Como calcular o lucro de uma empresa

Por Miriam Barros

A rotina de quem deseja empreender não é simples e todos nós sabemos disso.

Essa realidade ganha um peso ainda maior para pequenos empresários, que estão sempre batalhando para ver seu negócio crescer e gerar lucro de fato.

Para que uma empresa consiga obter sucesso e bons resultados, é necessário trabalhar todas as áreas que envolvem seu processo produtivo, desde o cuidado com cada etapa de suas atividades operacionais, até o relacionamento com seus colaboradores.

Além de cuidar de diversas instâncias, o profissional que se dedica apropriadamente consegue dominar as dificuldades propostas pelo empreendimento e enxergar resultados através de seus esforços.

Para isso, é necessário saber como calcular o lucro da própria empresa - só assim é possível gerenciá-la de forma efetiva.

Porém, apesar de parecer óbvia a necessidade de aprender a realizar esse cálculo, muitos empresários não sabem como fazê-lo.

A falha nesse cálculo está atrelada, muitas vezes, à falta de domínio de informações corretas relacionadas ao seu próprio negócio.

E essa falta pode acarretar em grandes riscos para a vida da empresa.

Com o intuito de ensinar como calcular o lucro de uma empresa, escrevemos essa publicação que vai trazer conceitos e estratégias que podem ser usadas no seu negócio. Vamos lá? #ConfereAi!

Experimente Confere PRO

A definição de Lucro

Lucro consiste no retorno positivo de um investimento feito em uma empresa, independente de sua área de atuação.

O prejuízo, no caso, seria o contrário do lucro, ou seja, o retorno negativo.

Para conhecer o lucro de uma empresa, é necessário calculá-lo a partir do investimento de recursos nela, a partir da quantia gasta e o resultado alcançado no final.

É importante lembrar que o lucro é calculado a partir do preço de venda de um produto, e não do seu custo.

Por exemplo, se você compra um produto a R$10 e vende ele a R$50, você não está tendo 500% de lucro. 

Nesse caso, seria correto afirmar que o lucro foi de 80% devido a parcela da venda obtida como retorno líquido do investimento feito no produto.

Experimente Confere PRO

Lucro líquido x Lucro bruto

São muitos gastos que a empresa precisas arcar além dos custos diretos com o produto. 

Para manter todo o funcionamento de seus processos, é necessário arcar com outros custos como contas de água, internet, energia, gás, telefone, aluguel, impostos, materiais de limpeza, materiais para o escritório, enfim...

Se você parar para colocar no papel todos os seus gastos, vai perceber que vão muito além do que é usado na compra de produtos.

Por isso, é necessário diferenciar os dois tipos de lucro que existem em um negócio e saber como calculá-los.

 

Lucro bruto

Para calcular o lucro bruto, é necessário subtrair o custo dos produtos vendidos das receitas totais.

As receitas totais representam o resultado geral das suas vendas.

Se você trabalha revendendo produtos, esse custo é o valor de compra das suas mercadorias.

Caso você produza seu próprio produto, esse valor representa os insumos que foram comprados para a fabricação de seus produtos (exemplo: carne, pão, queijo, verduras para uma lanchonete).

O cálculo, então, é feito da seguinte forma:

VENDAS DO PERÍODO - CUSTO DAS MERCADORIAS = LUCRO BRUTO

 

Lucro líquido

No cálculo do lucro líquido, o profissional precisa levar em conta as despesas fixas e variáveis que precisam ser pagas para que a empresa siga em pleno funcionamento.

Alguns exemplos foram os que citamos anteriormente: custos com conta de água, gás, energia, internet, materiais e afins.

O cálculo do lucro líquido é feito da seguinte forma:

LUCRO BRUTO - DESPESAS (FIXAS E VARIÁVEIS) = LUCRO LÍQUIDO

 

Planilhas

Calcule o lucro da sua empresa

Existem algumas formas de calcular o lucro da sua empresa efetivamente. Algumas, porém, levam mais tempo do que outras. 

Sabemos que os resultados de lucro bruto e lucro líquido são diferentes. Para calcular o lucro de uma empresa, a grosso modo, é necessário subtrair as despesas da receita.

Todos os controles e cálculos relacionados ao financeiro da sua empresa podem ser feitos à mão.

Porém, a automação de processos tem se tornado uma realidade cada vez mais presente no mundo empresarial, porque é através dela que conseguimos economizar tempo e tornar ágil e assertiva a rotina da empresa.

Para ajudar o cálculo do lucro de pequenas e médias empresas, a Confere oferece uma plataforma de fluxo de caixa totalmente gratuita.

Nela, você consegue cadastrar suas despesas fixas, variáveis, custo de produtos e todos os lançamentos necessários, sejam eles entradas ou saídas.

A plataforma também calcula seus principais indicadores financeiros, aqueles que são necessários para entender os gastos e ganhos reais da empresa.

Alguns indicadores calculados são: margem de contribuição, resultado operacional e ponto de equilíbrio.

Você pode se cadastrar gratuitamente e começar a usar a plataforma agora mesmo!

New call-to-action

A importância de calcular o lucro da sua empresa

O cálculo do lucro de uma empresa, como já falamos, faz parte de uma gestão financeira eficiente.

E é a gestão financeira que vai determinar o sucesso ou fracasso de uma empresa.

Não acompanhar os principais indicadores do seu negócio é um tiro no pé, por fazer empreendedores acreditarem, muitas vezes, em um cenário que é irreal.

Por exemplo: não adianta ganhar rios de dinheiro se os gastos forem excessivos. Assim, o lucro não vai sequer existir.

É com o cálculo do lucro que o empreendedor consegue validar sua margem de ganhos e a rentabilidade da sua empresa.

A partir desses conceitos, o profissional pode encontrar possibilidades de investimento, ou necessidades de corte de gastos por exemplo.

Apenas uma boa gestão financeira vai ser capaz de entregar um cenário palpável para o empresário.

A partir dele, será possível traçar planos, metas e ações plausíveis que estejam de acordo com a realidade da empresa.

Por isso, se você ainda não acompanha de perto a gestão financeira do seu negócio, chegou a hora de colocar a mão na massa. Comece organizando corretamente o seu fluxo de caixa.

A partir dele, você vai identificar diversos indicadores que vão te ajudar nas tomadas de decisão!