Entenda como fazer a conciliação de vendas da sua empresa 

Por Ricardo Cici

Com o crescente número de vendas com cartão de débito e crédito nos últimos anos, os lojistas precisaram se adaptar rapidamente a nova realidade.

Com isso, muitos não implementaram um processo eficaz de controle e acompanhamento das vendas. 

O controle das vendas efetuadas com cartão de débito e crédito é extremamente necessário.

É dever do setor financeiro realizar o acompanhamento diário dessas informações.

Desse modo, é preciso efetuar a conciliação dos extratos das operadoras de cartões, com as vendas efetuadas na loja física ou virtual.

Esse processo dá a garantia ao empreendedor de que os valores não apresentam divergência.  

A conciliação de vendas consiste em acessar os sites das operadoras e dos bancos, para checar em todas as adquirentes os totais a receber e os valores cobrados de aluguel da máquina de cartão.

Esse processo de conciliação exige muita organização e disciplina. Cada etapa demanda tempo e atenção.  

O processo de conciliação de vendas demanda tempo e dedicação da área financeira. Esse método é essencial para garantir que os valores das vendas com cartões impactem corretamente no caixa, e que as taxas cobradas estejam de acordo com o que foi negociado. 

A falta de acompanhamento e controle das vendas com cartões de débito e crédito impacta diretamente no planejamento, controle e direção dos negócios.

A conciliação de vendas é essencial para o êxito financeiro e estrutural dos empreendimentos.

Com isso, buscamos apresentar os pontos de impacto da conciliação de vendas, e como a realização desse processo auxilia no bom funcionamento da empresa e na produtividade dos colaboradores.  

Para facilitar a implantação da conciliação de vendas na sua empresa, desenvolvemos um passo a passo de como realizar esse processo. Desse modo, basta seguir cada uma das etapas abaixo: 

 conciliação de vendas

1º Passo: Realize o controle das vendas reconhecidas pelas operadoras 

Automatizar o processo de conciliação de vendas permite que este seja realizado em um menor espaço de tempo, com custo reduzido.

Dispor de um único portal, onde os colaboradores possam verificar, visualizar e resgatar os dados e informações das vendas realizadas, facilita o processo.

Com o sistema de conciliação de vendas é possível verificar os extratos das adquirentes, visualizando informações gerais sobre o período e execução da venda.

Desse modo, é possível ter a garantia de que todas as vendas realizadas foram reconhecidas pelas operadoras, e que os pagamentos estão agendados. 

2º Passo: Realize a confirmação dos pagamentos previstos e realizados

É possível realizar a conciliação de vendas manual, por meio de planilhas, mas a automatização desse processo evita erros e divergência de informações.

Por isso, é necessário empregar recursos para efetuar a conciliação automática das vendas realizadas e da agenda financeira de todas as operadoras e bandeiras.

Com isso, é preciso encontrar a solução de conciliação de vendas certa para sua empresa. Clique aqui e conheça a Confere. 

Esse sistema possibilita que a empresa acompanhe o saldo pendente a receber, assim como a real liquidação dos valores previstos.

Além disso, os relatórios ajudam a identificar possíveis divergências e erros, possibilitando que o empreendedor se antecipe e tome as providências necessárias. 

3º Passo: Realize um atendimento flexível de diferentes bandeiras 

É primordial para o estabelecimento agregar as principais bandeiras de forma ativa e flexível.

Com essa flexibilidade a empresa pode trabalhar com as vendas de todos os estabelecimentos de forma consolidada.

Este recurso oferecido pela consolidação de venda automática, anula a necessidade do acesso para conferência diária dos lançamentos nos sites das operadoras.

Com isso, não é necessário verificar bandeira a bandeira, os totais a receber, pois o recebimento dos dados para consolidação, é realizado de forma padronizada, permitindo a conciliação das vendas de maneira mais eficiente. 

4º Passo: Realize o acompanhamento preciso dos cancelamentos e vendas parceladas 

Para ter uma gestão financeira eficaz é necessário conferir e controlar não apenas as vendas efetivadas, mas também as vendas canceladas e parceladas.

A visão gerencial e operacional das informações consolidadas oferece maior exatidão ao fluxo de caixa da empresa. O que permite a gestão das taxas e comissões a serem pagas aos parceiros, além de oferecer um controle mais eficiente de contas a receber. 

5º Passo: Realize a integração com o software de gestão da empresa 

O software de conciliação de venda permite a integração das informações de vendas contidas no sistema de gestão da empresa, com o portal para conciliação.

Esse processo ocorre por meio de uma estrutura padronizada, onde as informações são consolidadas no portal, facilitando o cruzamento com os dados das adquirentes e o acompanhamento do saldo pendente.

Além disso, é possível visualizar a devida liquidação dos valores a receber.  

A solução ideal precisa dispor de formas flexíveis de registro das vendas no portal. Por isso, é preciso escolher uma ferramenta que ofereça esses recursos.

Com uma plataforma eficiente a conciliação de vendas será muito mais eficaz.

Com a solução certa, a equipe poderá se dedicar a questões mais estratégicas, aumentando a velocidade e precisão na gestão financeira.

Para tanto, conheça o sistema da Confere, Clique aqui. 

 Planilha Controle de cartões

6º Passo: Realize a conciliação de vendas em dinheiro

Os sistemas e soluções de conciliação são, em sua maioria, voltados para vendas com cartão de débito e crédito.

Porém, mesmo em meio a popularização das transações virtuais, e o crescimento constante das vendas por meios eletrônicos, cartões de crédito e débito, o pagamento em dinheiro ainda é responsável por mais de 50% das vendas do varejo nacional.  

Há diversas formas de realizar a conciliação das vendas. Atualmente, é possível encontrar dois modelos eficientes de gestão de conciliação de vendas em dinheiro: o mais tradicional, onde o funcionário realiza, diariamente ao banco, um depósito identificado ou o pagamento de um boleto com os valores obtidos a partir do fechamento de caixa.

E o mais moderno, em que a empresa utiliza cofres inteligentes, normalmente operados por empresas de transporte de valores, que são responsáveis pela contagem e depósito dos valores de forma automática, diretamente na conta bancária da empresa. 

Ambas as modalidades podem ser facilmente empregadas pelo gestor financeiro da empresa, sendo primordial para a gestão e acompanhamento dos recebíveis.  

Nova call to action