Ganhar dinheiro online: o que vender para aumentar sua renda?

Por Miriam Barros

Vender produtos online é uma ótima alternativa para quem busca ganhar dinheiro, seja para complementar renda e adquirir independência financeira ou mesmo iniciar um negócio. 

Com tantos nichos e possibilidades, o comércio digital oferece diversas alternativas para você prospectar clientes, gerar faturamento e trilhar um caminho de sucesso no e-commerce.

Neste sentido, você pode vender desde cursos e serviços online, até criações próprias, artesanatos, e, por que não, revender produtos de marcas famosas.

Definir o que vender, por sua vez, é um passo decisivo na sua estratégia para ganhar dinheiro online e deve fazer parte do planejamento de sua loja virtual ou do posicionamento em um marketplace.

Pensando nisso, neste artigo separamos dicas de produtos para suas vendas online e estratégias para você começar uma trajetória bem-sucedida no mercado digital!

Confere Shop loja online grátis

Como funcionam as vendas online?

Podemos dizer que vendas online se caracterizam como qualquer transação feita no ambiente virtual.

Isso significa que todo o ciclo de vendas é mediado por plataformas digitais e sem necessidade da interação física entre o vendedor e o consumidor.

Vender pela internet, aliás, é uma ótima forma de dar o startup em um negócio sem gastar muito, uma vez que o e-commerce reduz custos com aluguéis e você pode contar com muitas ferramentas gratuitas para gerir sua empresa. 

Para termos uma ideia, em 2020, o comércio online cresceu 41% em 2020 e teve sua maior alta nos últimos 13 anos. 

E o ritmo de crescimento continua intenso: o primeiro trimestre de 2021, por exemplo, superou o faturamento do mesmo período do ano passado em 57,4%.

As vendas para que você possa ganhar dinheiro online podem ser feitas por diferentes canais, incluindo: 

Com isso, basta definir o que será vendido e promover os produtos ou serviços para atingir seu público-alvo e ter mais chances de ganhar dinheiro online.

Vender ou Revender: diferença e qual a melhor opção para minha loja online 

Como mencionado, as opções de negócios online são bem abrangentes, e incluem tanto a venda como a revenda de produtos ou serviços. 

A escolha entre venda e revenda dependerá dos seus objetivos e do tipo de loja que sonha em estruturar. 

Caso você queira uma renda extra e não possui tempo para produzir produtos ou fazer compras por atacado a revenda seria a melhor opção.

Nesta situação, você pode buscar marcas que possuem programas de revendedores ou comprar produtos em pequena escala para revenda, como calçados e eletrônicos, por exemplo.

Vale lembrar, no entanto, que a competitividade na revenda é maior, visto que várias lojas oferecem o mesmo produto.

Diferente deste cenário, a venda pode contar com a sua criatividade e a personalização de produtos ou serviços, o que traz um diferencial para o seu negócio.

Mas o que vender? Separamos uma lista com 5 segmentos de produto que são uma tendência no e-commerce brasileiro. 

Nova call to action

5 tendências de produtos para vender ou revender online

Um estudo feito pelo Sebrae aponta que existem mais de 50 nichos que o varejo online pode explorar. Alguns deles têm muitos pontos fortes, especialmente para quem está começando e ainda não tem certeza no que investir. 

Para te ajudar a escolher o que melhor se encaixa para sua loja virtual, apresentamos 4 tendências que você pode aproveitar para aumentar seu faturamento e ganhar dinheiro online. 

 

#1. Moda e beleza

Uma pesquisa feita pelo Google mostrou que 3 a cada 4 pessoas compram itens do setor de moda e beleza no e-commerce.

Por mais que as indústrias tenham passado por uma desaceleração devido à pandemia, o futuro traz perspectivas promissoras.

Não por acaso, o Google também registrou um aumento de 284% nas buscas por “provador virtual” em seu navegador, o que é um indicativo do interesse por itens deste segmento.

Os setores de moda e beleza são dinâmicos, e as tendências de roupas, acessórios, cosméticos e calçados se renovam a todo momento.

Dessa forma, o consumo acaba se mantendo, mesmo em épocas de crises, o que é uma boa vantagem para quem deseja criar uma loja virtual de roupas ou de beleza.

Além disso, há a opção de segmentar as vendas por gênero, idade, entre categorias de peças também. Seriam elas:

  • Moda masculina, feminina e agênero;
  • Moda infantil, praia, retrô, fitness, brechó;
  • Perfumaria;
  • Higiene pessoal;
  • Cosméticos.

 

#2. Aparelhos eletrônicos

Com o modelo de home office e o crescimento do EAD (Ensino a Distância), a venda online de aparelhos eletrônicos teve um aumento significativo.

Os laptops foram o número um em aumento de vendas. Foi registrado um crescimento de mais de 600%, seguidos de tablets com 491%.

Além destes, itens relacionados a conforto e entretenimento também estiveram em alta.

Isso porque, com o isolamento social, as pessoas tiveram que adaptar suas casas para atividades que antes eram feitas fora.

Este setor é dos mais competitivos, pois a maioria das lojas são revendedoras. 

No entanto, existe também a possibilidade de buscar por parcerias e nichos dentro deste mercado. Você poderá, por exemplo, focar em acessórios específicos, como itens para smart home.

 

#3. Serviços e cursos online

No primeiro semestre de 2021, a venda de cursos online foi 60% maior que no mesmo período no ano anterior.

Especialistas das mais diversas áreas começaram a empreender vendendo seus conhecimentos e capacitando muitas pessoas durante a pandemia.

Um curso gravado, além disso, possui muita escalabilidade por ter “o trabalho de produção” somente uma vez.

Neste sentido, o segmento de cursos online surge como mais uma forma de se ganhar dinheiro na web e ter sucesso no e-commerce.

 

#4. Artesanatos e itens de decoração

Itens de decoração também ganharam mais visibilidade e faturamento no comércio virtual. Houve um aumento de 28% nas vendas de tais produtos em 2020.

Diferentes especialistas apontam que este crescimento se deu pela necessidade de renovarmos os ambientes internos, nos quais começamos a passar mais tempo com a pandemia.

Conforme a reportagem citada acima, por exemplo, a procura por mercadorias para cozinhas aumentou 272%.

Para se destacar neste mercado, a personalização e customização são elementos importantes. Afinal, você pode vender uma coisa que só você sabe fazer.

Neste sentido, se você tem ideias criativas, coloque-as na mesa, pois elas têm espaço no mercado digital.

 

#5. Esporte e Fitness

Para fechar nossa lista, outro segmento que vem crescendo no mercado digital é o da venda de produtos esportivos e ligados à cultura fitness.

E isso inclui desde trajes esportivos e camisas de times de diferentes modalidades até itens para uso em academias, treinos, caminhadas e corridas.

Vale salientar que a prática esportiva no Brasil tem crescido ano após ano. 

No ano passado, 69% dos entrevistados em uma pesquisa do Google realizada no país afirmaram praticar esportes. 

Em 2020, por exemplo, a venda de artigos esportivos na internet cresceu mais de 127%. 

New call-to-action

Como escolher o que vender para ganhar dinheiro online?

Para escolher o que vender online, é preciso analisar todos os pontos apresentados neste artigo. Você pode se fazer perguntas como:

  • O que posso oferecer?
  • Qual tipo de negócio online se encaixa na minha rotina?
  • Qual nicho de mercado possui mais demandas não atendidas?
  • Em quais mercados possuo mais conhecimento ou interesse?

Estas perguntas te ajudarão a escolher a melhor opção de produto ou serviço.

A escolha do que será vendido depende também do quanto de investimento você tem disponível.

No caso de revendas, lembre-se de verificar a procedência do produto, saber sua origem e deixar isso evidente para os consumidores de seu e-commerce.

As revendas podem ser feitas com produtos consignados. Isso significa que a mercadoria que não foi vendida pode ser devolvida ao fornecedor, o que diminui o custo de investimento inicial.

A importância de uma loja virtual para vender na internet

Para ganhar dinheiro online, não basta apenas oferecer bons produtos. A credibilidade que a loja transmite para os seus consumidores é crucial para garantir que as vendas sejam concretizadas.

Por isso, é importante pensar em questões que vão da qualidade das fotos de seus produtos até a segurança do site.

Neste sentido, para que seus consumidores tenham uma boa experiência durante sua jornada, uma plataforma de loja virtual é o mais indicado.

Com isso, você terá mais autonomia para personalizar sua loja, além de ter suporte e conseguir fazer a administração e pagamento em uma interface só.

A Confere SHOP, por exemplo, é uma plataforma gratuita para lojas com todos os recursos para a estruturação e otimização das vendas de seu e-commerce.

Confira os benefícios que a Confere oferece para você:

  • Você poderá fazer a distribuição de seus produtos nos principais canais logísticos do país;
  • Configurar uma loja com usabilidade e identidade visual atrativas;
  • Contar com os principais meios de pagamento;
  • Divulgar seus canais de contato nas redes sociais;
  • Dispor de ferramentas de gestão financeira, fluxo de caixa e conciliação bancárias.

 

Ficou interessado? Então aproveite para saber como começar uma loja virtual neste guia completo e comece a ganhar dinheiro online o quanto antes!

Conclusão: afinal, as vendas online valem a pena? 

De fato, vendas online são uma boa opção para quem busca ganhar dinheiro online e conquistar a independência financeira. 

Como vimos, o e-commerce brasileiro tem crescido muito nos últimos anos, tornando-se um ambiente excelente para a geração de negócios e novas jornadas de empreendedorismo. 

Além disso, suas vantagens não param por aí. O custo-benefício de vender online, por exemplo, costuma ser mais competitivo do que as vendas em lojas físicas.

Neste sentido, para concluir, nós separamos três benefícios das vendas online para quem busca ganhar dinheiro no varejo digital.

 

Maior alcance

Em lojas virtuais, o seu produto não fica restrito a uma limitação geográfica, e pode ser vendido para todo o território nacional.

Isso expande as possibilidades de público e também a oferta de fornecedores dos produtos que você deseja vender.

 

Redução de gastos

Outra vantagem que podemos listar é a economia com aluguéis, energia, IPTU e outras taxas relativas aos espaços físicos.

Além disso, como frisamos, você pode contar com a Confere SHOP e outras ferramentas gratuitas para alavancar seu negócio. 

 

Flexibilidade

Com a sua própria loja online, você é o seu próprio chefe. 

Ou seja, você determina os seus horários de trabalho, pode trabalhar permanentemente de casa e até conciliar as vendas na internet com outros trabalhos. 

 

Autonomia e Criatividade

Você pode escolher trabalhar também com um mercado que tem afinidade, vender suas ideias e produtos criativos.

Além disso, você não fica refém das oportunidades de trabalho somente disponíveis na região em que mora.

 

Mas lembre-se: 

Para ganhar dinheiro online e aumentar as vendas de uma loja, é necessário ter dedicação, compreender como funciona o nicho de mercado escolhido e oferecer um produto que se destaque em meio aos outros.

Ademais, é importante verificar a legislação específica para cada tipo de produto ou serviço que deseja ofertar.

A boa notícia é que, com um plano de negócio inteligente e uma boa estratégia de marketing digital, você, certamente, terá mais chances de ganhar dinheiro online e construir uma jornada de sucesso no e-commerce!

New call-to-action

Este texto foi escrito por João Barros.