Mercado pago vale a pena? Veja as vantagens e desvantagens

Por Miriam Barros

Fundado em 2004 pelo Mercado Livre, o Mercado Pago é uma solução de intermediação de pagamentos na internet, atuante em diversos países da América Latina.

Para os consumidores são oferecidos métodos para pagar compras – tanto online quanto offline –, já para as lojas, é um canal de recebimento pelas suas vendas.

Com a digitalização dos serviços financeiros, junto às novas tecnologias, há uma grande busca por meios práticos e seguros de pagamento.

E isso se intensifica ainda mais com a expansão do comércio eletrônico. Para termos uma noção, as vendas online cresceram em ritmo acelerado nos últimos meses. 

Ao longo de 2020, o comércio digital cresceu 75%, representando 11% das vendas do varejo brasileiro, segundo o índice SpedingPulse.

Diante deste cenário, recentemente, acompanhamos um aumento considerável do uso de cartões, principalmente na função de crédito.  

Com a chegada do PIX, sistema de transferências instantâneas, muitos acreditaram que os meios de pagamento eletrônico vão avançar ainda mais.

Atualmente, inclusive, 79% dos brasileiros entrevistados preferem totalmente as moedas digitais.

Sobre esse ponto, um estudo feito pela CNDL e pelo SPC Brasil mostra a preferência dos brasileiros sobre as formas de pagamento:

Como podemos observar, embora o dinheiro siga como o principal meio de pagamento, não há uma distância significativa entre os métodos.

Dito isso, para uma loja, oferecer todas essas opções é essencial para expansão do seu negócio, aumentando as chances de novas vendas.

Pensando nisso, neste artigo, analisamos o Mercado Pago, serviço de carteira digital e máquina de cartão, pontuando suas vantagens e desvantagens, para o comércio eletrônico e físico.

Acompanhe a leitura!

Loja online gratuita Confere Shop

O que é o Mercado Pago?

Mercado Pago é uma carteira digital, facilitador de vendas de e-commerce e pagamentos de compras.

Há opções de cadastro de cartões de crédito e débito, da própria rede ou de outras instituições, além das opções: PIX, QR Code e boleto.

Sua plataforma é disponibilizada em versão web e em aplicativos para Androids e iOS, sendo uma das mais populares no e-commerce e estando presente em oito países.

Por possuir uma interface simples e intuitiva, o Mercado Pago oferece uma boa experiência para donos de lojas e consumidores.

Seu tipo de serviço é o de sub-adquirentes, pois intermedeiam as relações entre o adquirente, clientes e lojistas, facilitando a aproximação entre esses agentes.

Um dos grandes benefícios das sub-adquirentes é que fazem uma rigorosa análise prévia antifraude (antes de enviar as informações de pagamento para as adquirentes).

Isso evita que a empresa seja surpreendida em operações com maior risco ao mesmo tempo que protege o consumidor final de corporações suspeitas.

Para tanto, o Mercado Pago solicita que o cliente abra uma conta e vire usuário, lembrando que ele não precisa configurar a solução em nenhum ambiente.

Vale a pena usar o Mercado Pago?

Embora tenhamos listado toda sua competência e potencial, toda plataforma, ferramenta ou serviço depende da realidade de cada negócio.

Ou seja, cabe ao empreendedor pesquisar e entender seu comércio, nicho de mercado, comportamento dos consumidores, entre outros pontos.

Neste sentido, listamos abaixo algumas vantagens e desvantagens do Mercado Pago.

Vamos lá?

 

Vantagens:

#1. Praticidade em pagamentos para lojistas e consumidores

Com o Mercado Pago, você pode transformar as redes sociais em pontos de venda! 

É possível receber dos seus clientes na mesma hora em que manda uma mensagem, posta ou envia um e-mail.

Para isso, basta criar um link de pagamento e postar em qualquer rede social: a venda pode se concretizar na hora. 

Este link também pode ser compartilhado por Whatsapp, Messenger ou qualquer outro aplicativo de mensagem.

Além disso, é possível enviar o link por e-mail: basta adicionar o valor e o seu cliente receberá em sua caixa de entrada.

Essa conta também permite que o proprietário faça pagamento por boletos e QR code, o que evita possíveis filas em caixas, trazendo conforto.

Fora o sistema de checkout nas compras ser prático, o ambiente para transações são seguros, com monitoramento 24 horas, evitando assim complicações e fraudes.

 

#2. Maquininha de cartão própria

Para lojas físicas, há à disposição maquininhas de cartão, em que as transações feitas caem diretamente na conta digital da intermediadora.

Entretanto, fique atento: as taxas de crédito cobradas pelo Mercado Pago são a partir de 3,03%. 

 

#3. Conta Digital

Ao adquirir uma maquininha do Mercado Pago, o cliente possui acesso a uma conta digital gratuita, que é oferecida com a solução de pagamentos.

Sua função principal é receber o faturamento das vendas, porém, a conta digital possui diversas outras funcionalidades válidas para um negócio físico ou digital.

 

#4. Cartão Próprio

Por meio da conta digital, é possível solicitar o cartão gratuito do Mercado Pago. 

O cartão permite que você saque em Bancos 24h e também permite que você faça compras.

Apesar dos saques no banco custarem R$9,90, estes também podem ser feitos dentro e fora do Brasil.

 

#5. Recargas de celular

A conta do Mercado Pago também permite que o usuário realize recarga de celular.

E este serviço também pode ser oferecido para seus clientes: ou seja, as lojas também viram pontos de recarga, gerando mais fluxo de consumidores para o seu negócio.

 

#6. Serviços de empréstimos

Através da conta do Mercado Pago, também é possível fazer empréstimos para a própria empresa, que requer apenas o pedido de empréstimo e uma justificativa. 

Assim, o empreendedor pode adquirir crédito de forma mais simples, rápida e com menos burocracia, oferecendo um valor de até R$ 350 mil com juros de 3,75% ao mês.

 

Desvantagens:

#1. Tarifas de pagamento

O MercadoPago cobra tarifas por cada pagamento que você recebe.

  • Dinheiro disponível na hora: 4,99%
  • Dinheiro disponível em 14 dias: 4,49%
  • Dinheiro disponível em 30 dias: 3,99%

#2. Tarifas de boleto

Dinheiro disponível em 3 dias: R$3,49

Por outro lado, o recebimento das vendas é simples: você vende, recebe na sua conta do Mercado Pago e, alguns dias depois, este dinheiro fica disponível para ser retirado na sua conta bancária.

 

#3. Falta de garantia do FGC

A conta digital do Mercado Pago possui várias vantagens, entretanto, por ser caracterizada como conta de pagamentos, ela não possui garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Uma conta assistida pelo FGC possui segurança em caso de falência, que pode chegar a R$ 250 mil por pessoa.

Apesar de não possuir essa garantia, a conta digital tem licença do Banco Central e, portanto, separa os recursos dos clientes dos ativos da instituição.

 

#4. Limites de uso

Outra desvantagem relativa à conta do Mercado Pago é o limite de uso.

Em bancos 24 horas, o máximo de saques por dia é de R$ 1 mil. Enquanto saques em casas lotéricas possuem um teto de R$ 500,00.

O limite de gastos também é baixo. Diariamente, os usuários só podem movimentar R$ 3 mil, incluindo saques, pagamentos (boleto) e uso do cartão.

Mercado Pago + Confere

De nada adianta aceitar cartões na sua empresa e não controlar suas vendas para ter certeza de que está recebendo por tudo o que pagou.

A Confere é uma plataforma 100% online que trabalha justamente para isso: através do cruzamento de dados com as suas maquininhas do Mercado Pago, é possível saber se todas suas vendas foram processadas e se você está recebendo por elas.

Além disso, também é possível acompanhar as taxas que são cobradas pelo Mercado Pago e identificar caso alguma seja cobrada de forma indevida. 

A Confere se integra com qualquer maquininha do Mercado Pago e garantimos eficiência no seu controle de vendas. 

Assim, você vai saber se sua empresa está, de fato, crescendo! 

Na Confere Cartões você também consegue visualizar seus recebimentos futuros e ter uma visão mais sólida do seu fluxo de caixa, permitindo que você saiba quando pode investir em seu negócio. 

Conclusão: vale a pena usar o Mercado Pago?

Para um e-commerce, o Mercado Pago possui serviços que cobrem todas as etapas de um fluxo de venda, incluindo canais para diversos métodos de pagamentos e conta digital.

Assim como outras instituições de intermediação de pagamentos na internet, ou sub-adquirentes, existem políticas de utilização e taxas de serviços.

De modo geral, escolher a intermediadora depende da necessidade e realidade de cada negócio.

Nesse sentido, explore mais as opções de serviços do Mercado Pago, buscando identificar quais seriam as vantagens e desvantagens, na hora de utilizar a solução para o seu e-commerce!