Veja como criar uma vitrine virtual em 9 passos e aumente suas vendas!

Por Miriam Barros

Pense em uma loja física. Uma vitrine é criada com luzes, móveis, manequins e peças de destaque – tudo bem arquitetado para atrair potenciais clientes e aumentar a conversão de vendas compras. E, para o mercado virtual, esse objetivo não é diferente.

Ou seja: uma loja online precisa encontrar as melhores maneiras de expor e divulgar seus produtos para conquistar o consumidor que navega na internet. 

Assim, seu e-commerce precisa ter uma vitrine virtual atraente, que pode ser compartilhada com os consumidores, lhe auxiliando a ter ótimos resultados no comércio digital.

Nesse artigo, te ensinamos como criar uma vitrine virtual para a sua loja online e a importância dessa estratégia para o marketing do seu negócio.

Continue lendo!

Loja online gratuita Confere Shop

O que é uma vitrine virtual?

Uma vitrine virtual pode ser construída de diferentes formas: 

  • Como um espaço exclusivo dentro do seu site com produtos de destaque;
  • Como um catálogo online que você pode compartilhar nas redes sociais, no qual são expostos produtos de maneira estratégica;
  • Como um link de pedido que pode ser divulgado para os seus clientes no WhatsApp e melhorar suas experiências de compra.  

Por meio dessa vitrine virtual, você poderá escalar as vendas dos produtos mais vendidos de seu e-commerce, uma nova coleção de seu e-commerce de sua loja de roupas, promoções ou até mesmo itens que precisam girar melhor no seu estoque.

Em um cenário competitivo, no qual o e-commerce apresenta altos números de crescimento, é importante investir em estratégias para impactar os consumidores à primeira vista.

Para termos uma ideia, de janeiro a março deste ano, por exemplo, o comércio virtual teve um faturamento de R$ 25,2 bilhões em vendas.

Vale lembrar que, além de conter a descrição dos produtos e o preço, a vitrine funciona como um mostruário que será a porta de entrada para a jornada de seu cliente. Por isso, questões como a identidade visual são essenciais.

Se você já tem um catálogo impresso e pretende investir em uma vitrine digital, trabalhe as fotos, fontes e cores para poder gerar novas vendas.

Por que você precisa ter uma vitrine digital em seu e-commerce?

e-commerce se expande no Brasil rapidamente, e com ele mais oportunidades e ferramentas emergem para trazer resultados para um negócio digital.

Para termos uma noção, nesse ano, o comércio digital bateu recordes de expansão e, já em 2020, o comércio digital tinha crescido 43%.

Esses dados mostram que mais consumidores estão dispostos a comprar pela internet enquanto mais lojas migram ou já nascem no ambiente digital. 

Ou seja, o público tem aumentado, assim como a concorrência. Por isso, para sua loja se destacar, diversas estratégias podem ser adotadas.

E tudo isso com foco na experiência do usuário

Quanto mais rápido seu site carregar, mais intuitivo estiver, maiores serão as chances de manter o visitante e levá-lo a completar o ciclo de compra.

A vitrine digital, por sua vez, faz parte deste hall de estratégias

Planilha gratuita planejamento de conteúdo

9 passos para para criar uma vitrine virtual

A vitrine virtual, se bem implementada, será um dos pilares das ações de marketing digital para a sua loja.

Com um bom planejamento estratégico, sua loja virtual consegue se relacionar melhor com o público, fidelizar clientes e, consequentemente, manter a saúde financeira do negócio.

Sendo assim, sem mais demora, veja como criar uma para o seu e-commerce!

 

#1. Pense estrategicamente 

Como dito anteriormente, as lojas devem utilizar as vitrines de forma estratégica.

Por isso, pense na criação de vitrines ou catálogos online que gerem valor e potencializem as possibilidades de conversão comercial em seu e-commerce. 

E gerar valor significa, justamente, mostrar o que diferencia seu produto dos outros, por que as pessoas deveriam comprá-lo, qual necessidade ele supre.

 

#2. Atenção a descrição dos produtos

Diferentemente de uma compra numa loja física, quando se compra por um e-commerce o apelo dos produtos não está na experimentação, mas nas informações que suprem as dúvidas dos clientes.

Portanto, para não perder a oportunidade de vender pela internet, disponibilize todas as informações pertinentes à compra antes de criar uma vitrine virtual ou catálogo.

Dessa forma, você ajuda o consumidor a verificar: 

  • O tamanho de peças no caso de uma loja de roupas;
  • Detalhes técnicos de produtos;
  • Marcas;
  • Prazos de garantia e de entrega;
  • Custos de envio e avaliações de outros consumidores. 

Tais dados o deixarão mais confiante para finalizar a compra e não abandonar o carrinho.

 

#3. Cuidado com fotos genéricas

Comumente, lojas virtuais usam fotos de banco de imagens para representar seus produtos. Apesar de muitas estarem em boa qualidade, elas não passam confiança.

Imagina entrar em diversas lojas e ver a mesma foto. Por isso, uma atenção especial deve ser dada às suas fotos do catálogo. Pense em como contextualizá-las, e demonstrar os possíveis usos.

 

#4. Busque uma plataforma de loja online gratuita

Para criar uma vitrine virtual de produtos grátis para a sua loja virtual, o caminho ideal é investir em uma plataforma gratuita para seu negócio.

Na Confere, por exemplo, além de dispor de recursos para compartilhar um catálogo e links de pedidos de modo ágil, você conta com outra série de vantagens para potencializar seus resultados.

Confira os benefícios que a Confere SHOP oferece para você:

  • Você poderá fazer a distribuição de seus produtos nos principais canais logísticos do país;
  • Configurar uma loja com usabilidade e identidade visual atrativas;
  • Contar com os principais meios de pagamento do e-commerce;
  • Divulgar seus canais de contato nas redes sociais e ter integração para vendas no Instagram e Facebook;
  • Dispor de ferramentas de gestão financeira, fluxo de caixa e conciliações bancárias.

Isso sem falar que, com a Confere, você abre sua loja em apenas 3 minutos!

 

#5. Crie um link de pedidos

Em seguida, para ofertar diferentes itens para os seus clientes pela Confere, crie um link de pedidos.

Você poderá compartilhar o pedido de vendas como um catálogo virtual para efetuar uma venda nas redes sociais ou WhatsApp

Após receber a mensagem do cliente com o pedido, basta selecionar o(s) produto(s) e a(s) quantidade(s) na plataforma e em seguida compartilhar.

Com os itens e a quantidade no carrinho, salve a compra e copie o link de seu navegador. 

Assim, o consumidor só precisará incluir o frete de sua residência e finalizar a compra.

 

#6. Kits de Pedidos

Caso possua algum produto que costuma vender bastante, você também poderá deixar o link pré-pronto para futuras compras.

Uma dica é salvar os links com o nome “kit de produtos A”, para que o processo fique ainda mais fácil e você crie diferentes catálogos e pedidos de venda, de acordo com sua necessidade.

 

#7. Confira todos os dados

Antes de encaminhar o link para o cliente, confira se todos os dados estão corretos. Por exemplo, cor do produto, quantidade e modelo.

 

#8. Compartilhe com seus clientes e aumente suas vendas

Envie para seu cliente o link do carrinho. Isso pode ser feito por meio de qualquer rede social ou e-mail. Pronto! 

Sem dúvidas, as chances de fechar uma venda a partir desse simples processo serão muito mais significativas.

 

#9. Meça os resultados

Após aplicar uma estratégia baseada no uso de vitrines virtuais, é interessante criar métricas para acompanhar o desempenho da ação.

Definir um KPI (indicador chave de performance) é importante para saber o que será analisado: cliques, vendas, tráfego, etc.

Com isso, você poderá medir a eficácia do seu planejamento com dados concretos e aumentar a assertividade do marketing de sua loja virtual.

Nova call to action

Bônus: 3 dicas para não errar na hora de montar sua vitrine

Com as dicas anteriores e a disponibilidade de uma plataforma, como a Confere Shop, que oferece layout responsivo e personalizado, fica difícil não errar.

Contudo, para garantir o sucesso da sua vitrine virtual e do seu e-commerce, listamos três dicas para te ajudar a impulsionar as vendas e evitar erros.

 

#1. Acompanhe com precisão seu estoque

Pode até parecer uma dica básica, mas é um fator que precisa ser reforçado. O controle de estoque deve ser uma prática constante.

A oferta de um produto pode criar expectativas, e seu consumidor pode ficar desapontado com ofertas indisponíveis.

Por isso, sempre sinalize a falta de algum produto e informe seus consumidores do tempo previsto para reposição.

 

#2. Mantenha as informações organizadas

Ao montar sua vitrine virtual, tenha objetividade e clareza com as informações visuais e textuais.

O objetivo, afinal de contas, é facilitar uma venda, e não deixar seu cliente confuso com dados pouco claros ou um layout desorganizado.

Para fugir dessa armadilha, faça testes e veja quais modelos de vitrine são mais eficientes para sua loja virtual.

 

#3. Diversifique suas vitrines

A vitrine virtual é uma estratégia para  aumentar as vendas, dar visibilidade a produtos, categorias, tendências e mais.

Não esqueça, então, de contar com diferentes vitrines que podem ser pré-criadas e atualizadas para facilitar a experiência de seu cliente

Com essa atualização, seus clientes frequentes vão conhecer mais dos seus produtos e os novos vão ser conquistados com a diversificação!

Conclusão: colocando em prática

Sem dúvidas, uma vitrine virtual é uma ótima estratégia para que sua loja ganhe destaque, permitindo, inclusive, o compartilhamento entre clientes de links de pedidos.

Há várias maneiras de pensar a disposição e os kits de produtos de suas vitrines – os layout personalizados da Confere Shop te ajudam com isso!

Portanto, lembre-se de cada dica deste artigo, inove com a criação de uma vitrine virtual e acompanhe seus resultados para crescer de modo estratégico!

Confere Shop loja online grátis

Este texto foi escrito por João Barros.