Como vender cursos online e crescer no e-commerce?

Por Miriam Barros

O e-commerce é um ambiente fértil para especialistas ganharem dinheiro ao vender cursos online, visto que a comercialização de aulas, seminários e webinars pela internet é uma fonte de renda lucrativa, prática e tem ganhado mercado no país.

Não por acaso, em 2021, a busca por capacitações na web impulsionou o segmento, que teve crescimento de 60% no primeiro semestre deste ano. 

Além da procura, a versatilidade do setor deixa-o mais atraente. Existem nichos para diversas modalidades de cursos, possibilitando que muitos realizem o sonho de empreender.

Pela webcam e com uma simples apresentação multimídia, é possível, por exemplo, começar a vender cursos online de culinária, marketing digital e maquiagem, dentre outros.

Essa simplicidade também deixa o mercado competitivo, e saber como vender cursos online é crucial para se destacar e ser rentável no comércio virtual, setor que não para de crescer no Brasil e no mundo. 

Pensando nisso, neste artigo damos dicas de como montar seus cursos online e plataformas gratuitas para te ajudar a vender e crescer no e-commerce.

Acompanhe a leitura!

Confere Shop loja online grátis

Afinal, como vender cursos online?

Embora tenha suas especificidades, a venda de cursos online não se distancia das outras práticas de vendas no e-commerce

Por isso, comunicação, qualidade e proposta de valor são fundamentais para o negócio.

Além disso, você precisará dominar técnicas de vendas e utilizar ferramentas eficientes para medir seus resultados.

Em outras palavras: conhecimento técnico, sozinho, não basta. 

A boa notícia é que a adesão ao ensino à distância (EAD) tem aumentado. Em 2019, 43,8% dos alunos no ensino superior faziam EAD.

Em termos de negócio, a vantagem dos cursos online está na alta escalabilidade: você pode vender um material para várias pessoas sem precisar produzi-lo novamente.

Neste sentido, com o conteúdo em mãos, os próximos passos consistem em entender como hospedar, distribuir e alcançar seus alunos.

Ou seja: o foco inicial precisa estar na produção das aulas, definir para quem serão direcionadas e o que as diferenciam das demais.

Após esta etapa, as energias precisam ser postas em achar a melhor maneira de distribuir o produto.

Com a plataforma certa e que possua meios de pagamentos seguros, basta utilizar as redes sociais, por exemplo, para atrair o público.

Você também poderá investir em mídia paga, quando sua plataforma de cursos online estiver mais madura e assim poder vender mais e de modo escalável. 

Outra opção seria a criação de um blog. Nele você pode dar dicas e informações valiosas, conquistar uma audiência e fidelizá-la.

Nova call to action

Tipos de cursos para vender na internet 

Como dito anteriormente, existe público e demanda para os mais variados tipos de curso no mercado brasileiro.

Naturalmente, a facilidade de se capacitar sem sair de casa, pelo computador ou pelo celular, atrai muita gente.

No entanto, há  nichos que são tendências e que tem sido mais procurados por quem busca se capacitar

Caso você ainda não tenha definido que caminho seguir, separamos uma lista com 6 modalidades de cursos online que você poderá vender pela internet. Acompanhe!

 

#01. Marketing digital

A internet se consolidou como veículo para comunicação de massa e como um dos principais ambientes de negócio da economia atual.

A nova era de conectividade com base no marketing digital gera muitos frutos, e se transforma todo o tempo. 

Neste sentido, cursos que nos ajudam a compreender este universo e acompanhar suas tendências são bem populares.

A amplitude do tema também é um ponto positivo. No eixo do marketing digital, você poderá abordar estratégias de posicionamento nos mecanismos de busca, o papel das redes sociais no marketing, campanhas para Facebook, Instagram e WhatsApp, técnicas para aumentar vendas online, dentre muitos outros tópicos.

A dica é trazer seu diferencial e embasamento para que se "diferencie na multidão", atraia alunos e consiga vender seus cursos online de modo consistente. 

A verdade é que todos têm seu espaço. Faça testes, e pense estrategicamente. Por exemplo, ofereça um curso básico para divulgar módulos avançados.

E não se esqueça de manter-se atualizado e investir no relacionamento com o cliente: uma má experiência pode afetar sua imagem e afetar as vendas.

 

#02. Curso de maquiagem

Assim como o marketing digital, vender cursos de maquiagem atrai muitos empreendedores e especialistas, além de ter grande apelo no universo online.

É possível ganhar dinheiro dando dicas, fazendo resenhas de produtos, montando seu curso online e divulgando em grupos especializados das mídias sociais.

É comum, por exemplo, vermos pessoas monetizando com conteúdos sobre maquiagem artística, profissional e "vendendo os passos" para ser um expert ou se automaquiar.

A vantagem deste tema é que nem todos os produtores de conteúdo investem no campo de cursos online. 

Ou seja, se tiver uma boa ideia e for criativo, poderá ser pioneiro em algum nicho de maquiagem e ampliar seu potencial de crescimento. 

Além disso, essa é outra indústria em constante transformação. Diariamente, novas tendências surgem em produtos, tecnologias e técnicas, gerando novas pautas para um curso.

 

#03. Inteligência emocional e comunicação empresarial

Importante tanto para vida pessoal, quanto para vida profissional, a inteligência emocional e comunicação são a base de qualquer relação humana.

As pessoas estão cada vez mais preocupadas em como transmitem suas mensagens e como suas emoções podem ajudar a manter o equilíbrio para conciliar uma rotina exigente.

Cursos de comunicação e ligados ao universo da inteligência emocional também atraem executivos de diversos segmentos por serem determinantes em negociações.

Neste sentido, uma boa estratégia pode ser a criação de cursos com viés corporativo ou modalidades digitais In Company com gravação em tempo real.

 

#04. Coaching e Liderança

Ligado ao tópico anterior, a formação de novas lideranças é outra demanda crescente do mercado, tendo em vista as novas habilidades exigidas pela economia contemporânea.

Neste sentido, cursos que investem na formação multidisciplinar de líderes e executivos, em mentorias e coaching (treinamentos de desenvolvimento) estão em alta no país.

Se já for um profissional da área, você poderá investir em cursos sobre soft skills, desafios da liderança, como fortalecer seu poder de convencimento, dentre muitos outros tópicos para vender online seu conhecimento especializado.

 

#05. Gestão e vendas

Os microempreendedores individuais (MEI) já representam uma fatia de 56,7% do ambiente de negócios brasileiro.

E o e-commerce foi um grande propulsor disso, uma vez que suas oportunidades e amplitude abrem espaço para vários tipos de empreendimentos.

E este é um público que, por sua vez, busca, de modo cada vez mais incisivo, aprimorar seus conhecimentos sobre gestão, operações administrativas. 

Diante disso, a demanda por capacitação em áreas como a gestão financeira ou gerenciamento de recursos humanos são excelentes apostas para quem deseja vender cursos online.

Os novos empreendedores buscam também conhecimentos de gestão contábil, sobre como emitir e gerenciar notas fiscais, como manter a saúde financeira de seus negócios e também como vender seus produtos.

Pensando no e-commerce, você poderá apostar em dicas para otimizar vendas com uma loja virtual, tendências do setor e até estratégias para ganhar dinheiro online.

 

#06. Idiomas

Saber um novo idioma, hoje, já pode ser considerado um skills essencial para um mercado altamente globalizado.

Além do inglês, cresce a demanda por chinês, espanhol e outras línguas europeias como o francês e o alemão.

Mas o interesse por idiomas vai além do mercado: além de ser divertido e interessante conhecer novas culturas, as pessoas também buscam aprender línguas estrangeiras para viagens.

O público é muito amplo, indo de crianças a adultos e turmas seniors. Assim, é muito importante definir personas, tendo claro que mercados quer atingir. 

Outro diferencial desta modalidade é a longevidade que um conteúdo pode ter na internet. 

Se o conteúdo for bom, dificilmente ele perderá sua validade e, além disso, poderá gerar recorrência, uma vez que os consumidores tendem a fazer cursos com durabilidades amplas e que poderão ser renovados por módulo. 

Confere Shop loja online grátis

3 dicas para montar seu curso online

Agora que você já conhece algumas tendências do mercado de ensino a distância, veja 3 dicas para montar seu curso online e começar a vender!  

 

#01. Escolha o melhor formato de conteúdo

Sim, a qualidade é a alma do negócio, mas trabalhar o formato e a identidade do seu curso será determinante para atrair seu público-alvo.

Neste sentido, escolha o formato que mais se adequa a sua oferta de conhecimento: cursos em vídeo, audiobooks com aulas e até livros e materiais digitais poderão ser a melhor opção.

Para tanto, você precisará analisar os principais tipos de conteúdo que seus potenciais clientes consomem e então iniciar ou adaptar seu curso ao formato escolhido.

Deixe também sua criatividade fluir e traga autenticidade para seus materiais!

 

#02. Fique de olho na concorrência

Mapear a concorrência é uma boa estratégia para ver o que está sendo feito e os principais nomes do seu nicho vendem e distribuem seus cursos.

Estas informações serão úteis para você se diferenciar e apostar em ações que surpreendam e complementem seu nicho de atuação. 

Mas lembre-se: copiar a concorrência nunca será uma boa escolha. Se inspire, pesquise o mercado, mas crie diferenciais únicos para o seu curso. 

 

#03. Invista em uma plataforma gratuita para vender cursos online

Há diversas plataformas disponíveis para você hospedar seu curso. Algumas delas são muito conhecidas, como o EADbox, Hotmart Sambatech e Edools.  

A escolha deve ser feita com cuidado e com base nos recursos que mais se adequam ao formato de conteúdo que você deseja oferecer. 

Além disso, você pode criar sua própria loja online para vincular seus cursos e vendê-los com agilidade e tendo acesso às principais formas de pagamento do mercado. 

Na Confere Shop, por exemplo, você poderá criar sua loja virtual de graça e em apenas 3 minutos!

Ela pode ser integrada ao Instagram e outras plataformas, como Facebook e Google Shopping, para você investir tanto em mídia paga quanto estratégias orgânicas de marketing. 

A Confere conta ainda com diversos recursos para aumentar suas vendas online e potencializar a gestão do seu negócio. É só criar seu curso, escolher uma plataforma de hospedagem e distribuir com a gente!

Conclusão 

Como vimos, suas dicas de maquiagem ou seu conhecimento aprofundado em negócios podem ser o caminho para sua independência financeira no e-commerce. 

Essa jornada depende de você. Por isso, faça pesquisas, conheça seu público e pense em formas estratégicas para chegar até ele, aumentando assim as chances de vender cursos online com sucesso!

New call-to-action

Este texto foi escrito por João Barros.