Black Friday 2021: guia completo para preparar sua loja virtual!

Por Miriam Barros

Em 2020, tivemos a Black Friday mais digital da história. Diversas lojas, de grande, médio e pequeno porte aproveitaram a data para turbinar suas vendas e expandir digitalmente. Em apenas dois dias, a Black Friday superou a marca de R$ 4 bilhões em vendas totais.

Em 2021, a tendência é a Black Friday ser ainda maior e sua loja virtual deve começar a se preparar a partir de agora!

Além disso, diversas pesquisas já mostram a maturidade do consumidor no mundo digital, deixando de lado escolhas compulsivas para fazer boas compras e de maneira consciente. 

Como a data é conhecida por promoções, muitos aproveitam e guardam o dinheiro para a Black Friday. Pensando nisso, criamos este guia completo sobre a Black Friday 2021 e como se preparar para faturar bem mais!

Loja online gratuita Confere Shop

O que é a Black Friday?

A Black Friday surgiu nos Estados Unidos, sendo um dia após o famoso feriado do país, o Dia de Ação de Graças. Também acabou se tornando a data que marca o início das festividades do fim do ano e férias.

A origem ninguém sabe ao certo, mas histórias contam que a expressão apareceu após o final do século 19, após duas instituições financeiras terem ido à falência numa sexta-feira. 

Outra teoria sobre o nome diz que foi criado por policiais do estado americano da Filadélfia, na década de 60, após se referir ao dia após o feriado de Ação de Graças em que o trânsito se tornou uma grande confusão.

Graças a esse caos, diversos lojistas aproveitaram para fazer promoções arrasadoras para quem passasse por lá. Seja qual for sua origem, a Black Friday é um grande sucesso no mundo todo.

É uma data crucial para a economia americana e acabou sendo exportada para outros países, como o Brasil.

Em 2021, a Black Friday será no dia 26 de novembro. 

 

O que esperar da Black Friday 2021?

Se em 2020 tivemos a Black Friday mais digital da história, a tendência é 2021 bater essa meta.

De acordo com dados da pesquisa Seasonal Insights - Black Friday, encomendado pelo Facebook IQ e realizado pela Offerwise em 2021, os consumidores planejam gastar cerca de R$ 1,465,00 neste ano. Em 2020, esse valor era de R$ 504. Um grande aumento, não é mesmo?

A mesma pesquisa conta que 70% dos consumidores realizaram pelo menos uma compra na Black Friday de 2020 e 91% planejam realizar alguma compra em 2021.

Além disso, um dado importante que a pesquisa nos conta: 6 em cada 10 brasileiros já começam a planejar suas compras de Black Friday antes de novembro. E o que eles estão pretendendo adquirir?

Os produtos com maior intenção de compra são:

  • Roupas e acessórios;
  • Eletrônicos;
  • Celulares/smartphones;
  • Informática.

Ou seja, produtos de tecnologia são os mais lembrados pelos consumidores, mas entretenimento e cursos também estão entre os mais desejados.

Porém, mesmo com os consumidores planejando gastar mais, existem fatores que são extremamente importantes para a decisão de compra. Os mais citados pela pesquisa são:

  • Frete grátis;
  • Preço do produto;
  • Qualidade do produto;
  • Segurança/confiança no pagamento
  • Cupom de desconto;
  • Preço do frete.

Fatores importantes, não é mesmo? Então continue conosco para planejar sua loja e reverter essas possíveis objeções.

 

Quando é a Black Friday?

A data oficial da Black Friday para este ano é 26 de novembro de 2021. A data muda a cada ano, mas o dia da semana permanece o mesmo: a última sexta-feira de novembro.

No ano passado, os varejistas começaram as vendas da Black Friday mais cedo do que nunca para criar uma experiência de compra mais segura e evitar atrasos no envio devido à pandemia do coronavírus.

Esse ano o cenário já está um pouco diferente, mas a expectativa pelo grande volume de compras exige atenção de todos os empreendedores, pois sim, podem ocorrer imprevistos!

 

Como funciona a Black Friday?

Nos últimos anos, a Black Friday está se tornando um sucesso absoluto no Brasil. Diversas lojas aproveitam para fazer promoções realmente atrativas e conquistar novos clientes, assim como fidelizar os atuais.

Por algum tempo, a Black Friday teve a alcunha de “Black Fraude”, devido a grandes lojistas darem descontos falsos ou vendendo pelo preço de 2, 3 meses atrás.

O consumidor ainda tem isso fresco na memória e existem algumas objeções sobre a Black Friday. Mas, conforme as lojas entenderam a mecânica da data, adotam descontos e campanhas agressivas para conquistar os clientes.

Na última edição da Black Friday Brasil, foram realizadas 4,8 milhões de reais em compras, gerando lucro de R$ 3,2 bilhões. Um crescimento de 25% em relação ao ano anterior.

A edição de 2021 promete ser ainda maior. Várias lojas começaram seu planejamento ainda no meio deste ano, renovando o estoque e preparando as ofertas. Mas calma que ainda não é tarde para você começar!

 

Quais lojas vendem na Black Friday?

Praticamente todo o comércio brasileiro faz pelo menos alguma ação na data.

Lojas como Shopee, Amazon, Americanas, Magazine Luiza, O Boticário, Mercado Livre, farmácias, supermercados, lojas de roupas, cosméticos, perfumaria, etc.

A lista é gigante. Afinal, para muitos representa a época de maior venda do ano! Sua loja não deve ficar de fora, não é mesmo?

 

Quais são as cores da Black Friday?

Tradicionalmente, as cores da Black Friday são mais escuras, prevalecendo o preto, que remete ao nome (Black).

Claro que não tem uma regra única, mas para entrar no tema com tudo, você também pode pegar a cor da sua identidade visual e adotar um tom mais forte. 

Por exemplo, a Loja Americanas adota seu tradicional vermelho, alterando só o nome para Red Friday. Se sua loja tem um tom azul, vale apostar em um azul mais escuro, etc.

 

Diferença entre Black Friday, Black Week e Black Month?

Se você andou comprando na Black Friday 2020, com certeza ouviu os termos Black Week e Black Month. Mas ao que eles se referem?

A Black Friday é referente somente ao dia específico das promoções. Já a Black Week é a semana inteira de promoções. A ideia é pegar a semana da Black Friday e adotar promoções todos os dias.

Nem sempre é preciso fazer a Black Week, mas caso queira adotar a semana, é possível ter muitas vantagens e lucrar mais

A melhor estratégia é fazer descontos progressivos que vão ficando mais agressivos a cada dia, culminando na Black Friday. Já a Black Month é o mês de novembro inteiro de promoções, também utilizando estratégias mais agressivas para aumentar as vendas.

 

O que é Cyber Monday?

Cyber ​​Monday é um termo que se refere à primeira segunda-feira após a Black Friday. 

É um evento de compras online 24 horas que foi originalmente criado por empresas para incentivar as pessoas a fazerem suas compras online  por mais um dia. Agora é frequentemente considerado uma extensão das vendas da Black Friday.

A Black Friday e a Cyber ​​Monday evoluíram para um único megaevento de vendas que dura uma semana inteira (às vezes até mais). 

Todas as datas devem ser aproveitadas para aumentar suas vendas na Black Friday. Agora, vamos colocar a mão na massa e começar a preparar sua loja virtual para vender ainda mais durante este período!

Nova call to action

Como se planejar para a Black Friday 2021?

Para fazer boas promoções durante a Black Friday 2021, é preciso bastante planejamento desde já.

Para começar, é essencial entender o seu mercado, os preços dos produtos, sua margem de lucro e o valor do desconto que realmente consegue oferecer, sem prejudicar a saúde financeira do seu negócio.

O seu site também terá um grande volume de visitantes, por isso é preciso cuidar da parte de infraestrutura também, que iremos abordar no próximo tópico.

Comece seu planejamento para a black friday com as seguintes dicas:

 

Faça descontos de verdade na Black Friday

Escolha somente produtos que realmente entrarão na promoção e coloque descontos de verdade. Por muitos anos, a Black Friday no Brasil ficou conhecida por produtos pela “metade do dobro”, pois lojas aumentavam preços antes da data e ofereciam pelo preço padrão no dia.

Pode parecer uma ótima ideia mas, só afasta o cliente. Agora, mais ainda, quando as pessoas procuram pesquisar bastante antes de fazer as compras.

 

Planeje suas campanhas desde já

Você não pode esperar que as pessoas simplesmente tropecem por acaso em sua loja na Black Friday. Você tem que ser criativo e chamar a atenção dos potenciais clientes.

O planejamento é a base de uma estratégia de vendas bem-sucedida de Black Friday. Pense no seu plano de divulgação: quem você vai atingir? Quais canais usará para alcançar esse público? Que ofertas irresistíveis fará? Quando suas campanhas promocionais irão ao ar? 

Seu objetivo final é vender, claro. Responder a essas perguntas o ajudará a construir um plano de ação claro e passo a passo que o levará a essa meta. Improvisar nunca é um bom plano.

Pesquisar sua concorrência também faz parte da fase de planejamento. A última coisa que você deseja é oferecer uma oferta que seja menos atraente do que seus principais concorrentes.

 

Prepare táticas para gerar urgência

A Black Friday é conhecida por ser a data onde aquele preço estará disponível só por aquele período. É o famoso “agora ou nunca”.

Para gerar urgência no seu site, certifique-se de configurar os cronômetros de contagem regressiva em um local de destaque em sua loja para provocar um senso de urgência e fazer com que seus clientes em potencial comprem agora (ou se arrependam depois).

Além disso, lembre-se de planejar seu marketing de conteúdo, anúncios, campanhas nas redes sociais, páginas dos produtos, postagens de blog e códigos de desconto com bastante antecedência para ter tudo pronto para a grande data

 

Crie planos de ações urgentes

Como sua loja irá receber um grande volume de visitas, é importante estar preparado para situações difíceis. É necessário preparar-se para os atrasos na entrega, cupons que não funcionam, checkout sobrecarregado, etc.

Pense nos piores cenários e crie planos de contingência sempre que possível. É muito mais fácil lidar com o planejamento agora, em vez de solucionar o problema no meio do maior fim de semana de vendas do ano.

 

Conheça o consumidor

Saber quem é seu cliente é essencial em qualquer época do ano. Na Black Friday se torna algo mais importante ainda. Afinal, o comportamento durante essa data muda drasticamente, como os dados mostrados acima comprovam.

Faça uma pesquisa dos produtos mais desejados e aposte neles para aumentar suas vendas, atendendo ao desejo dos consumidores!

Confere Shop loja online grátis

Como preparar sua loja para a Black Friday?

Além das dicas de preparação de vendas prévia, também é preciso redobrar o cuidado com a sua loja antes e durante a Black Friday.

É preciso priorizar uma boa experiência do usuário e de compra, priorizando entregas mais rápidas, possibilidade de retirada em ponto físico, métodos de pagamentos diferenciados (como Pix) e um checkout seguro.

Mas não só isso. Vamos às dicas para preparar sua loja para o mês da Black Friday!

 

Otimize sua loja para mobile

A estimativa é que as vendas de comércio eletrônico móvel representem 54% do total das vendas de comércio eletrônico até 2021. Sim, espera-se que mais da metade das compras online sejam feitas em dispositivos móveis! 

Com a aproximação da Black Friday, você com certeza perderá muito dinheiro se sua loja não for otimizado para mobile. 

Apostar em um design ágil da web e para para dispositivos móveis é a chave para evitar que os visitantes não comprem no seu site.

 

Tenha CTA’s claros

Quando os clientes navegam até o carrinho de compras, a próxima etapa que você deseja que eles realizem deve ser aparente. Oriente os usuários a darem a próxima etapa no processo de compra com uma frase de chamada para ação (CTA) clara.

Muito provavelmente, seu CTA no carrinho de compras incentiva os usuários a finalizar a compra e concluir a compra. 

No entanto, seu CTA também pode incentivá-los a continuar comprando, para que adicionem mais itens ao carrinho e ganhe frete grátis. 

 

Inclua produtos para upsell

Complementando a dica anterior, faça mais vendas de maneira eficaz, recomendando produtos relacionados aos que estão nos carrinhos de compras dos usuários. 

Por exemplo, se alguém tiver um colar em seu carrinho de compras, faça uma venda cruzada exibindo anéis, pulseiras que combinam, etc. Isso ajuda a aumentar o valor do ticket médio do pedido, ao permitir que os clientes adicionem mais itens ao carrinho antes de comprar.

É algo especialmente eficaz durante as compras, já que muitas pessoas aproveitam a Black Friday para comprar presentes de Natal, por exemplo.

 

Coloque todo o site em tema de Black Friday

Pense em entrar em uma loja física no Natal: o esperado é que toda loja esteja dentro do tema, certo? Na Black Friday, sua loja virtual também deve colocar o tema da data, para que os próprios clientes saibam identificar

O ideal é adotar uma identidade visual única para a data, colocando as cores da Black Friday, que são tons mais escuros, como preto, vermelho, marsala, etc.

Como anunciar uma promoção de Black Friday nas redes sociais?

Agora que sua loja está pronta para receber os compradores, é hora de pensar na estratégia de divulgação. Na Black Friday, vale ser até um pouco mais agressivo que o usual, adotando descontos bem chamativos (dentro dos limites do seu negócio).

Como cada formato pode (e deve!) ser explorado no máximo de seu potencial, separamos este guia por cada canal: redes sociais, e-mail marketing e por anúncios.

Para começar, vamos mostrar como anunciar uma campanha de Black Friday nas redes sociais.

 

Prepare seus perfis

Ao planejar sua estratégia de mídia social, é sempre bom começar com seus perfis. 

Otimize seus perfis para garantir que todas as fotos de perfil, banners, biografias, descrições e links sejam atualizados para anunciar suas promoções da Black Friday .

Aqui estão algumas ideias de otimização:

  • As fotos de capa e perfil são a primeira coisa que as pessoas notam em seus perfis. Crie um personalizado para cada um de seus perfis para promover sua venda colocando no tom da Black Friday.
  • Atualize sua biografia para incluir um link direto para sua página de destino dedicada à Black Friday .
  • Durante todo o período promocional, faça sempre postagens com descontos e melhores produtos para aproveitar.

 

Crie senso de urgência nos posts

A maioria dos compradores tem um senso natural de urgência durante a Black Friday.

Uma maneira simples, mas eficaz de criar um senso de urgência nas redes sociais (e em qualquer lugar) é espalhar palavras relacionadas ao tempo ou à escassez em todo o seu conteúdo de mídia social. 

Palavras como “hoje” ou “agora” levam as pessoas a pensar que algo está com oferta limitada e incentivam os consumidores a agir imediatamente.

Outros exemplos de palavras-gatilho relacionadas ao tempo para inserir em seu conteúdo incluem:

  • Compre agora;
  • Por tempo limitado;
  • Economize hoje;
  • Limite de até X no estoque;
  • Só hoje.

Mas, moderação é a chave para o sucesso. Teste algumas frases e veja o que funciona para você. Tome cuidado para não bombardear seu público com constantes discursos de vendas.

 

Crie guias de compras e presentes

Como citado acima, a Black Friday também é o momento onde muitos aproveitam para comprar presentes de Natal.

E verdade seja dita: escolher presentes para amigos e familiares é sempre um desafio. 

Você pode tornar a tarefa mais fácil para seus clientes criando uma série de guias de presentes de produtos dentro da sua loja.

Digamos que você tenha uma loja online que vende itens de vestuário e itens de decoração. Você pode criar guias em formato de carrossel, que incluam seus produtos, como “Os melhores presentes para quem ama Harry Potter”.

 

Planeje-se com antecedência

No mundo acelerado das redes sociais, o tempo é tudo. Um post oportuno pode fazer grande diferença nas suas vendas.

Quando você está preparando uma campanha de Black Friday, é sempre bom começar cedo, planejar os conteúdos, criar e agendar suas publicações com bastante antecedência.

Existem diversas ferramentas para ajudar nessa tarefa e outras que ajudam a organizar suas redes sociais, como mostramos neste artigo.

 

Não esqueça das hashtags

Várias pessoas pesquisam em todo lugar ofertas da Black Friday. Nas redes sociais, as hashtags são uma das melhores maneiras de fazer com que todos saibam sobre suas ofertas. 

O uso de hashtags populares permitirá que você exiba suas coisas para um público ainda mais amplo. 

Pesquise #BlackFriday e veja que outras hashtags lojas populares estão falando.

Planilha gratuita planejamento estratégico

Como divulgar as promoções de Black Friday por e-mail marketing?

Uma coisa é certa: se você quiser se destacar entre milhões de outras empresas que realizam promoções da Black Friday e Cyber ​​Monday, você precisará fazer uma estratégia de e-mail marketing eficaz.

Existem várias coisas que você pode fazer para aumentar suas vendas:

 

Capriche no assunto

A maioria das caixas de entrada será inundada com materiais promocionais nos dias que antecedem a Black Friday e a Cyber ​​Monday, além do volume surreal durante o dia.

Se o assunto não cativar seu público, eles irão deletar seus e-mails.

Existem várias maneiras de construir um assunto que chame a atenção. Você pode usar o humor, fazer uma pergunta ou prometer uma lista de itens úteis (ou ofertas, neste caso). 

Você também pode se concentrar no limite de tempo de sua oferta promocional ou na emoção de grandes eventos como a Black Friday e a Cyber ​​Monday.

É importante também ficar de olho no comprimento, pois as versões móveis da maioria das caixas de entrada exibem apenas 25-30 caracteres da linha de assunto de um e-mail.

Dica: nunca escolha apenas o primeiro assunto que vier à mente. Em vez disso, faça um brainstorm de 5 a 10 assuntos possíveis para cada e-mail. Você pode escolher o primeiro, mas é sempre bom ter várias opções.

 

Seja objetivo e mantenha o foco na promoção

Cada frase que o seu público precisa ler precisa ser um motivo potencial para que eles acessem sua loja e façam uma compra. Idealmente, você deseja manter o texto do e-mail entre 50 e 125 palavras, sendo o mais objetivo possível.

No entanto, seu texto ainda deve explicar o que você está oferecendo, por que as pessoas devem aproveitar essa oferta agora e por quanto tempo a oferta está disponível. 

Vale apostar em cupons de desconto e lista de produtos com preço antes e depois da promoção.

 

Crie chamadas para ação atraentes

A parte mais importante de qualquer campanha de e-mail marketing é a chamada à ação. É quando você diz ao leitor o que ele deve fazer.

Uma boa chamada para a ação é concisa, fácil de entender e visível. Se houver alguma confusão, a maior parte do seu público simplesmente irá ignorar sua mensagem.

Uma ótima maneira de fazer isso é colocar sua frase de CTA em um botão com uma cor que contraste com o plano de fundo do e-mail. 

 

Crie campanhas segmentadas e personalizadas

Personalização é uma das chaves mais poderosas das campanhas de e-mail marketing. Por isso, é preciso dedicar para criar campanhas segmentadas e com mensagens únicas para cada público selecionado.

O exemplo mais comum disso é o e-mail do carrinho abandonado, ele só irá para quem colocou o produto no carrinho e não finalizou a compra. Mas você também pode configurar outras campanhas personalizadas para a Black Friday. 

Por exemplo, se alguém comprou um determinado item, você pode enviar uma campanha com foco em descontos para itens relacionados.

Esse tipo de personalização é sutil, mas poderosa. Para criar essas campanhas, você precisará dividir sua lista em segmentos, que podem ser por comportamento, últimas compras, gênero, etc. As possibilidades são infinitas.

 

Aposte no senso de urgência

Isso pode parecer repetitivo, mas é uma tática de psicologia de marketing que realmente funciona. A Black Friday e a Cyber ​​Monday tratam de compras urgentes e a pressa entra em ação.

Os melhores e-mails da Black Friday usam textos e imagens que geram um senso de urgência, ajudando a melhorar as taxas de abertura e cliques.

Concentre seu texto em prazos e gatilhos de escassez, como:

  • “O tempo está se esgotando” ou “Compre antes que acabe”
  • “Termina amanhã” ou “Está quase no fim”
  • “Última chance” ou “Enquanto durar o estoque”
  • “Restam apenas N dias” ou “Restam apenas N produtos”

Planilha gratuita controle de estoque

Como fazer anúncios de Black Friday?

Por fim, e não menos importante, vamos mostrar como fazer anúncios de Black Friday para bombar suas vendas através deste canal.

Para os anúncios, você deve:

 

Selecionar o público-alvo

O primeiro passo para fazer anúncios de Black Friday com sucesso começa em definir seu público-alvo. Você deve conhecer seu público-alvo para ajudá-lo a criar campanhas que tenham impacto para eles.

A segmentação é parte essencial dentro da publicidade paga online. Então, como você define seu público-alvo?

Observe sua base de clientes atual. Que tipo de pessoa compra produtos da sua empresa? Observe informações como:

  • Demografia (onde eles estão localizados);
  • Hábitos de compra (o que costumam comprar);
  • Hobbies;
  • Status socioeconômico, entre outros.

Essas informações ajudam a criar buyer personas. As personas são as representações das pessoas com maior probabilidade de se interessar pelos seus produtos ou serviços. Criar essas personas permite que você direcione esses leads interessados ​​com precisão.

Ao conhecer seu público-alvo, você terá melhores resultados com sua campanha de anúncios pagos.

 

Defina o orçamento

O orçamento é uma parte crucial da publicidade paga, pois você deve ter fundos para manter seu anúncio em exibição. Você deve ter um orçamento em vigor para saber quanto pode gastar em seus anúncios pagos.

Não há um valor mínimo definido que você deve ter para fazer anúncios online. Plataformas, como o Google, trabalharão dentro do orçamento previsto e ajudarão você a definir como investir seu dinheiro.

Você pode definir um orçamento de R$ 500 ou R$ 3.000. O valor fica a seu critério. É importante observar, no entanto, que o valor que você gasta em sua campanha afetará o sucesso dela. 

Se você gastar apenas R$ 500, as chances de vender são menores do que com uma campanha com orçamento mais robusto.

 

Anúncios de remarketing

A maioria das pessoas costuma entrar na sua loja, mas não toma nenhuma ação de fato, como comprar.

Você pode pensar que perdeu esses visitantes, mas com os anúncios de remarketing, você pode mostrar sua marca para essas pessoas novamente e convencê-las a comprar seus produtos.

Com o Google, com o uso de um pixel de rastreamento, você pode rastrear anonimamente as pessoas que visitam seu site. A partir desse ponto, você pode gerar um anúncio para alcançá-los nos sites que eles visitam.

Você também pode veicular anúncios de retargeting por meio do Facebook. Com a instalação do pixel do Facebook. É uma ótima forma de reconquistar o seu público e fazê-los pensar sobre o seu negócio.

Mas a mensagem deve ser clara: você está dando uma nova oportunidade para quem entrou na sua loja.

O que fazer depois da Black Friday?

Depois da Black Friday, vem a Cyber Monday já citada e também outra data super importante para o comércio: o Natal!

Se você também planeja aproveitar a data para vender mais, é preciso emendar a Black Friday com os preparativos para o fim do ano. É hora de rever o estoque para estar preparado, planejar as promoções e adotar as mesmas estratégias citadas aqui.

Depois do Natal, ainda tem mais data especial. No dia 26, acontece o Boxing Day. Essa liquidação também veio dos Estados Unidos, mas ocorre no Brasil já desde 2011.

Como a Cyber Monday, esse é um dia dedicado a acabar com as mercadorias remanescentes do Natal. A proposta é a mesma que a de todos esses eventos, oferecer descontos agressivos aos clientes.

Baixe o guia da Confere para a Black Friday 2021!

Se você gostou das nossas dicas acima, tem muito mais esperando por você no nosso e-book gratuito de Black Friday!

Neste e-book, você vai aprender mais sobre:

  • Porque investir na Black Friday;
  • Como preparar seu negócio para a data;
  • Passo a passo para planejar sua participação na Black Friday;
  • Erros que você não pode cometer;
  • E outras datas comemorativas importantes.

Baixe agora o guia e boa sorte nas vendas! Conte com a Confere para arrasar na Black Friday.

Planilha gratuita planejamento de conteúdo

Este texto foi escrito por Luiza Cristina Sousa.