Plano de marketing para loja virtual: como fazer o seu

Por Miriam Barros

Imagine se você tivesse uma pequena loja aos fundos de uma galeria de uma rua sem saída em um bairro distante da sua cidade. Como você faria para as pessoas chegarem até você?

Um bom plano de marketing unido a boas estratégias faz com que as pessoas conheçam o seu negócio. 

É algo essencial para quem tem um e-commerce e com a infinitude de conteúdo e opções na internet, sua estratégia deve ser bem feita para que a sua loja seja facilmente encontrada.

Nesse texto você encontra tudo o que precisa fazer. Você entenderá desde o que é um plano de marketing até todos os passos que precisará seguir para que seu plano faça seu e-commerce prosperar.

Vamos lá!

Confere Shop loja online grátis

O que é um plano de marketing?

Primeiro de tudo: afinal, o que é Plano de marketing?

Para começar, o Plano de Marketing é diferente de estratégia de marketing. Muita gente confunde, mas as duas coisas não são iguais.

O plano de marketing detalha as ações que você precisará tomar para alcançar os objetivos que você define. É um passo anterior às ações estratégicas. Basicamente, é um documento em que você reúne informações que irão dar direção para a sua estratégia. 

Esse plano sintetiza objetivos, métricas e análises para orientar sua empresa na estratégia de marketing a ser realizada. Com a estratégia definida, você coloca o seu plano em ação. 

 

Por que fazer um plano de marketing?

Que operações de marketing são importantes para o sucesso de um negócio muita gente sabe, mas nem sempre colocam em prática ações com estratégia.

Criar um anúncio, estar presente em redes sociais e gerar conteúdo são passos que não funcionam plenamente se não estiverem alinhados a um planejamento estratégico e podem significar jogar dinheiro e energia fora se forem feitos da maneira errada.

Com um plano de marketing, você define um caminho para que os resultados com ações cheguem. As ideias previstas em um Plano de Marketing não surgem sem uma base concreta e sim, a partir de indicadores.

É importante que esse plano seja de conhecimento de toda a equipe por trás do negócio, para que todos contribuam para o alcance de objetivos. 

Mais do que um documento, o Plano de Marketing é usado como ferramenta de propulsão do negócio uma vez que embasa decisões, otimiza os investimentos em marketing, melhora a comunicação interna, mapeia o cenário, antecipa problemas e gera os resultados.

 

Quais são os tipos de Planos de Marketing?

Antes de te explicar como desenvolver o seu plano, te apresentaremos os tipos de Planos de Marketing existentes.

Para que o seu planejamento estratégico de marketing tenha mais resultados, você precisa pensar em níveis de gestão. Por isso existem 3 tipos de Planos:

  • Plano de Marketing Estratégico
  • Plano de Marketing Tático
  • Plano de Marketing Operacional

O Plano de Marketing Estratégico é o mais amplo. Ele direciona as estratégias a serem seguidas sem definir todos os detalhes. É nesse plano, por exemplo, que estará definido por exemplo o Marketing de Conteúdo como uma boa estratégia, com base nas métricas e indicadores analisados.

Já o Plano de Marketing Tático é mais esmiuçado. É nele que estarão os passos para colocar em ação a estratégia definida. No caso do Marketing de Conteúdo, por exemplo, o Plano Tático trará o orçamento, os canais de ação, os objetivos, a frequência e todos os pontos necessários para dar início a ação.

Por último, o Plano de Marketing Operacional define o dia a dia de cada uma das ações definidas estrategicamente e taticamente. É nele que estarão as tarefas diárias, os responsáveis, os detalhamentos de cada pequena ação, as datas e todos os pontos específicos. É como se o Plano Estratégico fosse uma visão macro e o Plano Operacional uma visão micro.

Se você tiver apenas o Plano Estratégico, não terá uma definição detalhada dos próximos passos. É importante organizar as estratégias em cada detalhe, para depois poder medir o que foi feito e o resultado que cada ação trouxe.

Inclusive, você pode dividir em ainda mais segmentos o seu Plano de Marketing, por estratégia ou por campanhas.

No caso de dividir por estratégias você terá um Plano para cada estratégia realizada, por exemplo: 

Marketing de Conteúdo, Marketing de Produto, Marketing de Relacionamento entre outros. Caso divida por campanhas, terá um Plano para cada campanha, por exemplo: Natal, Ano Novo, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Black Friday e assim por diante.

Por que sua loja virtual deve criar um plano de marketing?

Você já entendeu até aqui a importância do Plano de Marketing, certo? Mas, talvez não tenha visto a necessidade para sua loja virtual

Se você tem velocidade e não tem direção, nunca saberá se chegou aonde queria. Ao traçar um plano e selecionar, com base nele, as estratégias de marketing, a assertividade do retorno é bem mais certa.

Um e-commerce depende de vendas para seguir funcionando e investir em marketing é investir em vendas. Agora, se seu marketing não é pensado passo a passo e estrategicamente, maior será o prazo para colher os frutos do trabalho de divulgação e comunicação.

Com um bom Plano de Marketing sua loja virtual corta caminho. É um ganho de tempo e energia com ações desnecessárias e um ganho também na compreensão do seu mercado, do seu público e do seu e-commerce como um todo.

Os benefícios são inúmeros, mas para citar alguns:

  • Redução de custos em marketing;
  • Minimização de erros;
  • Domínio do mercado e da concorrência, gerando mais ideias efetivas;
  • Qualificação da gestão de marketing;
  • Maior retorno financeiro das ações estratégicas;

Nova call to action

Passo a passo para criar um plano de marketing para loja virtual

Ok. Agora que você sabe a importância de um bom Plano de Marketing para a sua loja virtual é hora de ver o passo a passo para criar o seu e começar a colocá-lo em prática. 

Nesse texto, traremos nove passos para você montar seu Plano e explicaremos um por um para que você não tenha dúvidas ao começar o seu. Vamos ao primeiro passo?

 

Você conhece o seu mercado?

O primeiro passo para começar seu Plano de Marketing é fazer pesquisa. Pode parecer um trabalho chato, mas não é à toa que ele é o primeiro passo do planejamento: é o passo mais importante. 

Se você não conhecer o cenário no entorno do seu negócio, as decisões tomadas serão menos certeiras.

É importante analisar dados como demografia, economia, tecnologia, política e entorno social na hora de pensar no seu negócio. Quais são as tendências do seu mercado no Brasil e no mundo? 

Além disso, pode ser muito útil fazer uma pesquisa com pessoas. Para você fazer uma boa pesquisa, siga esses passos:

  • Planeje. Defina o objetivo, o cronograma e o orçamento. Pense que dessa pesquisa virão resultados-chave para o seu negócio. Vale investir tempo e dinheiro.
  • Desenvolva o questionário pensando no público que você irá fazer perguntas.
  • Divulgue o questionário por e-mail ou redes sociais.
  • Espere um prazo para coleta de dados.
  • Analise os dados colhidos e produza um relatório.

Seguindo esses passos, você terá uma ideia do que pode funcionar no seu marketing com base em dados.

 

Quem é o seu público e a sua persona?

O segundo ponto importante para o seu Plano de Marketing estratégico é entender quem é o seu público.

O público-alvo é aquele com características semelhantes que serão alvo das suas estratégias de marketing.

Para definir o público-alvo você precisa investigar o seu negócio e identificar o grupo de pessoas que seu e-commerce atende.

Com o público-alvo definido, você consegue criar sua persona. A persona é a criação de um personagem com base no seu público-alvo e nela você insere comportamentos comuns que sintetizem o cliente ideal da sua loja virtual.

É com esses dois pontos definidos que você consegue direcionar as estratégias de marketing de forma coerente para o público geral.

 

Quais são seus concorrentes?

Outro ponto importante para um bom planejamento estratégico é conhecer quem são seus concorrentes. 

Busque informações sobre qual público seus concorrentes atendem, como se comunicam, como divulgam, quais são os produtos. Tudo isso te dará pistas sobre o funcionamento do negócio como um todo.

Com essas informações você consegue ter uma vantagem competitiva, pois poderá coletar insights que representem um diferencial para o seu negócio. Boa pedida, não?

 

Qual o seu objetivo?

Definir objetivos pode parecer simples, mas faz diferença quando você define com cuidado. Quanto mais amplo e geral for seu objetivo, mais difícil será alcançar resultados.

Existe uma ferramenta conhecida no meio do Marketing que é a ferramenta SMART. A ferramenta é um acrônimo em inglês, ou seja, cada letra da palavra SMART significa um ponto importante para você lembrar quando for definir um objetivo.

O seu objetivo precisa ser:

S – Specific (específico) 

M - measurable (mensurável)

A – Attainable (atingível)

R – Realistic (realista)

T - Time Bound (com prazo)

Um exemplo: fazer 1.000 vendas no e-commerce em 2021.  Esse é um objetivo específico, mensurável e com prazo. Para saber se é atingível ou realista você precisa analisar os dados da sua loja e daí, ajustar o objetivo se for necessário.

 

Qual é o diferencial do seu negócio?

Definir e saber o que te difere de outras marcas que vendem produtos semelhantes é importante para sua estratégia. 

Uma ação de marketing que favoreça os benefícios de comprar de você e os diferenciais que você proporciona, pode posicionar melhor o seu negócio.

Se você não tiver isso definido ainda, os dados coletados na pesquisa, a análise de concorrência, seus objetivos e seu público-alvo podem te ajudar a encontrar a resposta. Por isso, esse ponto veio depois dos anteriores. 

No seu plano, você entenderá esse diferencial e direciona ações para promovê-lo. 

 

Métricas que serão analisadas

Para medir se os objetivos definidos foram realizados, você precisará analisar métricas. No seu Plano de Marketing você define quais são as métricas que serão analisadas para os objetivos traçados.

Essas métricas serão indicadoras do sucesso, também chamadas de KPIs (Key Performance Indicator ou indicador-chave de resultado). 

As métricas relevantes para o seu negócio são aquelas que indicam um resultado importante. Por exemplo, se você quiser medir quais e-mails que você disparou trouxeram mais vendas, pode medir a taxa de cliques nos links enviados por e-mail.

É diferente de métricas de vaidade, como número de seguidores no Instagram. Essas métricas podem ser legais para a equipe, mas não indicam um resultado em vendas

Para definir um bom KPI você precisa se prender aos seus objetivos e ir buscando quais as métricas que indicam se eles serão alcançados. Elas devem ser acompanhadas periodicamente.

Confere Shop loja online grátis

 

Estratégias que serão utilizadas

Nesse ponto do seu Plano de Marketing você definirá suas estratégias de marketing.

Aqui a ideia é, a partir do seu objetivo e de tudo que foi pesquisado, traçar quais ações de marketing serão chave para o resultado esperado.

Por exemplo, se sua ideia for gerar uma base de 1.000 possíveis clientes por e-mail, será preciso investir em estratégias de captação para inscrição por e-mail. Isso pode envolver: anúncios, marketing de conteúdo em redes sociais e a criação de uma newsletter ou de um blog, a criação de um e-book que seja isca para a inscrição, entre outras estratégias.

Para cada objetivo traçado, você terá uma estratégia diferente de promoção. O seu papel nesse ponto do Plano de Marketing é definir quais ações promocionais você realizará para cada objetivo.

 

Quais redes sociais serão o foco?

Uma vez que você definir que utilizará as redes sociais como estratégia de ação de marketing, precisará entender quais as redes serão foco das suas ações.

O seu estudo de público e de concorrência, por exemplo, ajudará muito nisso.

Seu público está mais no Instagram ou no LinkedIn? Ou em ambos? Sua concorrência está realizando ações em quais redes? Qual o estilo da comunicação nessas redes?

Entende como a pesquisa precisa ser um passo anterior? É a partir dela que você terá insights para definir os próximos passos do seu Plano. A escolha de quais redes sociais serão palco para suas ações estratégicas de marketing nasce desse estudo.

O importante é você incluir no seu Plano cada ação que será realizada nas redes sociais e atrelar essas ações aos objetivos que você busca.

Ferramentas necessárias para colocar o plano em prática

Depois de definir as estratégias, é importante entender quais as ferramentas que irão torná-las possíveis.

Por exemplo, se a sua ideia for ter uma base de possíveis clientes por e-mail, você precisará de uma plataforma de gestão de e-mail marketing.

Se quiser otimizar o frete e os prazos de entrega, será importante avaliar uma plataforma de otimização.

Definir aquelas que serão prioridade é importante e, inclusive, pode ser um bom ponto para o orçamento do seu e-commerce.

 

Orçamento

Falando em orçamento, o próximo passo depois de alinhar a estratégia é definir quanto de recurso financeiro será despendido em cada ação que você for dar seguimento.

Os custos iniciais de um e-commerce são menores do que os custos para uma loja física, mas existem pontos que você deve considerar de custos para divulgação:

  • Ferramentas que serão contratadas;
  • Funcionários ou serviços que serão contratados;
  • Custos com anúncios no google e em redes sociais;
  • Treinamento de funcionários;

Uma boa campanha de marketing requer um orçamento bem definido e com certeza é um investimento necessário para o sucesso da sua loja virtual. 

Com um Plano de Marketing você consegue prever os custos operacionais e inclusive reduzir aqueles que não serão necessários.

Aprenda mais sobre marketing digital

Montar um Plano de Marketing é só uma etapa dentre muitas que são importantes para o seu marketing digital. 

Se você quiser saber todas as etapas e entender como colocar em prática as ações que farão a diferença para marcar a presença do seu e-commerce, leia o nosso Guia Definitivo do Marketing Digital para quem vende online.

Com esse guia em mãos e seguindo as etapas que trouxemos aqui para montar um bom Plano de Marketing, o seu e-commerce estará um passo à frente para alcançar mais vendas.

Continue acompanhando os textos aqui da Confere para estar sempre atualizado com todas as informações essenciais para o sucesso da sua loja virtual.

New call-to-action

Este texto foi escrito por Luiza Cristina Sousa.