A maquininha Rede Pop da Credicard vale a pena?

Por Miriam Barros

Aqui na Confere nos deparamos com os mais diversos cenários envolvendo pequenos empresários do Brasil, e uma coisa podemos afirmar: escolher a maquininha ideal para o negócio faz toda diferença. Para te ajudar nessa escolha, neste artigo vamos falar da Rede Pop, antiga Pop Credicard.

Explorar os pontos positivos e negativos, as taxas e as funcionalidades das maquininhas de cartão é a melhor forma de tomar uma decisão e apostar em qual operadora contratar.

Este é um momento delicado, e nem sempre escolher a máquina de cartão mais popular é o melhor caminho.

Isso porque cada negócio possui uma demanda diferente, um fluxo de vendas e públicos com perfis próprios de consumo.

Sendo assim, na prática, analisar primeiro o contexto da empresa antes de decidir qual maquininha de cartão escolher é o movimento mais inteligente e estratégico.

Com ampla disposição de modelos e marcas, a ideia é analisar qual possui o melhor custo-benefício. 

Dessa forma, seu negócio conseguirá um modelo ideal para alavancar as vendas e não prejudicar o financeiro da empresa.

Dito isso, exploraremos ao longo do texto as maquininhas da Rede Pop, suas funcionalidades, taxas, vantagens e desvantagens.

Informações suficientes para você analisar mais uma opção. Lembramos que essa análise é completamente imparcial e baseada em dados expostos pelas próprias operadoras. #ConfereAi!

Uso do cartão como meio de pagamento

O cartão de crédito dominou o mercado financeiro e virou o queridinho do consumidor. 

Isso estimulou o mercado abrindo espaço para o surgimento de várias maquininhas, operadoras e adquirentes.

Os pagamentos por meio de cartões costumam trazer muitas vantagens aos consumidores e também para os próprios comerciantes.

Além da segurança, o cartão possui algumas vantagens que aliviam o bolso na hora da compra, incluindo a possibilidade de parcelamento e de condições interessantes de pagamento.

Além disso, os cartões costumam fornecer bônus que podem ser revertidos em prêmios, milhas e viagens.

Por ser um dos meios favoritos para realizar compras, os cartões se tornaram essenciais para qualquer negócio que deseja aumentar as vendas.

Para termos uma ideia, nos últimos anos foi detectado um aumento considerável na utilização de cartões, especialmente na função crédito e nas compras online. 

De acordo com o SPC Brasil, 52 milhões de brasileiros utilizam o cartão de crédito para fazer compras.

Outra pesquisa recente mostra que 82% dos consumidores já escolhem o cartão como meio de pagamento para compras parceladas.

Mas esse não é o único dado que reforça a importância dos cartões para a sua loja. 

Em 2020, foi detectado um acréscimo de 12% e 26% no número de cartões de crédito e débito ativos no mercado.

Além disso, quando comparado a outros países da América Latina, o Brasil é a nação que mais usa o cartão de crédito, tanto em lojas físicas, como em e-commerces.

Mas, vale frisar que esse cenário ainda não aponta para um horizonte sem o dinheiro físico, em notas.

Outro estudo da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelou que 71% dos pesquisados ainda preferem o dinheiro em nota como meio de pagamento.

Entretanto, o cartão de débito já representa 66% e o de crédito 57% dentre os meios preferidos de pagamento. Ou seja: diversificação é a palavra da vez!

Coincidentemente, junto ao aumento do uso de cartões houve a expansão do comércio eletrônico e a digitalização dos serviços financeiros.

A transição entre comércio físico e eletrônico tem sido rápida. Em 2020, por exemplo, o e-commerce cresceu 75%, representando 11% das vendas do varejo brasileiro. 

Nesse sentido, contar com diferentes meios de pagamento é essencial para vendedores.

Sobre a Pop Credicard

A Pop CrediCard é uma empresa do Banco Itaú que oferece soluções de pagamentos, como maquininhas e cartões de crédito.

Até recentemente, a Credicard tinha disponível no mercado três modelos de maquininhas: Mini Pop, Mega Pop e Pop.

Cada dispositivo era pensado para um público específico, contendo diferentes funções, como conexão Wi-Fi e 3G, com bobinas e sem bobinas, pensadas para balcão e delivery.

Atualmente, a linha de maquininhas da Pop Credicard passou por um rebranding e recebeu o nome de Rede Pop

Mas esta não foi a única mudança. Agora há disponível no mercado somente um dispositivo, chamado maquininha Rede Pop Chip Wi-Fi.

 

Maquininha de cartão Rede Pop

A Rede Pop (antiga Pop Credicard) é uma maquininha de cartão indicada para empreendedores que possuem baixo a médio volume de vendas. Por ser portátil, é indicada para vendas internas e externas.

Suas especificações técnicas são:

  • Chip próprio e pacote de dados;
  • Conexão 3G ou Wi-Fi;
  • Bateria de 8 horas de duração;
  • Tamanho de 12,9 cm (C) x 7 cm (L) x 1,7 cm (A) e 155g;
  • Teclado físico e visor colorido;
  • Recibo por e-mail ou SMS;
  • Aceita tarja, chip, NFC, Apple Pay e Samsung Pay.

A solicitação da maquininha deve ser feita pelo site da Rede Pop. No processo, é preciso preencher um cadastro online com os dados pessoais.

Pessoas jurídicas e físicas podem solicitar a máquina de cartão, e no formulário de cadastro é aceito CPF ou CNPJ.

Além dos dados pessoais, informações sobre o negócio também são pedidas, como nome fantasia, ramo de atuação, faturamento médio.

No fim do cadastro é necessário informar uma conta bancária para ficar associada a maquininha de cartão, na qual será recebido o dinheiro das vendas.

A conta precisa estar registrada com o mesmo CPF ou CNPJ do cadastro do pedido da maquininha.

A conta bancária é uma exigência e não há cartão pré-pago. O que podemos considerar uma desvantagem.

 

Bandeiras e Taxas

A maquininha da Credicard aceita as principais bandeiras do mercado: Mastercard, Visa, Elo, Amex, Hiper, Hipercard.

Para quem já é cliente e deseja habilitar outras bandeiras (benefícios, por exemplo), existem alguns pré-requisitos que são melhores explicados no site da Rede Pop.

Na Rede Pop Chip + Wi-Fi há somente um plano de taxas. Veja:

  • Débito 1,99% (saldo em 1 dia);
  • Crédito à vista 4,97% (saldo em 2 dias);
  • Parcelado 4,97% + 1,99% (saldo em 2 dias).

As vendas parceladas possuem taxa inicial de 4,97%, como vimos, acrescido de 1,99% por parcelas. Essas taxas podem ser pagas pelo comerciante ou serem repassadas para o consumidor pela função “Parcelado Emissor”.

Não há opção de receber em 30 dias vendas no crédito, como comumente vemos. Essa é uma desvantagem, pois o comerciante não possui escolha e não há taxas menores.

 

Aplicativo Rede Pop

As transações da maquininha podem ser acompanhadas pelo aplicativo da Rede Pop, que em sua interface mostra os dados da venda: data, valor, modalidade de pagamento.

Pelo app também é possível criar metas de crescimento e acompanhá-las com o tempo.

O aplicativo possui conexão própria e não tem obrigatoriedade de uso para vendas com a maquininha. Sua função é mais de apoio a dúvidas e informações das transações.

Como escolher a maquininha ideal para o seu negócio?

Antes de adquirir sua maquininha, é preciso analisar as taxas que serão cobradas com base na quantidade de vendas, nas diferentes bandeiras e modalidades (crédito e débito).

Além disso, há o preço da aquisição do aparelho ou pagamento de aluguel.

Pensando estrategicamente, caso sua necessidade seja momentânea, vale investir em um plano de maquininha de aluguel por este período. 

Mas fique atento e faça as contas anteriormente.

Outro dado importante que você precisa ter sobre o seu negócio é o fluxo de venda via cartão, ou seja, quantidade de transações realizadas.

Após coletar essas informações, se sua loja vender pouco no cartão, talvez compense investir numa máquina de custo mais barato, mesmo se sua taxa for maior – pese sempre o custo-benefício.

A bateria e tipo de conexão (Wi-Fi ou Chip) também devem ser analisadas.

Afinal de contas, não é somente a taxa cobrada que fará diferença no seu lucro e faturamento sobre a venda, mas também o tipo de funcionamento, características do aparelho, quantidade de transações via cartão, etc.

Se quiser mais dicas para escolher a maquininha ideal para o seu negócio, que tal conferir nosso ranking exclusivo antes de tomar sua decisão?

Conclusão

Como vimos, as maquininhas da Pop Credicard mudaram para a linha Rede Pop.

Apesar desta mudança ter reduzido o número de modelos antes disponíveis, a nova proposta une as funcionalidades das três maquininhas oferecidas anteriormente.

Suas taxas continuam competitivas e podem apoiar autônomos, pequenas e médias empresas e microempreendedores individuais (MEIs), possibilitando, inclusive, cadastros com CNPJ ou CPF.

Por ser portátil, é útil para comércios que levam as maquininhas até as mesas, para vendas em delivery e também no balcão.

Por fim, a maquininha da Rede Pop, antiga Pop Credicard, possui funcionalidades interessantes que valem a pena serem analisadas mais de perto por cada negócio que se interessar por suas soluções. A partir desta análise, você poderá escolher com critérios objetivos a maquininha perfeita para o seu crescimento!

Este texto foi escrito por João Barros.