Como receber vendas de maquininhas de cartão na NuConta do Nubank?

Por Miriam Barros

Desde 2019, os clientes empreendedores do Nubank aguardavam a opção de conta jurídica, que os possibilitasse receber dinheiro diretamente na NuConta a partir das vendas por maquininhas de cartão, sites ou aplicativos de vendas.

A startup brasileira foi fundada em 2013, e logo o roxinho ganhou popularidade por oferecer cartão de crédito sem anuidade.

O ápice do seu crescimento foi em 2021 quando se tornou o 5º aplicativo mais popular do país. 

Presente em 13% dos smartphones e alcançando a marca de 35 milhões de clientes, o Nubank já é um dos principais nomes do mercado financeiro.

Desse total, 92,8% dos usuários são correntistas da NuConta e 60% utilizam sua carteira de crédito. 

Só em 2020, foram feitos R$ 29,6 bilhões de depósitos por meio do app.

Depois da fase de teste, começada há três anos, agora o Nubank possibilita que todos os seus clientes donos de pequenos negócios que possuem um CNPJ tenham a opção de conta jurídica. 

Com isso, eles poderão receber pagamentos por meio de: 

Essa funcionalidade é bem prática para quem já é cliente do Nubank, pois assim, não precisarão abrir outras contas aumentando a carga de gerenciamento financeiro.

Para integrar a NuConta aos seus módulos de pagamento é muito simples, e neste artigo, te mostraremos os passos que você precisará seguir para ter êxito na sua jornada!

O que é a NuConta?

Diferente do cartão de crédito que você espera numa fila para ser aprovado, a NuConta pode ser aberta na hora pelo site ou aplicativo do Nubank.

São solicitados:

  • Nome completo;
  • CPF;
  • E-mail;
  • Endereço;
  • Foto;
  • RG;
  • Renda mensal, mas não precisa comprovar. 

Cada CPF só pode criar uma conta, e o cartão de crédito e débito precisa ser solicitado à parte. 

De bandeira Mastercard e com tecnologia NFC, não há taxas, mas são cobrados R$ 6,50 por saque em dinheiro.

A manutenção da conta é feita pelo aplicativo da fintech, não há taxa de abertura e a maioria dos serviços são gratuitos.

A conta digital não se classifica como conta corrente e nem conta poupança como conhecemos, sendo chamada de “conta de pagamentos”.

Na prática, pode-se dizer que seria uma mistura das duas modalidades e ainda de investimentos. 

Isso porque a conta digital do roxinho tem rendimento de 100% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Isso significa que a Nuconta tem taxa maior que a da poupança. A rentabilidade anual chega a ser de 5,9% e a mensal de 0,48%.

Assim como os demais bancos, a conta digital do Nubank possui impostos de IOF e Imposto de Renda.

O rendimento diário ocorre porque o dinheiro depositado é aplicado em Títulos Públicos Federais. Além disso, há opção de aplicar em RDB (Recibos de Depósito Bancário), com proteção do FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

Como receber vendas de maquininhas de cartão na NuConta?

Como já contamos, a conta PJ da NuConta teve uma primeira versão lançada em 2019, e agora os recursos foram liberados para todos os usuários.

O objetivo desse serviço é assistir às demandas de microempreendedores individuais (MEI), Empresário Individual (EI) e Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI).

Isso porque agora é possível cadastrar a NuConta PJ como conta domicílio, ou seja, cadastrar nas operadoras de cartão, em sites de e-commerce, aplicativos de delivery ou de loja virtual.

Lembre-se que é preciso ter CNPJ para criar uma conta para pessoa jurídica.

Assim, após uma venda, o dinheiro vai direto para sua conta no Nubank. Vale ressaltar que depósitos podem chegar a conta em diferentes horários do dia.

As transações podem ser vistas na área “Depósito Recebido” no aplicativo, em que o nome da plataforma de pagamento (maquininha de cartão de crédito, débito, site, etc.) e o valor são registrados.

Para cadastrar sua conta PJ nas plataformas que você comercializa produtos e serviços, basta alterar a conta domicílio.

Este processo é distinto de acordo com a plataforma, mas não costuma sair muito fora do roteiro:

  • Acessa o seu perfil na plataforma;
  • Procura a opção de “alterar os dados bancários” ou “alterar a conta domicílio”;
  • Busca por Nubank ou Nu Pagamentos S.A;
  • Informa os dados da sua conta PJ;
  • Clica em “Salvar”.

Para você ver como é simples, daremos um exemplo de cadastro nas maquininhas da InfinityPay. Veja!

  • Acesse o seu perfil no aplicativo;
  • Clique em “Menu Configurações” (engrenagem azul abaixo);  
  • vá em “editar perfil”;
  • Na sessão “Meus Dados Bancários”, clique em “Editar”;
  • Selecione o banco “260 – Nu Pagamentos SA”;
  • Insira os dados da conta PJ do Nubank;
  • Clique em “Alterar”.

Se surgir eventuais dúvidas ou dificuldades no processo, entre em contato com o suporte da plataforma de pagamento que está utilizando.

A título de comparação, mostraremos o mesmo processo nas maquininhas Rede:

  • Acesse o seu perfil na plataforma e selecione “Minha Rede” (Menu canto superior direito);
  • Em seguida clique em “Meus dados Bancários” e em “adicionar conta”;
  • Selecione o banco “260 – Nu Pagamentos SA”;
  • Seleciona tipo de conta: “Conta de Pagamento”;
  • Insira os dados da conta PJ do Nubank sem hífen!

O processo não foge destes passos, sendo bem simples e intuitivo.

Cobrando dívidas com a NuConta

Pela área de cobranças da NuConta também é possível gerar avisos de pagamento em atraso e acompanhá-los.

Essa é mais uma funcionalidade interessante que o Nubank oferece para os empreendedores.

Deste modo, o lojista consegue identificar pagamentos atrasados e os que foram concluídos.

Para gerar cobranças, você pode escrever uma mensagem personalizada para seu cliente inadimplente e enviar um link que pode ser compartilhado pelo WhatsApp, Instagram, SMS ou e-mail a cada nova cobrança, pode ser paga via Pix.

Bônus: como otimizar sua gestão financeira com a Confere?

O recebimento via cartões de crédito e débito é fundamental e agora o Nubank tem mais esse trunfo para atrair novos clientes.

Mas, pensando na realidade de um negócio, a gestão financeira conta também com outras etapas essenciais que merecem atenção.

Pensando nisso, nós separamos algumas das ferramentas que a Confere te oferece para o controle otimizado de suas finanças.

 

Recebimento de vendas parceladas

No contexto atual do mercado, os pagamentos com cartões são fundamentais para o crescimento das vendas.

Entretanto, ao contrário de um pagamento via boleto ou PIX, as compras parceladas estão sujeitas ao chargeback.

Basicamente, este é um processo de estorno, quando o titular de um cartão contesta uma compra junto ao seu banco.

Pensando no e-commerce, o chargeback se tornou um desafio para as lojas virtuais devido ao crescente número de fraudes, mas também pode ser causado por falhas na gestão da loja online.

E isso porque a solicitação de contestação de fatura pode ser causada por diversos fatores, como:

  • Falhas na entrega;
  • Informações incompatíveis entre o que está no site e o recebimento do cliente;
  • Falta de qualidade dos produtos;
  • Avarias;
  • Mal atendimento.

Dentro do ambiente de negócios brasileiro, uma venda pode ser cancelada em até 180 dias pelo cliente, gerando um gargalo, sobretudo, para o e-commerce.

O extenso prazo para o cancelamento de uma transação deixa as compras parceladas imprevisíveis - o período só passa a contar após a quitação da última parcela.

Este é um bom exemplo para mostrar a importância do acompanhamento contínuo e o controle detalhado do fluxo de caixa e de vendas parceladas.

Com as funcionalidades de conciliação da Confere, você reduz e muito os riscos de chargeback, melhorando o controle sobre cada forma de pagamento, incluindo as parceladas.

 

Faça conciliação de cartões

Um dos erros mais recorrentes no controle financeiro é a falta de acompanhamento das taxas cobradas pelas operadoras de cartão

Muitos lojistas desconhecem ou não controlam o valor das taxas das transações por bandeira e operadora e acabam correndo riscos financeiros.

Uma maneira de driblar isso é com a automação de processos. Este é um passo importante para deixar as operações da sua empresa mais eficientes.

As planilhas manuais, no geral, são muito complexas e podem acabar virando um obstáculo para a sustentabilidade financeira do seu negócio.

Já a conciliação de cartões automatizada permite um controle minucioso de cada operação de pagamento realizada via cartão de crédito ou débito.

Dessa forma, será possível acompanhar as taxas cobradas pelas operadoras com precisão, dando uma visão clara de todas as entradas e saídas de caixa.

A Confere Cartões disponibiliza uma ferramenta completa que sincroniza diariamente todos os dados das suas maquininhas.

Em um único lugar, é possível visualizar as informações de vendas com cartão de todas as suas máquinas e de todos os CNPJs.

Se você trabalha com uma, duas, três ou mais maquininhas, tudo bem! Nós centralizamos todas as informações de vendas na mesma plataforma.

Fora isso, pode-se cadastrar as taxas acordadas com cada operadora e automaticamente o sistema calcula se o valor aplicado está correto.

 

Fluxo de Caixa conectado às suas máquinas de cartão 

Nossa ferramenta de fluxo de caixa se conecta diretamente com todas as suas maquininhas de cartão, atualizando diariamente os dados de todas as vendas.

Você também pode cadastrar lançamentos e categorizar cada entrada e/ou saída de forma simples, de acordo com a empresa.

Além disso, é possível filtrar períodos específicos para fazer análise de seu caixa e visualizar o fluxo de vendas e despesas por semana ou mês.

Ou seja: por meio dela, o controle de vendas parceladas será muito mais minucioso e, o melhor, automatizado!

Veja outras vantagens dessa ferramenta inovadora:

  • Controle seu fluxo de caixa com categorias próprias do seu negócio;
  • Acompanhe vendas e despesas administrando contas a pagar e receber;
  • Tenha a sinalização de quando cada parcela de venda vai cair na sua conta;
  • Aproveite também um fluxo de caixa com cálculo automático dos principais indicadores financeiros;
  • Conte com a centralização dos dados de todas as suas vendas em qualquer meio de pagamento.

Acompanhar corretamente os principais indicadores do seu negócio faz parte do conjunto de práticas de um bom controle financeiro.

A Confere calcula automaticamente esses indicadores para você pela ferramenta de fluxo de caixa. 

Assim, você saberá os resultados com vendas, custos variáveis, despesas fixas, investimentos operacionais e entradas e saídas não-operacionais. Um controle de toda a sua área financeira de modo simples e efetivo. 

As vendas também aparecem detalhadas com data, descrição, forma de pagamento, bandeira, tipo, quantidade de parcelas e valor total. 

Isso facilita a verificação uma por uma quando esses valores forem recebidos.

Você ainda pode cadastrar todas as suas contas a pagar e alterar seu status para acompanhar de perto se sua empresa está arcando com suas obrigações financeiras.

Conclusão

De fato, o Nubank conta com ferramentas que podem facilitar muito a vida dos empreendedores ‘roxinhos’.

A startup continua investindo em soluções financeiras, então pode ser que em breve a conta PJ ganhe outras atualizações.

Agora que você já sabe os benefícios que o Nubank oferece e como conectar sua Nuconta nos sites das maquininhas de cartão, o caminho fica livre para você se empenhar em outras áreas da empresa. Bons negócios!

Este texto foi escrito por João Barros