Saiba tudo sobre como fazer propaganda no Facebook para vender mais!

Por Miriam Barros

Dado o vasto número de usuários do Facebook, fazer propaganda na rede para alcançar clientes em potencial e aumentar o engajamento com a marca para vender mais é um investimento inteligente.

Falando em números, quase dois terços dos usuários de internet estão na plataforma, o que a mantém no status de rede social mais popular.

Em 2019, uma pesquisa revelou que 44% dos consumidores ouvidos tinham seu comportamento de compra influenciado pelo Facebook.

Dentro desse contexto, o Facebook pode ser uma ferramenta essencial dentro de uma estratégia de marketing para o e-commerce. 

E, por falar no comércio virtual, também em 2019, o e-commerce brasileiro cresceu 22,7%, faturando 75 bilhões de reais.

Quando comparamos esses números com os dados atuais, as expectativas são ainda mais positivas. 

Só de janeiro a março deste ano, por exemplo, o comércio digital faturou 25,2 bilhões de reais em vendas.

Assim, para as lojas virtuais aproveitarem o "boom" do e-commerce, um bom plano de marketing que envolva estratégias de propaganda no Facebook precisa ser traçado.

Afinal, como todo investimento, para que o retorno seja positivo e atinja as metas, seus anúncios precisam ser consistentes e implementados inteligentemente.

Acompanhe a leitura para entender mais sobre como a plataforma do Facebook funciona e como ações de propaganda podem gerar mais vendas no e-commerce!

Loja online gratuita Confere Shop

Por que fazer propaganda no facebook?

Como dito anteriormente, o Facebook é uma rede social muito popular em todo o mundo.

Logo, seu alto número de usuários faz com que as marcas possam colher bons frutos com publicidade.

Não por acaso, só no quarto trimestre de 2020, as propagandas no Facebook alcançaram uma receita mundial de 27 bilhões de dólares.

Além disso, 26% dos usuários da rede social afirmaram ter completado o ciclo de compra após clicar em uma propaganda no Facebook.

Com tantos números positivos, separar uma porcentagem dos investimentos de marketing da sua empresa para a rede pode ser uma excelente estratégia

Além dessas vantagens, podemos destacar também a facilidade de criar um anúncio ou promover uma publicação.

Todo o processo é intuitivo, possibilitando que até aqueles com baixa experiência consigam realizar uma ação de marketing promocional na plataforma.

O valor baixo de investimento para criar uma propaganda no Facebook também é outro ponto que chama atenção para a ferramenta e potencializa as chances de retorno sobre as  vendas geradas a partir da rede.

Ademais, a ferramenta disponibiliza uma série de alternativas importantes de segmentação, como: 

  • A escolha do público-alvo; 
  • Localização; 
  • Análise de interesses e perfil do consumidor; 
  • Além da opção de programar e escolher a aparência do anúncio.

Nova call to action

Passo a passo: como fazer propaganda no Facebook 

As redes sociais têm sido um canal muito promissor para lojas virtuais, que desejam captar novos consumidores e fidelizar clientes.

Com a facilidade de criação de postagens e rápida viralização, em questão de minutos, marcas conseguem alcançar mais pessoas, aumentar a credibilidade e gerar vendas.

E, ao passo que o  e-commerce cresce, a concorrência fica também mais acirrada. Um mesmo produto acaba sendo ofertado por diversas lojas online. 

Portanto, somente ter um perfil não é o bastante para se destacar no meio desse ecossistema digital. 

Consequentemente, as postagens orgânicas sozinhas, dificilmente, são suficientes para alcançar um vasto número de potenciais clientes.

Neste sentido, os investimentos em marketing devem passar por uma estratégia bem desenhada de propaganda no Facebook.

Veja 5 passos para criar ações assertivas e colher todos os frutos que a plataforma oferece!

 

#01. Planejamento e objetivo

Toda ação precisa de um planejamento de marketing digital consistente e claro o suficiente para guiar todas as etapas de maneira objetiva.

Mesmo que sua loja virtual possua investimento de sobra para propagandas, a fonte vai secar se o objetivo não estiver claro.

Neste sentido, pense primeiro qual é o intuito de criar aquela campanha: aumentar as vendas, expandir a marca, criar presença digital, conectar-se com novas audiências?

Responder a essas perguntas é fundamental posto que, para cada estratégia, há uma gama diferente de indicadores e KPIs a serem analisados.

Com o foco em mente, o próximo passo consiste em planejar a implementação do plano de marketing que, dentre outros pontos, deve incluir:

  • Tempo de circulação da campanha;
  • Segmentação do público;
  • Formato do conteúdo
  • Formato do anúncio;
  • Valor que será investido;
  • Como será analisado os dados da campanha;
  • O que se espera de retorno.

 

#02. Formato do conteúdo

Antes de clicar no botão de confirmar, vamos refletir sobre qual seria o melhor formato de conteúdo a ser circulado.

É sabido, por exemplo, que o Facebook dá prioridade a anúncios com imagens e vídeos e, de preferência, com conteúdos originais.

Assim, quanto mais visual for uma propaganda, maiores as chances de reter atenção no Facebook, levando usuários para novas etapas de uma jornada de compra.

No entanto, não basta apenas escolher qualquer vídeo ou imagem, afinal, essa é sua chance de falar do seu produto, e caso você falhe, seus próximos anúncios poderão ter resultados menos expressivos.

Isso significa que o Facebook classifica seus anúncios os avaliando com pontuação relacionada a sua relevância. 

Ou seja: quanto maior a pontuação, mais favorável o algoritmo será com o anúncio.

Dito isso, considere investir para criar um bom vídeo ou fotos atrativas. Existem várias ferramentas gratuitas que podem te ajudar nisso!

Além disso, é importante seguir as diretrizes da rede, uma vez que a plataforma penaliza campanhas que fogem de suas regras.

 

#03. Formato dos anúncios

Não é à toa que o Facebook é uma das redes sociais mais populares e uma das preferidas dentre os profissionais de marketing. 

Ela possui diversas ferramentas, e deixa os usuários cheios de opções, incluindo direcioná-los para compras em lojas virtuais.

Quando falamos de anúncios, então, o prato é cheio, e a publicidade consegue ser inserida de várias formas e gerar vendas.

O primeiro formato, e mais tradicional, é o anúncio localizado na coluna à direita, ao lado do feed de notícias. 

Embora esse recurso seja limitado – com chances de engajamento menores – ainda assim, há um ótimo potencial de cliques com custo de investimento baixo.

O outro formato de anúncios que vemos na plataforma é o anúncio do feed de notícias em si. 

Ele parece com uma publicação comum na timeline e possui maiores taxas de engajamento.

Diferente dos anúncios da coluna à direita, nestas campanhas há botões para ações e CTA (call to action).

Contudo, seu valor costuma ser maior que o primeiro formato apresentado.

Além desses formatos mais tradicionais, no Facebook, há todo um leque de possibilidades de propaganda, incluindo:

  • Anúncios de fotos;
  • Vídeos;
  • Coleção (varias fotos juntas);
  • Apresentação multimídia;
  • Anúncio de vários produtos;
  • Anúncio local (para pessoas próximas);
  • Ofertas que expiram;
  • Anúncio de eventos;
  • Anúncio de redirecionamento (faz leitura de comportamento para indicar);
  • Publicação impulsionada (diz quem já segue ou curtiu).

 

#04. Personalização e segmentação

Feitas as etapas iniciais, é hora do seu e-commerce avaliar o público que pode se interessar pela sua propaganda no Facebook. 

Para uma campanha ser efetiva ela precisa ser segmentada. Isso significa que não adianta falar para todo mundo, encontre seus clientes ideais.

Além do conteúdo visualmente atraente, com proposta de valor clara, ele precisa ser relevante para o público que está recebendo.

Por isso, é preciso eleger localização, interesses e comportamento, perfil do consumidor, gênero, idade e dados demográficos.

Esta definição será feita a partir de dados que a loja online já possui sobre o seu público-alvo. Mas caso ainda não tenha, é importante fazer um teste A/B.

Esses testes fornecem informações do que está performando mais, gerando dados para estratégias mais assertivas.

Assim, seus anúncios serão personalizados e conseguirão chegar nas pessoas que precisam ou que querem o seu produto/serviço.

 

#05. Análise da campanha

Por fim, uma propaganda precisa ser acompanhada durante a sua execução e após o período de finalização.

Este acompanhamento traz dados relevantes para serem analisados e que te darão apoio para a tomada de decisões. 

Somente assim é possível saber o que deu certo, qual foi o retorno de lucro e o que pode ser melhorado.

Na página do Facebook, em “Sobre esta conta”, você encontra detalhes de interações com a campanha, como cliques no site e alcance.

Caso seu e-commerce esteja começando e não tenha muito dinheiro para investir, esta é uma excelente maneira de testar diferentes formatos de anúncio, acompanhar o que gera mais resultados, para direcionar seu orçamento de marketing de modo assertivo e criar estratégias eficientes de propaganda no Facebook.

Vale lembrar que a rede acompanha o desempenho dos anúncios promovidos e acaba penalizando aqueles quando possuem uma má performance.

Por isso, ficar de olho nas métricas e KPIs fará com que suas campanhas tenham mais sucesso e ainda sejam favorecidas pela plataforma.

Planilha gratuita planejamento de conteúdo

Dica: quer saber mais sobre anúncios no Facebook?

Nós gravamos um super aulão que, além de trazer dicas imperdíveis para lojistas que estão entrando no mundo do e-commerce, também ensina a montar uma campanha no Facebook ADS do ZERO!

Isso mesmo: mostramos o passo a passo para começar a anunciar em uma das redes mais utilizadas no Brasil (e que, de quebra, te permite anunciar também em outras plataformas, como o Instagram). Confira:

 

Impulsionando a estratégia de marketing digital no Facebook

Agora que você já sabe os principais pontos e estratégias para criar uma propaganda no Facebook, partimos para como impulsionar seus anúncios.

Acompanhe três dicas que serão suas aliadas no processo!

 

#01. Chamada para ação

O CTA, sigla em inglês para chamada para ação, é uma das partes mais importantes numa propaganda, incluindo no Facebook.

Afinal de contas, o CTA instiga o leitor do anúncio a dar o próximo passo em uma jornada para se tornar cliente de uma empresa (seja ela uma loja física ou e-commerce).

Uma boa chamada, sobretudo, deve fazer parte do objetivo da publicação. 

Além de ter que fazer sentido com a proposta, ela pode ser também personalizada, e falar diretamente com o público

O segredo está em utilizar gatilhos mentais e ser objetivo.

 

#02. Proposta de valor

Todo o tempo nos deparamos com uma gama de anúncios em praticamente todas as páginas da web que acessamos.

Estes anúncios vêm de uma série de caminhos (do remarketing a partir de carrinhos que abandonamos) até das palavras-chave em um anúncio no Google.

E isso também vale para o Facebook. Logo, diante de tanta propaganda, a rede destacará aqueles anúncios com a melhor proposta de valor e no contexto de suas diretrizes. 

Seja uma legenda bem planejada, um cupom de desconto, a divulgação de um e-book ou promoção… O importante é ser assertivo na comunicação criada.

 

#03. Invista em uma estratégia multicanal para aumentar suas vendas

Finalmente, em se tratando do e-commerce, o ideal é trabalhar com diferentes canais para que suas ações de marketing no Facebook se convertam em vendas. 

Assim, em termos comerciais, você poderá investir tanto no Facebook Shopping, quanto em Marketplaces e em uma loja online própria. 

Combinando essas ações, ao criar uma propaganda no Facebook, você poderá direcionar o lead para diferentes canais e conquistar um posicionamento digital forte.

Pensando, por exemplo, em uma loja virtual própria, as vantagens de investir esforços nesse canal são significativas.

Podemos citar primeiro a customização: com seu site, você tem liberdade para criar a identidade visual e personalizar a loja do modo que mais lhe agrada.

Outro ponto seria a credibilidade. 

Um domínio próprio, com mais informações e provas sociais sobre os produtos ou serviços aumentam a confiança e as chances de vendas.

Além disso, com uma plataforma de e-commerce, você pode controlar as entregas, cálculo de frete, gestão de produtos e atendimento em uma única interface. 

Na Confere SHOP, por exemplo, além de poder criar sua loja em apenas 3 minutos, você tem acesso a todos os recursos para a estruturação e otimização das vendas de seu e-commerce sem pagar nada por isso!

Confira os benefícios que a Confere oferece para você:

  • Você poderá fazer a distribuição de seus produtos nos principais canais logísticos do país;
  • Configurar uma loja com usabilidade e identidade visual atrativas;
  • Contar com os principais meios de pagamento do comércio virtual;
  • Divulgar seus canais de contato nas redes sociais;
  • Dispor de ferramentas de gestão financeira, fluxo de caixa e conciliação bancárias.

Ficou interessado? Então aproveite para saber como começar uma loja virtual neste guia completo!

Resumo dos passos para criação de anúncios no Facebook

Antes de finalizar, veja um quadro-resumo dos passos que você precisa seguir para criar uma propaganda no Facebook:

Para fazer um anúncio no Facebook, você terá que acessar a plataforma do Facebook Business e definir:

  • Quais são seus objetivos da campanha;
  • Onde irá veicular seu anúncio (Messenger, Facebook, Instagram, todos os canais da rede);
  • Definir o orçamento (que pode ser diário ou total, com base no intervalo de tempo da campanha);
  • Escolher o formato do anúncio (há diferentes opções, que incluem desde apresentações multimídia até imagens estáticas ou mesmo anúncios interativos); 
  • Enviar pedido e participar do leilão de anúncios do Facebook – que determina os melhores Ads para distribuir de acordo com público e faixas de horário;
  • Mensurar os resultados.

Conclusão: a propaganda no Facebook pode aumentar minhas vendas?

Sim, fazer propaganda no Facebook é um excelente caminho para uma estratégia de marketing digital inteligente e para vender mais.

Seus benefícios, como vimos, são amplos, se a propaganda for implementada de maneira assertiva, levando em consideração todos os pontos abordados neste artigo.

No entanto, vale ressaltar que uma propaganda sozinha não consegue manter um negócio de pé. 

Você precisará considerar fatores que vão da manutenção do relacionamento com cliente no pós-venda ao planejamento de conteúdo.

Ao considerar esses pontos, a mídia paga no Facebook, quando integrada a um planejamento consistente para cada propaganda criada, pode escalar seus resultados e te guiar na jornada de sucesso no e-commerce.

Nova call to action

Este texto foi escrito por João Barros.