Fim de ano: Aprenda a separar as finanças pessoais e empresariais

Por Miriam Barros

Certas coisas não combinam bem. Por isso, suas finanças pessoais e as de sua empresa devem se manter separadas, como se colocasse cada uma dentro de um caixa de papelão, para organizá-las melhor. 

Isso não apenas ajuda a reduzir os problemas, mas também simplifica muito as coisas e faz com que toda a gerência fique mais fácil.

Não sabe por onde começar? Então vem com a gente, pois separamos 4 dicas importantes e fáceis para te ajudar!

Tenha um cartão de débito ou crédito empresarial

Ter um cartão de débito ou crédito empresarial permite que você pare de usar contas pessoais para transações comerciais, além de ser uma maneira fácil de traçar uma linha clara entre despesas pessoais e comerciais.

Há marcas especializadas que fornecem acesso em tempo real ao seu saldo, para que possa acessar seus fundos assim que fizer uma venda.

Além disso, pode-se verificar as despesas comerciais e pessoais em apenas um app, tornando mais fácil este controle de despesas comerciais.

Quanto mais utiliza o cartão de crédito empresarial, maior será sua pontuação. Porém, obviamente, deve-se pagar suas contas em dia.

Um perfil de crédito empresarial forte pode aumentar seu poder de endividamento e ajudá-lo a se qualificar para empréstimos com taxas de juros mais baixas.

Abra uma conta corrente comercial

Se você deseja, de fato, manter suas finanças pessoais e comerciais separadas, abrir uma conta corrente para o seu negócio (seja uma loja eletrônica ou uma empresa de placa de circuito impresso) é uma tarefa óbvia. 

Você é aquela pessoa metódica quanto ao uso do cartão de débito, juntamente com seu cartão de crédito? Fique tranquilo, pois aqui você terá uma imagem clara e completa das despesas.

E, quando chegar a hora do pagamento, bastará uma simples revisão de seus extratos bancários.

Pague um salário para você mesmo

Você é seu próprio patrão. Então, separe um salário em cada mês e deposite em sua conta corrente pessoal. E, a seguir, comporte-se como se estivesse trabalhando para outra pessoa. 

Ou seja, assim que o dinheiro estiver acabando, dê uma diminuída nos gastos e espere pacientemente pelo próximo pagamento. 

Com relação às necessidades pessoais, trate suas contas comerciais, seja ela conta corrente ou cartão de crédito, com muito cuidado e detalhamento diário, tudo para não perder o controle e misturar as finanças numa espécie de batedeira industrial, por exemplo.

Separe e guarde seus recibos

Qual a melhor maneira de demonstrar seu compromisso em manter suas despesas pessoais e comerciais separadas? Claro que é separando e guardando todos os recibos físicos em um local de fácil acesso. 

Adquira algumas pastas e, mesmo que possa parecer muito ‘anos 80’, tudo o que é físico é mais fácil de guardar.

Essa prática simples ajuda você a dormir melhor sabendo que, se determinados fiscais aparecerem na porta de sua empresa, você está preparado.

Gostou deste conteúdo? Então, não se esqueça de compartilhar a publicação com seus amigos e familiares!

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.