Como funcionam as medidas de apoio aos restaurantes do iFood?

Por Miriam Barros

O iFood anunciou recentemente a criação de um fundo de assistência que promete prestar auxílio para diversos restaurantes parceiros. São R$50 milhões destinados à causa, para o combate ao novo coronavírus Covid-19. O intuito é fazer com que diversos estabelecimentos consigam enfrentar a crise sem precisar fechar as portas.

Muitos comerciantes tendem a considerar as taxas do iFood um pouco altas e já sabemos que existem diversas formas de construir sua presença na internet sem necessitar dele: Facebook, WhatsApp Business e Instagram, por exemplo, são gratuitos!

Porém, a visibilidade que o iFood entrega para diversos estabelecimentos é notável, pois cada vez mais as pessoas estão buscando suas refeições por este aplicativo que é um dos mais utilizados pelos brasileiros quando se trata de delivery de refeições.

Por isso, se você questiona se o iFood seria um bom negócio para o seu restaurante/lanchonete/mercado, vale a pena dar uma conferida nas medidas adotadas pela empresa para este momento frágil de nossa economia!

Fluxo de Caixa Confere

Fundo de assistência ao restaurante 

Com o valor do fundo de assistência (R$50 milhões), o iFood vai doar uma porcentagem do valor do pedido de volta para o restaurante. O benefício é automático e as doações são depositadas a cada repasse. 

É possível verificar o valor total da sua fatura na aba "Financeiro", no portal dos parceiros. Depois, é só selecionar o repasse que você deseja conferir e clicar em "Taxas e comissão". O valor doado estará dentro de "Fundo de assistência ao restaurante". 

Caso você possua mais de um restaurante, não se preocupe: o auxílio vale para cada restaurante cadastrados. Por isso, todos os seus estabelecimentos receberão o benefício!

Esta medida é válida para todos os parceiros que estão ativos no iFood ou que entrarem na plataforma a partir do dia 02 de abril até o dia 31 de maio, ou até acabarem os recursos.

O iFood promete prestar assistência para 130 mil restaurantes impactados pelo fundo, que receberão auxílio por cada pedido vendido.

 

Para quem usa a Entrega iFood

O valor máximo da comissão será de 20%. Se você paga mais de 20%, o iFood vai doar a diferença para o seu estabelecimento. Exemplo: se você paga 27% de comissão, o iFood doa 7% por pedido.

 

Para quem usa entrega própria

Nesta modalidade, o valor máximo da comissão será de 9%. Se você paga mais de 9%, o iFood doa a diferença para o seu estabelecimento. Exemplo: se você paga 15% de comissão, o iFood doa 6% por pedido.

A taxa de recebimento via iFood (pagamento pelo APP) permanece a mesma.

Vender no iFood

Repasse semanal sem taxa de antecipação

 

Essa medida é voltada para todos os restaurantes ativos há mais de 30 dias na plataforma. Estes, poderão receber seus repasses em até 7 dias após a venda, sem custos adicionais, com exceção dos parceiros Loop.

Os pedidos pagos com vale-refeição (VR, Alelo, Sodexo) via iFood também não estão inclusos nesse benefício. Com esta ação, o iFood deseja injetar até 600 milhões de reais aos restaurantes do mercado brasileiro.

Caso você possua interesse em antecipar o seu repasse, é só ativar a opção na página inicial do Portal do Parceiro. 

Lá, você vai ver um banner igual ao da imagem a seguir. Os restaurantes que já recebem em até 7 dias também vão precisar ativar o recurso, para não ser cobrada a taxa de antecipação.

A medida é válida para vendas a partir do dia 02 de abril, caso você ative a antecipação de repasse até o dia 31 de março. Se a ativação for feita depois do dia 31 de março, o benefício fica ativo em até 48h, para pedidos feitos após a ativação. A data de pagamento dos repasses continua sendo na quarta-feira após o fechamento das vendas da semana. 

Caso você seja novo no iFood e ainda não tenha completado 30 dias na plataforma, a opção de antecipação de repasse vai aparecer automaticamente quando você completar este período, sem custos adicionais.

Pra retirar

Os parceiros que utilizam o serviço "Pra retirar" vão receber de volta a taxa de comissão cobrada pelo iFood nestes pedidos.

Porém, enquanto a comissão será de 0% para pedidos com retirada no local, a taxa de recebimento com pagamentos pelo app permanece a mesma. Ou seja, de 02 de abril a 31 de maio, você pagará apenas a taxa de pagamento via iFood. Assim, você recebe de volta os 12% cobrados sobre o valor de cada pedido vendido na modalidade "Pra retirar".

O benefício é aplicado automaticamente e você pode verificar o valor do crédito lançado na sua fatura, na aba "Financeiro" -> "Taxas e comissão" -> "Benefício do Pra retirar".

Para ativar o "Pra retirar" em seu restaurante, basta ir até a aba de "Serviços" no menu do portal de parceiros. Após isso, basta clicar em "Pra retirar" e, em seguida, "Quero contratar". 

Lá, você deve configurar o tempo que o pedido demora para ficar pronto, para que o cliente possa buscá-lo em seu restaurante. Por fim, basta clicar em salvar e após alguns minutos o serviço vai ficar ativo em seu restaurante. Com essa ação, o iFood espera beneficiar mais de 100 mil estabelecimentos.


Para mais informações sobre as medidas adotadas pelo iFood para combater o coronavírus Covid-19 junto aos restaurantes e demais estabelecimentos, acesse esse link!

Nova call to action