Como começar a vender pelo iFood

Por Miriam Barros

Com o momento que estamos enfrentando no Brasil e no mundo, presenciamos um crescimento notável da demanda pelos serviços de delivery.

De acordo com diversas fontes, a alta do e-commerce atingiu 40% nos primeiros 15 dias de março.

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) divulgou um relatório em que mostra que houve um aumento significativo nas categorias de saúde (111%), supermercados (80%) e beleza e perfumaria (83%) no primeiro bimestre de 2020, em comparação com o ano anterior.

Outros setores, contudo, tiveram uma baixa de vendas, como foi o caso de "câmeras e filmadoras" (-62%) e "games" (-37%).

A tendência é que, durante o período em que enfrentamos a crise gerada pelo COVID19, este cenário continue dessa forma.

Segundo Mauricio Salvador, presidente da ABComm, é necessário que as empresas busquem reforçar sua presença digital. Aquelas que não se adaptam a este modelo estão em desvantagem e correm risco de sobrevivência.

Optamos por elaborar este conteúdo para guiar os estabelecimentos, principalmente os negócios locais, a adotarem serviços de delivery, como o do iFood.

Nesta publicação, vamos falar sobre o cadastro de estabelecimentos, os custos, planos e benefícios de estar presente no aplicativo.

Vamos lá?

Demonstração Confere

Quais os pré-requisitos para fazer parte do iFood?

Para fazer parte do iFood, é necessário ter um CNPJ para sua empresa e um computador com Windows (a partir do 7) e internet no local de trabalho, para poder receber todos os pedidos.

Tudo o que seu restaurante precisa ter é potencial (ou volume claro de vendas), bom atendimento ao cliente e a capacidade de entregar refeições prontas para o consumo. 

Atualmente vemos o nicho de mercados crescer no iFood, então a disponibilidade de produtos acaba se tornando mais abrangente do que apenas refeições.

Se o seu negócio se encaixa nesse ramo, fique tranquilo: existe espaço para você!

Precisa de pouco para que seu estabelecimento esteja dentro das especificações da plataforma. E mesmo se não estiver ainda, você pode se adequar a elas e tentar quantas vezes for necessário.

Como cadastro meu estabelecimento no iFood?

O primeiro passo é acessar o site https://restaurante.ifood.com.br/.

Você vai encontrar um formulário para que você possa preencher com seus dados cadastrais: nome, e-mail e celular com DDD. Após informados todos os dados, você deve clicar em "começar cadastro".

Em seguida você será levado para uma outra página, na qual devepreencher todas as informações sobre seu negócio - formas de pagamento, horários de funcionamento, itens do cardápio etc - e assinar o contrato digital do iFood. 

 

Extranet iFood

A construção da sua marca (como cardápio e particularidades do estabelecimento) é feita no Extranet ifood, um portal no qual o dono do estabelecimento pode realizar alterações referentes ao funcionamento da sua empresa no aplicativo.

A partir dessa plataforma, você pode gerenciar o seu estabelecimento e definir algumas configurações cruciais, como:

  • Ajustar o horário de funcionamento do restaurante;
  • Alterar o tempo médio de entrega dos pedidos;
  • Adicionar novos itens ao cardápio;
  • Criar promoções exclusivas para o app;
  • Alterar preços do cardápio;
  • Fechar a loja quando julgar necessário;
  • Gerenciar as formas de pagamento que o estabelecimento aceita;
  • Visualizar relatório de vendas;
  • Alterar status de itens específicos do cardápio (disponível ou indisponível).

Para acessar o portal, basta ir até o endereço extranet.ifood.com.br.

Uma vez que você estiver cadastrado no iFood, terá seu login e senha e pode utilizar estas credenciais para acessar o extranet.

Não é preciso baixar nenhum aplicativo, o acesso é feito diretamente pelo navegador.

Antes de iniciar o cadastro de seus itens, sugerimos que você explore o cardápio de alguns restaurantes já cadastrados no aplicativo.

Assim, você terá boas ideias de fotos, descrições de itens, precificação e muito mais!

 

Vender no iFood

Como consigo gerenciar os pedidos pelo ifood?

O ifood oferece também o Iconnect, que é o gestor de pedidos da plataforma.

Este gestor serve para receber e imprimir as solicitações de encomendas que chegam ao seu restaurante.

Visualmente, os pedidos que entram ficam na tela do computador e dependem de uma ação sua: você pode receber, visualizar, confirmar ou negar e reimprimir a comanda.

o Iconnect precisa ser baixado, pois é um programa a ser instalado no computador do estabelecimento. Para isso, é necessário:

  • Acessar o site https://download.ifood.com.br/;
  • Baixar o Gestor de Pedidos;
  • Instalar o programa no computador;
  • Após concluir a instalação, o programa abrirá automaticamente;
  • Não insira ainda as suas credenciais: espere o contato via telefone do iFood para ativá-lo.

 

O iFood connect simula no computador a entrada de comandas de um restaurante comum. Basta se familiarizar com a plataforma para ver o quão simples é gerenciar seus pedidos feitos pelo app!

Quais são as vantagens de fazer parte do iFood?

Toda novidade gera um pouco de incertezas. Mas, neste caso, não estamos falando mais de uma novidade: o ifood existe desde 2011 e já ajudou diversos restaurantes a crescerem.

Por ser mais um ponto de contato do seu público com seu estabelecimento, as chances de lucrar e aumentar seu faturamento são muitas.

Afinal, a comodidade é um preço que as pessoas estão dispostas a pagar. Neste momento, então, nem se fala!

Além do retorno claro, é importante citar algumas particularidades do app:

 

iFood Shop

O iFood disponibiliza uma loja online que vende embalagens e ingredientes com descontos exclusivos para o seu estabelecimento.

Essa loja é destinada apenas a parceiros do ifood, que encontram valores realmente convidativos por lá.

Essa iniciativa resulta em uma boa economia de tempo, já que, de forma segura e prática, você consegue resolver compras como essas, sem deixar faltar itens necessários para o funcionamento do seu estabelecimento.

 

Seu time na entrega

Um dos planos do ifood permite que o restaurante faça a própria entrega.

Isso resulta em um maior controle do seu time, maior preparação e mais proximidade dos seus entregadores, sem necessitar utilizar os profissionais do aplicativo.

 

Sua marca mais forte

O consumo se transforma a cada dia e a utilização de aplicativos faz, cada vez mais, parte da rotina de milhares de brasileiros.

Estar presente em plataformas virtuais permite que sua marca quebre barreiras geográficas e seja conhecida por pessoas que dificilmente passariam na frente do seu estabelecimento.

Assim, você se torna mais conhecido e pode divulgar seus itens que, certamente, são um diferencial para sua clientela!

 

Acesso às informações de faturamento

Na tela inicial do parceiro ifood é possível visualizar informações de faturamento através de gráficos comparativos, valor de ticket médio e pedidos cancelados, em relação à semana anterior e a atual.

É possível, também, extrair relatórios de faturas referentes a qualquer período e visualizar tudo o que foi pago e o que em a receber do iFood.

 

Fácil implantação

Para implantar a plataforma no seu restaurante, é muito fácil. Após realizar o cadastro, você já pode começar a receber pedidos.

Ao utilizar o portal de parceiros e o iconnect, você já está pronto para atender clientes!

Planilha Fluxo de Caixa

Quais são os planos disponíveis?

o iFood possui dois tipos de plano: o iFood básico e o iFood entrega.

No iFood básico, a entrega é feita pelo seu restaurante. Neste plano, você monta sua equipe de entregadores e apenas utiliza a plataforma a seu favor.

As taxas são de 12% sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega. Para casos de pagamento pelo app, é adicionado 3,5% à taxa.

A mensalidade para aderir ao plano é de R$100. Para fazer parte deste plano, é necessário vender mais de R$1.800,00/mês.

 

No iFood entrega, é o próprio iFood que realiza as entregas do seu estabelecimento, com disponibilidade de entregadores de acordo com a sua região. Este plano só está disponível em algumas regiões do Brasil.

O valor de taxa cobrada passa a ser 27% em cima de cada pedido e a mensalidade custa R$130. Para fazer parte deste plano, é necessário vender mais de R$1.800,00/mês.

 

Ambos os planos possuem mensalidade grátis no primeiro mês. O contrato não possui fidelidade ou exclusividade e pode ser cancelado a qualquer momento.

 

Como o iFood me paga?

Os pedidos com pagamento pelo iFood são repassados ao restaurante via transferência bancária em até 30 dias.

Nas outras modalidades, você utiliza suas maquininhas de cartão para realizar pagamentos. Inclusive, o iFood também oferece maquininhas para este serviço, conheça as soluções aqui!

 

Nova call to action