Loja virtual x loja física: qual a melhor escolha? Veja o comparativo

Por Miriam Barros

Entrar no mundo digital tem seus desafios e desvantagens e não é diferente quando o assunto é ter uma loja. 

A prática de comprar pela internet segue ganhando força no Brasil e no mundo e a presença digital de um negócio pode ser o ponto de virada na redução de custos e significar um crescimento considerável nas vendas.

Segundo a pesquisa Webshoppers 43, realizada pela consultoria Ebit/Nielsen em parceria com o banco Bexs, o consumo online de brasileiros aumentou 41% em 2020 e ganhou 13,2 milhões de novos consumidores em comparação com 2019.

Fato é: o mercado online está a todo vapor. Mas, será que o online é a melhor escolha para a sua loja? Nesse texto trazemos os principais benefícios e as características de uma loja virtual em comparação com lojas físicas. 

Nova call to action

Loja virtual x loja física: qual é a mais rentável?

A resposta para essa pergunta é a típica resposta de advogados: depende. Tanto as lojas online quanto às físicas têm suas vantagens e a questão é analisar qual faz mais sentido para o seu negócio e para isso, é importante analisar 3 pontos chave:

  • As características do seu produto;
  • As características das pessoas que se interessam pelo seu produto; 
  • O dinheiro que você tem para investir 

Analisando esses pontos, você chegará a uma resposta sobre qual modelo de negócios pode funcionar melhor para a sua realidade, se é a loja online ou a loja física.

De todo modo, vale saber quais são as vantagens e desvantagens dos dois modelos e para isso, o post de hoje resolve seus problemas. 

 

As lojas físicas vão acabar?

Ainda que o crescimento do e-commerce seja inegável, isso não significa que lojas físicas estão com os dias contados. 

A questão é que a presença 100% offline já não será possível a longo prazo. Aquela loja que depende somente do movimento da rua ou do shopping para vender... essa sim tem poucos dias pela frente. Alinhar sua estratégia offline com a online já não é mais uma opção.

Cada vez mais o primeiro impacto de um produto em uma pessoa se dá pela internet e a tendência é a de ter uma estratégia multicanal – ou seja, de presença física e digital.

Vantagens de ter uma loja virtual

Agora que já falamos sobre a necessidade da presença digital, resta saber quais são as vantagens e desvantagens desse modelo, afinal, nem tudo é sinônimo de facilidade no online. Vamos ver ponto a ponto o comparativo loja física x loja virtual?

 

Sem limitação de local ou espaço

Um grande problema de se manter somente no offline com sua loja física é que o local em que ela está situada limita suas vendas. Perceba: uma loja no fundo de uma galeria escondida têm menos chances de impactar clientes do que um site com uma boa estratégia de marketing e posicionamento digital.

Além disso, se mantendo apenas no ambiente físico, a tendência é que você impacte apenas pessoas da sua região. Com uma loja virtual essa situação se inverte e é possível impactar e vender para pessoas do Brasil ou do mundo todo.

E não é só. A depender do tamanho da sua loja, você não conseguirá exibir todas as opções para seus visitantes. Em um site, essa situação muda. Você consegue deixar TUDO à mostra para escolha do cliente a depender do espaço de armazenamento do seu site. Já tinha pensado nisso?

 

Horário de funcionamento 24 horas

Pessoas não funcionam 24h por dia e 7 dias da semana, mas um site sim. 

Uma loja física tem hora de início e fim de expediente, diferente de uma loja virtual. No virtual, você consegue se manter na ativa e vender até dormindo, tem algo melhor do que isso? 

Online, a sua loja funciona no horário e no dia que sejam mais confortáveis para seu potencial cliente, o que é um ponto para você no quesito ganho financeiro e para o cliente no quesito comodidade.

 

Custo de operação mais baixo

Os custos operacionais para colocar uma loja virtual “de pé” são muito menores do que o investimento inicial para uma loja física, que passa desde o aluguel do espaço até o custo com reformas e com equipamentos necessários ao local.

Para o online, seu custo inicial será principalmente de hospedagem do site e esse custo é bem menor do que o valor de um aluguel mensal.

Importante considerar que algum valor em aluguel não está descartado. É possível que você precise de um local para o estoque dos seus produtos, mas com certeza esse local não precisa ser bem localizado e em uma região propícia para vendas, o que diminui o investimento em aluguel.

No mais, no virtual você terá outros custos operacionais, como por exemplo com tráfego pago para conseguir anunciar na internet, mas, ainda assim, o custo para começar é consideravelmente inferior ao de começar offline.

 

Não é necessário ter tantos funcionários

Para operar uma loja virtual você precisará de menos funcionários do que para operar uma loja física. Isso significa uma redução significativa nos custos. A maior parte dos processos no ambiente online são automatizados e com isso a necessidade de recursos humanos é menor, uma vez que uma única pessoa consegue cuidar de mais de uma etapa.

Agora, é importante que com o crescimento da loja virtual e o aumento na complexidade operacional, você passe a delegar mais funções e a ter mais gente nos bastidores.

 

Mais opções para se relacionar com o cliente

Ao trazer sua loja para o ambiente virtual, você ganha em relacionamento com o cliente. Através de informações como o telefone e o e-mail, você consegue manter o contato a longo prazo e de maneira mais confortável com quem comprou de você e gerenciar isso de forma centralizada e sistematizada (CRM – Customer Relationship Management).

Você pode por exemplo ter uma newsletter sobre assuntos relacionados ao seus produtos e que possam ser do interesse de visitantes da loja ou, ainda, disponibilizar materiais gratuitamente que inspirem novas compras.

Outra vantagem é que no ambiente físico é mais difícil rastrear preferências de seus visitantes.

No digital, através de ferramentas como o google analytics, você consegue saber desde o caminho do cliente até sua loja (se foi através de redes sociais ou de busca no google, por exemplo) até que tipo de produto o cliente deixou no carrinho, o que te permite opções de remarketing personalizadas.

 

Comodidade para o cliente

Comprar no ambiente virtual é prático. Você não precisa ir até a loja ou andar até encontrar aquilo que procura. Com um bom sistema de buscas no site, o cliente consegue encontrar exatamente o que buscava e na distância de um clique.

A agilidade na compra e para obter informações também é vantagem. O cliente consegue ver a descrição dos produtos, os tamanhos, a quantidade em estoque, o preço e os modelos disponíveis em tempo real e não precisa aguardar alguém conferir e nem enfrentar filas para pagar.

 

O gargalo do frete e seus prazos

Uma grande questão em lojas virtuais é, com certeza, a questão do frete

Por um lado, o frete é uma comodidade, pela desnecessidade de buscar in loco o produto e por outro, um desconforto em razão do valor e do prazo de entrega que podem ser maiores do que o desejado pelo cliente.

A logística deve ser bem pensada para dar conta das demandas. A eficácia na entrega é responsável pelo retorno de clientes e é ponto chave, uma vez que na loja física a entrega é instantânea, junto do momento da compra, assim como existe a possibilidade de pagamento em espécie.

Dentre os motivos de abandono de carrinho de compra em sites, 25% dos casos se dão pelo alto valor do frete. De todo modo, o gargalo do frete não representa um impeditivo para vendas online! Algumas soluções para contornar a questão são:

  • Estipular um valor fixo de frete;
  • Oferecer frete grátis;
  • Terceirizar a entrega por transportadoras;
  • Dar a oportunidade de comprar na loja virtual e retirar na física, no caso de ter as duas.

Automatização de processos

São muitas as etapas que podem ser automatizadas em uma loja virtual, desde o atendimento ao cliente, configuração de preços, controle de estoque, rastreio do pedido pelo cliente até gestão de finanças. 

Isso agrega ao virtual mais vantagens: a organização das informações para análise de resultados; a redução da burocracia; maior segurança financeira e maior controle do negócio como um todo.

No entanto, é importante pensar em humanização nessa automatização. O contato direto com o cliente ainda é importante, principalmente se pensarmos na desconfiança que a internet ainda gera em muitas pessoas. 

Ter um canal aberto com clientes aumenta sua credibilidade e nesse ponto, pode ser interessante oferecer atendimento personalizado através de redes sociais, WhatsApp e e-mail.

Loja online Confere SHOP

Como as lojas físicas e virtuais podem se complementar?

É preciso se adaptar às tendências e o e-commerce veio para ficar, mas o melhor dos mundos é proporcionar uma experiência completa ao seu cliente e isso é possível através de uma estratégia que agregue loja física e virtual, permitindo um maior alcance e mais oportunidades de venda e de contato.

Se sua dúvida é como fazer para a modalidade virtual complementar a física, aqui vão duas sugestões:

Primeiramente, possibilite a compra online com a retirada de produtos na loja física. Isso contorna o problema do frete quando esse for um impeditivo para a compra. 

Além disso, a experiência do cliente ir até a loja pode ser uma nova oportunidade de oferecer produtos que complementam a primeira compra e, também, um fator que agregue no encantamento do cliente com a marca.

Ainda, dê a opção de troca na loja física. Isso é mais prático do que um serviço de logística e possibilita um novo contato com outros produtos.

Sempre terá quem prefira ver os produtos cara a cara e optando por uma estratégia on e offline, você não deixará dinheiro na mesa e terá mais oportunidades de vendas. De todo modo, para começar, você já sabe como abrir uma loja virtualmente?

Como abrir sua loja virtual?

Falamos nesse texto sobre as vantagens de ter uma loja virtual e o comparativo com a loja física. Se todas essas informações te inspiraram, que tal começar agora?

Se você não sabe o que fazer primeiro, vamos mostrar o caminho de como abrir sua loja virtual.

Neste guia completo de como abrir sua loja virtual, você aprende onde comprar o domínio da sua loja, ferramenta para criar seu e-commerce, como fazer um plano de divulgação e muito mais!

Esse texto foi do seu interesse e te ajudou? Então não deixe de acompanhar os outros artigos do nosso site!

New call-to-action

Este texto foi escrito por Luiza Cristina Sousa.