Como começar a vender pelo Facebook

Por Miriam Barros

O mundo inteiro está vivenciando um momento peculiar quando se trata de saúde pública. A pandemia causada pelo novo coronavírus Covid-19, afeta diversas fatias da sociedade e batalha está apenas começando.

A forma mais eficaz, até o momento, de conter o espalhamento do vírus é através do isolamento social. 

Certa de que essa é uma medida eficaz, a população no momento se encontra, em sua grande parte, dentro de suas casas.

Essa mudança social refletiu diretamente na economia de diversos países, que presenciaram muitos de seus pequenos negócios fecharem as portas por não suportarem a queda violenta de seu faturamento.

Apesar disso, a população não deixou de comprar.

As pessoas continuam possuindo necessidades que são atendidas pelo consumo.

Mas este, mudou.

Agora, as pessoas precisam, mais do que nunca, que os produtos cheguem até suas casas, pois elas não podem se deslocar até eles. 

A internet, neste momento, é uma grande aliada dos comerciantes que desejam enfrentar a crise do coronavírus sem chegar ao ponto de fecharem suas portas.

Aqui no blog da Confere, estamos nos dedicando a escrever artigos que possam ajudar os mais diversos comerciantes do país a encontrarem a solução ideal para continuar vendendo durante a crise. Vamos lá?

New call-to-action

O Facebook

A primeira pergunta é: a sua loja possui uma página no Facebook?

Se a resposta for "sim", já demos o primeiro passo, o que é ótimo! 

Se a resposta for "não", eu gostaria de entender: por que?

Muitas pessoas acreditam que o Facebook perdeu a força com o passar do tempo. Principalmente devido às constantes mudanças em seu algoritmo: fica cada vez mais difícil gerar alcance com publicações orgânicas.

O Facebook dá prioridade para atualizações de amigos do que de empresas.

A rede social meio que "exige" que você impulsione publicações para poder ser visto por mais pessoas.

Mas não se desespere!

Esses impulsionamentos, muitas vezes, cabem no bolso do lojista sem causar prejuízo.

Você pode adaptar o que pretende gastar com impulsionamentos à sua realidade e dedicar apenas o que de fato é possível dedicar para isto.

É bom lembrar que caso você não esteja disposto a gastar para gerar mais alcance, nada te impede de construir sua presença sem gastar um real.

Todas as ferramentas do Facebook são gratuitas! Você realmente só vai gastar caso queira anunciar na plataforma.

Caso você ache que o Facebook está "esquecido" ou "morrendo", deixe-me te dizer: todos os meses, cerca de 3,4 bilhões de pessoas acessam o Facebook.

No Brasil, são em média 127 milhões de usuários ativos.

Podemos afirmar, a partir desse número, que provavelmente o seu público está sim no Facebook! E não só o seu, mas o de seus concorrentes também.

Facebook para Empresas

Cada vez mais o Facebook foi se tornando um espaço propício para que marcas pudessem divulgar seus produtos e se aproximar do seu público.

Pensando nessa tendência crescente, o Facebook criou o Facebook para Empresas.

O Facebook para Empresas é uma ferramenta do Facebook voltada especialmente para negócios.

Diferente de um perfil comum, ela dispõe de um layout e funcionalidades projetadas para a venda e divulgação de diversos produtos e serviços.

Nela, é possível gerenciar uma página específica para o seu negócio, além de proporcionar uma comunicação direta com os seus clientes e a criação de uma loja virtual, que possibilita o lojista de vender seus produtos diretamente pelo Facebook.

Tudo isso é disponibilizado de forma gratuita e o Facebook não cobra nenhuma comissão por venda!

Planilha Controle de cartões

Como vender pelo Facebook em 7 passos

O Facebook é uma rede social repleta de funcionalidades, mas que não deixa de ser bastante intuitiva.

Por isso, criar uma loja no Facebook não chega a ser uma tarefa árdua.

Mesmo assim, é necessário planejamento e dedicação para que você possa tirar proveito máximo de tudo o que a ferramenta pode te oferecer.

Vamos, então, começar do zero, desde a criação de uma página até a promoção de sua marca no Facebook!

1. Crie a sua página

Encare sua página como seu estabelecimento online, a casa da sua empresa.

Em poucos minutos, você permite que mais de dois bilhões de pessoas no Facebook possam descobrir o seu negócio. 

A sua página será sua vitrine digital e a aparência dela será ótima tanto para desktop quanto para mobile: tudo responsivo!

Benefícios de criação da página:

  • É grátis! Em poucos minutos você cria uma página e elas possuem diversos recursos de gerenciamento
  • É versátil! Existem diversas ferramentas gratuitas que ajudam o lojista a atingir metas com base em seu modelo de negócios
  • Seus clientes estão aí! São bilhões de pessoas que utilizam o facebook para se comunicar com empresas. Com uma página, você cria fidelidade com seus clientes já fiéis e encontra clientes novos!
  • Anuncie! Os anúncios ajudam ainda mais sua página a crescer. Para anunciar no Facebook é necessário ter uma página.

O primeiro passo é escolher se sua página se trata de um negócio ou marca, ou representa uma comunidade ou figura pública.

 

Em seguida, você precisa dar um nome à sua página e escolher em que categoria ela se encaixa!

Para algumas categorias (restaurantes, estabelecimentos em geral), você precisa indicar o endereço da sua empresa. O telefone é opcional!

É legal saber que você pode escolher se quer que o seu endereço seja totalmente visível, ou que ele mostre apenas a região da Cidade, Estado, coisas mais amplas.

Em seguida é hora de escolher sua foto de perfil e uma foto de capa.

Você pode pular essas etapas, mas aconselhamos que já esteja pronto para inserir as imagens, visto que essa comunicação visual agrega e muito à sua marca!



Após estes passos, a sua página já está pronta! Agora é hora de inserir informações nela: descrição, telefone, site, e-mail… Tudo isso você vai configurar em “Editar informações da página”.

Você também pode configurar mensagens de boas-vindas ou ausência no Messenger. Explicaremos isso mais pra frente! ;)

 

2. Crie uma loja virtual para o seu negócio

O Facebook para Empresas permite que você crie uma loja virtual dentro da sua página! Ficou ainda mais fácil vender pelo Facebook.

Para isso, basta acessar o item “Configurações” no menu superior da sua página e clicar em “Modelos e guias”.

Aqui é possível escolher quais guias vão aparecer na sua página. Para criar uma loja virtual, é necessário clicar em “Adicionar guia” e escolher a guia “Loja”.



E pronto! Sua loja foi criada. Mas nesse momento ela é como uma vitrine vazia e você precisa povoá-la com seus produtos e ofertas.

Mas antes, é necessário ler os Termos e Políticas do Vendedor para que você esteja alinhado com as políticas da plataforma.

Feito isso, caso você concorde com os termos, basta marcar a caixinha que diz “eu concordo” e continuar. 


O próximo passo é escolher como você quer que as pessoas finalizem as compras em sua loja.

As opções são: por mensagem ou através de outro site, que pode ser o site oficial da sua marca.

Por último, você deve escolher em que moeda vão ser mostrados os seus produtos. Em nosso caso, o Real brasileiro. 


Tcharam! Sua loja está prontinha para receber seus produtos. Lembre de adicionar uma descrição sobre o que você está oferecendo!



3. Como você deseja vender seus produtos?

Existem duas opções para vender através do Facebook, são elas:

 

3.1 Cadastro de produtos diretamente pelo Facebook

É possível cadastrar manualmente seus produtos pela rede social.

Você pode adicionar quantos produtos quiser, sem taxas adicionais, sem mensalidade, sem comissão de venda… É realmente de graça!

Essa é uma modalidade interessante para negócios que não possuem uma gama tão extensa de produtos.

Assim, é possível criar coleções, organizar seu catálogo de maneira atraente e ordenar suas mercadorias por sessões diferentes.

A parte negativa é que todos os pedidos serão gerenciados de forma manual. Por isso chamamos atenção para gama de produtos disponíveis. Caso não sejam muitos, essa tarefa é factível de ser feita.

Porém, se o seu catálogo for extenso, talvez o tempo gasto com esse gerenciamento seja grande demais.

Planilha Fluxo de Caixa

 

3.2 Utilize uma plataforma de e-commerce

Atualmente existem diversas plataformas de e-commerce disponíveis no mercado e várias delas permitem que você conecte seu catálogo e venda seus produtos no Facebook Shop.

Nessa opção, os processos costumam ser automatizados por contarem com uma plataforma própria para isto.

Gerenciar pedidos se torna mais fácil, principalmente se seu catálogo de produtos for extenso.

Outro ponto interessante é que essa plataforma de e-commerce pode ser integrada a outras diversas plataformas além do Facebook: seu site pessoal, Amazon, Pinterest etc.

Porém, ao contrário da opção anterior que é 100% gratuita, essa opção vai trazer alguns custos visto que as plataformas de e-commerce não costumam ser gratuitas.

Além de pagar uma taxa para utilizar os seus serviços, muitas vezes algumas taxas são aplicadas em cima de cada compra também.

 

4. Hora de adicionar os produtos na sua loja!

Para começar a adicionar seus produtos em sua loja virtual, basta acessar a loja pelo menu lateral e clicar em “Adicionar produto”.

Nessa janela, você precisa selecionar a foto do seu produto (lembre-se de investir em fotos boas e atrativas!), adicionar o nome, preço, descrição e informar se você possui ou não esse produto em estoque.

Após finalizar todo o cadastro do produto, o Facebook vai processar sua requisição. Se o seu produto estiver de acordo com as políticas do Facebook, ele será aprovado e disponível na sua loja em até 24 horas.

 

5. Crie coleções de produtos

Além de adicionar produtos avulsos, você pode também adicionar uma coleção indo no menu superior, em “Ferramentas de publicação” e na sessão de “Loja”, clicar em “Coleções”. Depois é só clicar em “Adicionar Coleção” e seguir as instruções na tela.

As coleções permitem dar destaque a produtos específicos na sua loja e organizá-los por categorias, para que a experiência do seu cliente seja mais intuitiva.

Assim, ele encontra itens com facilidade e a chance de se frustrar diminui bastante.

 

6. Divulgue sua marca!

Montar sua loja virtual é um grande passo para começar a vender pelo Facebook! Mas, para tornar sua loja conhecida, é necessário ir atrás do seu público. E como fazer isso?

Existem duas formas de divulgar os seus produtos: criando marketing de conteúdo ou anunciando com o Facebook Ads. Vamos entender a diferença de ambos:

 

6.1 Marketing de conteúdo em redes sociais

A sua página precisa ser movimentada e isso não significa, necessariamente, postar apenas sobre os produtos que estão à venda em sua loja.

Você pode explorar conteúdos relacionados ao seu universo de atuação. Estes conteúdos acabam sendo úteis para pessoas que podem, potencialmente, se interessar pelo que você tem a oferecer.

Exemplo: se você é um restaurante, que tal dar dicas de receitas uma vez por semana?

Criar conteúdo na internet permite que você consiga se conectar e interagir com o seu público, além de aparecer em resultados de buscas que não seriam necessariamente para clientes que estão inclinados a comprar agora. 

Ao criar publicações ricas em conteúdo, você abre um espaço para interagir melhor com os seus seguidores, educar seu público com conteúdo de qualidade, aumentar o seu alcance na rede e, de quebra, vender mais!

Lembre-se: marketing de conteúdo é diferente de transformar sua página em uma vitrine. Dê preferência para conteúdos educativos, e deixe apenas uma margem de 20% para divulgação dos seus produtos ou serviços de fato.

 

6.2 Facebook Ads

O Facebook tem mudado cada vez mais o seu algoritmo para que as publicações sejam filtradas e o seu conteúdo não seja exibido para todos os seus seguidores. 

Cerca de 10% das pessoas que curtem sua página de fato recebem suas publicações no feed de notícias.

Isso faz com que alguns empreendedores se vejam na obrigação de impulsionar anúncios utilizando o Facebook Ads, que é uma forma de aumentar o alcance das publicações, além de atingir uma parte do seu público-alvo que ainda não tem conhecimento da sua marca.

Com a ferramenta de anúncios do Facebook, é possível criar campanhas com diversos objetivos, como aumentar o reconhecimento e alcance da marca, engajar usuários, gerar tráfego e envolvimento, gerar cadastros de usuários, aumentar a venda de produtos etc.

O Facebook Ads permite que você segmente com precisão o perfil de pessoas que quer atingir com seus anúncios.

Essa segmentação pode ser feita por idade, gênero, localização geográfica, educação, interesses e mais.

Para investir no Facebook Ads não precisa despender de tanto dinheiro como muitos pensam.

É possível, mesmo com pouco capital, destinar uma quantia pequena para utilizar a ferramenta e avaliar se os resultados são satisfatórios: você pode parar de gastar quando quiser!

Planilha Conciliacao Bancaria

 

7. Crie respostas automáticas no Messenger!

Com o messenger, fica muito mais fácil para os seus visitantes tirarem dúvidas e interagirem diretamente com você. Você só tem a ganhar com isso: é possível estabelecer uma relação mais pessoal, personalizada e de confiança com quem está do outro lado da tela!

Porém, caso a sua lojinha “bombe” (e é o que queremos, certo?), fica difícil administrar a quantidade de mensagens que vão brotar em sua caixa de entrada. 

Por isso, é importante pensar em mensagens automáticas para que seu cliente tenha algum feedback enquanto não existe alguém de fato conversando com ele.

 

7.1 Dê boas-vindas!

Você pode criar uma saudação no messenger, para que quando alguém inicie uma conversa com a sua página pela primeira vez, essa pessoa receba as informações que você deseja, como o horário de funcionamento por exemplo.

Para criar essa mensagem, você precisa acessar o Facebook pelo desktop - não existe a opção no aplicativo celular ainda.

Para isso você deve ir em “Configurações” e, em seguida, em “Mensagens”.

 

Para configurar uma saudação, basta ir na sessão “Mostre uma saudação” e habilitá-la.

Essa mensagem pode ser personalizada, utilizando o nome completo da pessoa, URL do Facebook para sua página, URL do seu site, seu endereço… É só clicar em “Adicionar Personalização”.



7.2 Respostas instantâneas!

Com as respostas instantâneas, sempre que alguém enviar uma mensagem para a sua página, é possível agradecer o contato e informar que a mensagem será respondida em breve.

Essa configuração pode ser feita pelo celular através do aplicativo “Gerenciador de Páginas”.

Nele, você precisa clicar em “Configurações” (no canto superior direito), “Mensagens”, e ativar a “Resposta instantânea”

É possível, também, desenvolver um bot no Messenger, que serve para automatizar mais conversas.

Esse bot pode interagir automaticamente com quem envia mensagens à sua página.

É um ótimo recurso, capaz de identificar, a partir de palavras-chave, qual a informação que o cliente deseja saber e respondê-lo na hora.

Conclusão

A hora de se adaptar a novos meios de venda é agora. 

Nossa sociedade está mudando e a forma como consumimos também.

Sabemos que muitos serviços de delivery e vendas online como iFood, Rappi, Uber Eats, costumam cobrar taxas muito acima do que diversos estabelecimentos podem de fato pagar.

Por isso, lembre-se que existem outras formas de explorar a internet para gerar vendas! Seja você dono de uma loja de roupas, restaurante, autônomo, prestador de serviços... Existe, sempre, um espaço aberto e gratuito para você investir tempo e dedicação para criar sua loja virtual! E este espaço pode ser o Facebook. ;)

E se suas vendas decolarem depois de tomar todas as medidas deste post, conte com a Confere para conferir suas vendas, recebimentos e ter total controle sobre tudo o que você vendeu e tudo o que irá receber! 

Nova call to action