Sites de compra coletiva valem a pena para o meu negócio?

Por Ricardo Cici

Inspirado no modelo americano, sites de compra coletiva se multiplicaram aqui no Brasil, oferecendo serviços com até 90% de desconto.

Mas será que esse é um bom negócio para as empresas? O co-fundador do Peixe Urbano, Julio Vasconcellos, afirma que “Os sites de compra coletiva não são uma moda passageira, e sim um modelo de negócio”.

O conceito que nasceu nos Estados Unidos, foi criado para atender pequenas empresas e comércios locais.

Já no Brasil, as grandes empresas e com bons investimentos em propaganda estão cada vez mais usando essa estratégia para promover seu negócio, que também é um ponto positivo e acaba ajudando a divulgar os pequenos comércios.

No entanto, os estabelecimentos devem saber que levar as pessoas para dentro da loja é apenas o começo de um investimento na relação com o cliente.

A visita do consumidor tem somente um objetivo: fazer com que ele volte e fidelize, ou seja, se encante com o negócio!

É importante que o empresário, antes de fazer o cadastro do seu estabelecimento em sites de desconto, faça estimativas de vendas, consulte livro-caixa e conheça seus custos para saber se essa aposta valerá a pena ou trará prejuízos.

O portal Social Media Group afirma que o mercado está cheio de oportunidade e destaca os prós e contras, como por exemplo, o lado bom: o modelo funciona super bem para atrair novos clientes.

No entanto, muitas empresas não estão preparadas para lidar com um possível grande fluxo de pessoas, o que acaba prejudicando na prestação de serviço e na imagem da sua marca. Conferia mais informações no texto Group Buying Canadians Love Businesses.