Entenda o que é um conciliador de cartões

Por Miriam Barros

Para evitar riscos referentes às compras feitas pelos cartões de crédito de sua empresa, seja ela de moda masculina ou de transformador de solda, é importante usar um conciliador.

Da mesma forma que, se fizer uma venda e o cliente pagá-lo no cartão, este montante não cairá na hora, mas sim, após 30 dias, caso seja cartão de crédito ou em vinte e quatro horas, no débito (este é um período médio de repasse dos bancos)

Quer ter mais detalhes sobre o conceito? Então, continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que é um conciliador de cartões?

Simplificando, o conciliador é qualquer ferramenta dedicada a ajudar sua empresa a gerenciar as despesas de maneira rápida e conveniente.

Isso pode estar conectado a compras pequenas ou àquelas grandes e com muitas parcelas, como a aquisição de uma máquina de usinagem de peças, por exemplo. 

Apesar dessas novas ferramentas de gerenciamento de despesas, as empresas ainda contam com algumas técnicas para cuidar dos gastos da empresa:

  • Dinheiro em caixa: Muitas empresas mantêm uma quantia próxima, para momentos que necessitar urgentemente;
  • Reembolso de despesas: Isso ainda se usa, mas normalmente são empresas menores e com poucos funcionários. Como funciona: as pessoas pagam do próprio bolso as despesas da empresa, guardam os recibos, preenchem um formulário de solicitação de reembolso e recebem o valor condizente.

O que faz um bom software conciliador de cartões?

Quando se trata do tema, vale ressaltar que nem todos os softwares são iguais, assim como nem toda junta rotativa conta com as mesmas especificidades. Não importa o tamanho de suas operações, você precisa de uma solução que ofereça:

  • Acompanhamento de despesas em tempo real: não dá para esperar até o final do mês para descobrir quanto gastou. Em vez disso, encontre uma solução que rastreie este montante e forneça uma média confiável dos gastos;
  • Uma visão geral rápida e simples: se não se pode fazer uma análise básica de gastos de uma só vez, algo não está certo. Um bom software conciliador apresenta informações de despesas de forma clara e atraente, colocando você no controle;
  • Opções de pagamento personalizáveis: O software que contratou deve permitir que você escolha a quantia disponível para cada cartão e quanto pode ser usado;
  • Captura fácil de documentos: as empresas gastam muito tempo armazenando e processando documentos como faturas, recibos e pedidos de compra. Um bom conciliador de cartões também o ajuda a capturar e armazenar esses documentos de forma rápida e conveniente;
  • Automação que economiza tempo: Outro ponto a se destacar aqui (e que você, talvez, já soubesse) é a condição de economia de tempo, pois pode fazer com que se concentre em coisas mais importantes.

Isso pode parecer muito, mas se resume a uma ideia simples: encontre uma solução que ofereça a você e todo time de gestores, um conciliador de cartões que seja seguro e eficiente.

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

 

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais.