Como vender no Mercado Livre

Por Miriam Barros

O Mercado Livre é um dos principais marketplaces do Brasil. Marketplaces são sites que funcionam como um shopping center virtual, onde milhares de vendedores podem oferecer seus produtos para os mais diversos tipos de público.

Com o tempo, o Mercado Livre ganhou muita notoriedade e passou a ser o principal espaço de venda para profissionais especializados, lojas pequenas e até mesmo grandes marcas conhecidas. Atualmente são muitos vendedores, que atendem diversos nichos. É seguro afirmar que lá dá para encontrar TUDO!

Esse post foi feito para você, lojista, que deseja começar a oferecer seus produtos no Mercado Livre. Vamos te ensinar os primeiros passos para começar a vender, como gerenciar seus clientes e te dar dicas valiosas de, além de aumentar as vendas, prestar um bom atendimento e garantir seu selo de bom vendedor no site!

Loja online Confere SHOP

Quer vender no Mercado Livre? Veja como funciona!

É importante frisar que uma das questões que vão fazer se destacar ou não no Mercado Livre é a credibilidade que a plataforma pode gerar para você.

Porém, ganhar essa credibilidade depende única e exclusivamente do seu esforço para fazer com que a experiência do seu cliente seja a melhor possível, desde o momento em que ele encontra o seu produto à venda até o momento em que esse produto chega na casa dele.

O Mercado Livre ensina que o relacionamento de confiança entre o vendedor e o comprador é a ferramenta mais potente para que o vendedor ganhe reconhecimento dentro da plataforma.

Uma vez que você possui essa credibilidade, as chances de aumentar suas vendas e fidelizar clientes é muito maior. 

Nessa relação, portanto, existem dois sujeitos: o vendedor e o comprador. A seguir, vamos falar sobre o papel de cada um na negociação:

 

Vendedor

Dentro do Mercado Livre, existem selos que qualificam os vendedores. São esses selos que geram a falada credibilidade acima.

Vendedores sem nenhum selo acabam, muitas vezes, gerando dúvidas e incertezas em seus possíveis clientes, que terminam por buscar os mesmos produtos em um concorrente mais bem avaliado.

Os selos existentes são: MercadoLíder, MercadoLíder Gold e MercadoLíder Platinum.

Os parâmetros avaliados para que os vendedores possuam esses selos são, principalmente, tempo de atividade (há quanto tempo é um vendedor no Mercado Livre), número de vendas feitas e a qualidade dos serviços prestados.

O vendedor que possui essas medalhas tem acesso a benefícios e descontos exclusivos, como novas ferramentas, fretes mais baixos, atendimento preferencial.



Comprador

O comprador é quem avalia o atendimento feito pelo vendedor, seja sobre o produto ou sobre o vendedor em si.

Vendedores também podem avaliar compradores, ou seja, a credibilidade também pesa para quem deseja comprar pelo site.

Planilhas

Como vender no Mercado Livre em 3 passos

Após essa breve introdução, vamos ao que interessa! Agora, vamos te ensinar a vender produtos no Mercado Livre em um passo a passo.

 

1 - Crie sua conta no Mercado Livre

Antes de tudo, é necessário ter uma conta no Mercado Livre para começar a vender. Você pode vender como Pessoa Física ou como empresa.

Mesmo vendendo sozinho, você pode abrir uma microempresa (MEI). A vantagem é que você não vai precisar correr atrás de certas burocracias depois que o seu negócio estiver crescendo:

mercado livre 1

mercado livre 2

 

 

Depois de criar a conta, você será redirecionado para a página inicial do Mercado Livre. Aí, é só clicar em “Vender”:

mercado livre 3

 

2 - Cadastre seu primeiro produto

O fluxo de cadastro de produtos no Mercado Livre é bem intuitivo! Trouxemos capturas das telas que o lojista vai encontrar no percurso. Primeiro, você deve selecionar em qual categoria o seu produto se encaixa:

mercado livre 4

Caso você tente avançar nessa etapa mas ainda não tenha inserido seus documentos corretamente no Mercado Livre, o site vai te pedir para enviá-los.

Como falamos anteriormente, reputação é tudo e mais um pouco no Mercado Livre e, para existir esse controle, os lojistas precisam inserir documentos que comprovem sua identidade:

mercado livre 5

Voltando ao produto, a primeira etapa do cadastro é indicar o produto, marca e suas principais características para que ele seja facilmente identificado nos resultados de busca:

mercado livre 6

 

O próprio Mercado Livre vai sugerir uma categoria para seu produto. Se você concordar, basta avançar. Se não, busque a categoria ideal

mercado livre 7

mercado livre 8

 

As etapas seguintes são todas relacionadas ao cadastro do produto:

mercado livre 9

mercado livre 10

Quando for preencher o título do anúncio, pense nas principais palavras-chave que levariam clientes até ele:

mercado livre 11

 

Seu produto possui grades de variação? Configure tudo no Mercado Livre:

mercado livre 12

mercado livre 13

 

Lembre-se de indicar corretamente a quantidade do seu produto em estoque:

mercado livre 14

 

Hora de configurar o valor de venda do seu produto:

mercado livre 16

 

3 - Configure seu tipo de anúncio

Depois de inserir todas as informações referentes ao seu produto, é hora de configurar a sua entrega.

O Mercado Livre trabalha com dois tipos de plano, são eles: Clássico e Premium. Esse custo vai servir para que o seu produto seja exibido para os visitantes do site.

Aqui, vamos te explicar as tarifas mais comuns que são praticadas para quem vende pelo Mercado Livre:

 

Tarifa de anúncio 

A tarifa do anúncio cobra pelo espaço do anúncio. Neste caso, é o preço do produto x a quantidade que o vendedor vai oferecer, que determina o valor datarifa.

Produtos mais caros com estoque menor pagam tarifas maiores. Ao mesmo tempo, os anúncios mais caros têm mais visibilidade dentro do Mercado Livre.

O próprio Mercado Livre vai te direcionar para a categoria ideal para você, à medida que você for preenchendo as informações do seu produto.



Taxa de venda

A taxa de venda é aplicada por cada venda feita dentro do Mercado Livre. É um valor único a ser cobrado, que varia com o preço de cada produto. Produtos mais caros possuem uma taxa maior sendo aplicada (a porcentagem varia de 0 a 16% + o custo por transação).

O pagamento é sempre intermediado pelo Mercado Pago e o lojista recebe o valor direto em sua conta bancária, após o desconto das tarifas citadas.

Ao escolher o plano mais adequado para você, o Mercado Livre já mostra o valor de cada uma dessas taxas e o quanto o lojista vai receber:

 

mercado livre 17

mercado livre 18

 

4 - Configurando informações de envio

Quase lá! Agora é hora de configurar as opções de entrega do seu produto. Você pode, inclusive, configurar se os seus clientes podem retirar o produto no local.

mercado livre 22

 

Selecione o Mercado Envios e ofereça a melhor experiência para seus clientes.

Produtos novos e com valor acima de R$79 podem ganhar descontos no envio, para que você consiga oferecer frete grátis para seus clientes.

O Mercado Livre arca com 40% do valor do envio. Perceba, na imagem a seguir, que agora existe a taxa de envio com o desconto que acabei de citar:

mercado livre 23

 

E se você oferece alguma garantia, é  só marcar:

mercado livre 24

 

Por fim, você pode e DEVE adicionar uma descrição ao seu anúncio.

Essa descrição vai fazer com que os mecanismos de busca do google consigam encontrar mais facilmente o seu anúncio.

Por isso, capriche com uma descrição bem detalhada, utilize diversas palavras-chave que podem levar um possível cliente até você e, se tiver algum vídeo, não deixe de inserir também:

mercado livre 25

 

Pronto! O seu anúncio está criado. Para visualizá-lo (e todos os seus outros anúncios), clique em seu nome na barra superior da tela e vá até “Anúncios”:

mercado livre 27

mercado livre 26

 

Dicas para vender mais no Mercado Livre

Separamos algumas dicas que retiramos diretamente da central de vendedores do Mercado Livre para você. 

Algumas dicas são bem óbvias, como por exemplo: é muito importante você ter boas fotos, textos claros e objetivos sobre o que está vendendo e tudo mais. Aqui, portanto, vamos falar de alguns pontos mais específicos e avançados. Vamos lá?

 

SEO

Do inglês, Search Engine Optimization ou "Mecanismo de busca" em português, o SEO faz toda a diferença para você que quer ser encontrado na internet.

Para que seu anúncio seja bem posicionado e se destaque, é necessário prestar bastante atenção ao SEO. Por meio desse foco, podemos descobrir, por exemplo, os termos que estão sendo mais usados para buscar por um produto específico.

Existem ferramentas gratuitas que te ajudam com essa tarefa, como o Google Trends e o Ubersuggest. Ao analisar essas ferramentas, você vai conseguir criar descrições e títulos que utilizem palavras-chave importantes para melhorar seu posicionamento nas buscas do Google.

Um exemplo dado pelo próprio Mercado Livre é descobrir que o termo "celular" é mais buscado do que "smartphone", o que indica que é melhor usar a primeira palavra para se referir a um produto desse nicho!

 

Ficha técnica

Ter um anúncio rico em informações garante que você dispute bem o topo das vendas. Parece óbvio, mas muitos lojistas ignoram essa parte do processo. 

Por isso, preencha a ficha técnica do seu produto com informações reais e corretas, assim, você aparecerá com mais frequência nas buscas.

 

Categoria de produtos

Existem milhares de categorias e subcategorias no Mercado Livre. Por isso, é necessário ter muito cuidado na hora de preencher essa parte!

Tente escolher a opção que realmente mais se encaixa no seu produto, com todas as informações necessárias. Por exemplo, se você vende lençol, deixe claro se é casal, solteiro, queen ou king size. 

 

Invista nas fotos

Seu cliente quer olhar o produto que está procurando de todos os ângulos possíveis, de preferência. Por isso, é importante além de investir em fotos de boa qualidade, tentar ser o mais transparente possível com elas.

Use a criatividade! Tente criar uma ambientação boa para seus produtos, para que não seja apenas a foto do produto solto, sem perspectiva de uso para o mesmo.

Se você vende vasos, que tal tirar fotos que mostrem eles sendo utilizados dentro de um cômodo? Tire fotos junto de outros produtos que são mundialmente conhecidos, para que o cliente também tenha uma boa noção de perspectiva e tamanho.

 

Loja online Confere SHOP