Frete para loja online: como deixar mais barato e ainda vender mais

Por Miriam Barros

Em negócios B2B, B2C, franquia ou plataformas White Label: independente do ramo da sua empresa ou modelo de trabalho, como lojista que comercializa produtos, é necessário ter em mente a necessidade de oferecer um frete justo e competitivo.

Afinal, muitas vezes o valor do frete acaba sendo tão acima do esperado pelo consumidor que ele desiste da compra na sua loja para pesquisar em um concorrente ou em lojas físicas mesmo.

Para te ajudar nesse problema, confira abaixo algumas dicas de como conseguir vender mais com um preço de entrega correto.

Loja online Confere SHOP

O que é o frete da loja online?

A compra de produtos pela internet é algo cada vez mais natural no dia a dia das pessoas. 

Especialmente após o ano de 2020, em que muitas pessoas tiveram de ficar mais em casa e no modelo home office, por conta da pandemia do novo coronavírus, a compra online se tornou parte da rotina.

Também por conta da pandemia, houve um aumento exponencial em vendas online e de crescimento de MEIs. Ampliando em oportunidades e estratégias para ser lucrativo e competitivo.

Mas o que seria o frete da loja online? Já parou para pensar no que significa esse “custo extra” em sua compra? E por que alguns são gratuitos?

Em primeiro lugar, vamos a definição: o frete da loja online, ou e-commerce, é o preço que se paga pelo uso ou locação de qualquer transporte de mercadorias ou equipamentos, que pode ser rodoviário, aeroviário, ferroviário etc.

O preço flutua de acordo com diversos fatores, como o tipo de modal, a carga, o peso, volume e distância percorrida até o ponto de entrega final da mercadoria.

Um frete se torna gratuito quando o lojista assume o custo total, não repassando ao consumidor final o preço total ou parcial. Geralmente, isso acontece quando a compra está acima do valor de ticket médio ou em datas especiais, como promoções sazonais e Black Friday.


O preço do frete é tão importante?

Existem muitas vantagens de comprar online e o consumidor final se beneficia da praticidade e até mesmo do tempo de entrega. No entanto, em algumas situações, o preço do frete não compensa todas as vantagens de comprar por e-commerces.

Por isso, podemos dizer que o preço do frete não só é importante, como pode ser decisivo para a compra. 

De acordo com um levantamento feito pela Moosend, 60% das desistências de compra online acontecem por conta do preço da entrega. 

Em alguns casos, o preço do frete acaba até mesmo ultrapassando o valor final da compra, o que acaba impactando e muito na desistência do cliente que pode preferir um concorrente, inclusive.

Se você tem uma loja online, é necessário ficar de olho nos custos de frete, pois muitas vezes o valor alto do frete pode estar relacionado a erros internos de cadastro, problemas de logística, dimensões erradas, peso incorreto e tabelas de frete com campos preenchidos incorretamente ou com informações faltando.

Nova call to action

Frete como fator decisivo no momento da compra

Assim como cupons de desconto, brindes personalizados, tempo de entrega e preço do produto, o valor do frete é fundamental para o momento de compra. E como vimos acima, 60% dos consumidores já relataram desistir de uma compra por não ter um frete vantajoso.

Para não cair no erro, é necessário buscar entender os diferentes modalidades de frete e as opções possíveis para conseguir manter a mesma qualidade de entrega sem ficar no prejuízo e nem espantar o cliente com valores que façam seu cliente pensar que a compra não vale a pena:

 

Modalidades de frete

Existem dois tipos principais de modalidades de frete: o frete CIF e FOB:

CIF

CIF, da sigla em inglês: Cost, Insurance and Freight, significa Custo, Seguro e Frete. 

Nesse tipo, a responsabilidade, gerenciamento e custos são de responsabilidade do remetente da carga. O cliente paga um valor único que cobre todos esses custos, incluindo valor de impostos como o ICMS;

FOB 

O frete FOB, da sigla Free On Board, em tradução literal significa livre a bordo. 

Nesse tipo de modalidade, o cliente fica responsável pelos processos logísticos, como pagamento de custos de seguro e transporte no momento da entrega, sendo a opção mais usada em transações entre empresas B2B, que muitas vezes possui um comprador com seu próprio processo de logística e rede de parceiros que otimizam prazo e custo de frete.

 

5 dicas para deixar o frete mais barato

#1 Faça cotação com mais de uma transportadora

Trabalhe sempre com mais de uma opção! Antes de fechar um negócio, avalie todas as opções oferecidas pelas transportadoras para encontrar o melhor custo-benefício. 

E quando falamos de custo-benefício, tenha cuidado para que o barato não saia caro. 

Afinal, você não quer trocar o problema do frete caro por atrasos em entrega, não é?

 

#2 Evite devoluções

Essa dica pode parecer óbvia, mas não é! Um dos fatores que encarece o preço da logística são as devoluções, seja por insatisfação com o produto ou erro no envio. 

No caso da insatisfação, aqui estamos falando de oferecer um produto de qualidade ou até mesmo caprichar melhor na descrição, imagens e vídeos do produto, mas no caso de erro de envio, trata-se de algum gargalo nos processos internos. 

Se estiver ocorrendo com frequência, é importante rever os processos.

 

#3 Use frete mais barato para recuperar carrinhos abandonados

Uma estratégia para vender mais é tentar recuperar o cliente que abandonou o carrinho com o remarketing. 

Dessa forma, é possível pensar em ofertas ou descontos para o produto que aquele cliente em potencial já demonstrou interesse de compra. 

Nessa etapa, é importante avaliar se o preço do frete realmente pode ser reajustado.

 

#4 Faça kits de produtos

Outra dica para aumentar as vendas são os kits de produtos. Observe quais são os produtos mais vendidos juntos e ofereça frete grátis ou frete reduzido na compra combinada. 

Nesses casos, os dois lados saem ganhando, pois o cliente leva tudo que tem interesse por um frete único.

 

#5 Crie promoções de fretes para regiões específicas

Essa dica está diretamente ligada com a logística de rotas de entrega. Favorecer uma região ou cidade com um frete especial pode aumentar as vendas para o local e baratear o custo do frete por conta da distância reduzida entre um cliente e outro. 

Coloque essas dicas em prática e aproveite para vender mais e satisfazer seu cliente com um frete justo!

New call-to-action

Este texto foi escrito por Paula Moraes.