses índices forem acompanhados nas etapas do processo de negociação, o empreendedor conseguirá identificar as propostas existentes na sua estratégia de vendas.

Além disso, torna-se possível descobrir o motivo que levou o cliente a desistir do serviço.

Pense na seguinte realidade: o cliente desiste da compra logo no início do processo.

Provavelmente, o problema esteja a comunicação que os vendedores utilizam na abordagem.

Essa informação auxilia o departamento de marketing a traçar melhor suas decisões e alcançar resultados mais satisfatórios com base nessa realidade.

Por isso, é importante orientar também o setor vendas.

Em alguns casos, os vendedores abordam os cliente de maneira invasiva, querendo basicamente ‘’empurrar’’ o produto para ele. 

Por que investir em indicadores de resultados?

Para aumentar a eficiência e os resultados, não basta saber apenas o que significa o conceito, certo? É preciso compreender quais são suas atividades na empresa e administrá-las.

Além disso, os indicadores precisam ser aliados a sua estratégia de negócio. Caso contrário, você vai acompanhar muitos números que não dizem nada e ajudam na mesma proporção.

Então, identifique o objetivo da empresa e analise o momento que ela se encontra. Assim, a empresa consegue manter um fluxo de trabalho mais inteligente e eficaz. 

Os indicadores de desempenho são ótimas ferramentas para aumentar o número de vendas, o posicionamento da marca, diminuir a desistência da compra e tornar o ambiente de trabalho muito mais produtivo. 

Não existe fórmula mágica para saber quais indicadores necessários para o seu negócio, basta pesquisar quais são os mais adequados. 

E você, já utiliza os indicadores de desempenho na sua companhia? Conta pra gente!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.